Os melhores filmes e séries da apple tv+

Os melhores filmes e séries da Apple TV+

Avatar of lucas gomes
Entre o aguardando Fundação e o filme documental da cantora Billie Eilish, confira a lista contendo as melhores produções da Apple TV+!

Os serviços de streaming estão cada vez mais ferozes em suas produções originais, principalmente porque esse tipo de conteúdo geralmente é o ponto chave que convence alguém de assinar aquele serviço. Pensando em esclarecer esse ponto, listaremos os melhores filmes e séries da Apple TV+ para você conferir se realmente vale a pena ou não assinar o serviço, e para você que já é assinante, confira as nossas sugestões e comente nessa publicação o que achou das produções!

Ted Lasso (2020)

Começando nossa lista dos melhores filmes e séries da Apple TV+, falaremos sobre a produção queridinha da maçã: Ted Lasso. A série de comédia fala sobre Ted Lasso (interpretado pelo ator e produtor executivo da série, Jason Sudeikis), um treinador de futebol americano que trabalha numa faculdade do Kansas City, Missouri, mas acabou sendo contratado para ser técnico de um time profissional na Inglaterra.

Pode ter certeza que o carisma do personagem com sua falta de experiência é a medida perfeita para entregar entretenimento, diversão e risadas. A produção já foi indicada ao Emmy e Golden Globes — ganhando este último como melhor ator em série de comédia.

Classificação etária: 14 anos de idade.

The Morning Show (2019)

Em The Morning Show temos uma série de drama, que conta um pouco sobre como é o mundo de um noticiário matinal e a vida das pessoas que trabalham para que ele funcione, assim como seus telespectadores. Protagonizado por Jennifer Aniston e com participação especial de Reese Witherspoon, o seriado foi um dos que mais se destacou quando a plataforma foi lançada, acumulando prestígio entre os fãs e reconhecimento, tal como o prêmio de melhor atriz em série dramática para Jennifer Aniston. Sugerimos que veja este seriado logo, pois em 17 de setembro a segunda temporada estará disponível com mais emoções.

Classificação etária: 16 anos de idade.

Calls (2021)

Trazendo uma proposta diferente, Calls é um seriado em nove episódios que conta apenas com recursos visuais minimalistas, com foco no áudio que está sendo reproduzido. Por se tratar de uma produção antológica, cada episódio retrata um conteúdo e contexto diferente, a única semelhança entre eles é a angustiante situação em que cada personagem se encontra. Por se tratar de um seriado “por som”, destacaremos a participação de uma das vozes presentes: Nick Jonas. Também devemos citar que a direção é de Fede Álvarez, o responsável pelo filme O Homem nas Trevas, que também envolve elementos sonoros — trata-se de um homem cego que se guia pelo barulho.

Classificação etária: pendente de análise.

See (2019)

Indo para um futuro distante (ou quem sabe uma realidade que se aproximou de nós) um vírus mortal dizima a humanidade, deixando os sobreviventes restantes cegos. Em See vemos como o protagonista Baba Voss, interpretado por Jason Momoa, lidera sua tribo após ter tido bebês gêmeos e o plot está aí: ambos os bebês nasceram com o “dom” da visão. Com isso, uma bruxa passa a persegui-los, a fim de destruir estes gêmeos. A série tem oito episódios na primeira temporada e conta com uma segunda para este ano.

Classificação etária: 16 anos.

Servant (2021)

Em mais um dos melhores filmes e séries da Apple TV, Servant traz, num ambiente dramático, uma série de suspense. A história é contada a partir do momento em que um casal, que mora num bairro da Filadélfia, sofre uma tragédia terrível e entra num luto intenso. Depois deste episódio, alguns eventos acabam assombrando a vida deles, abrindo um abismo no relacionamento do casal, inclusive com a presença de uma força um tanto quanto misteriosa que começou a residir em sua casa. Participação especial do ator inglês Rupert Grint (Rony, em Harry Potter).

Classificação etária: 16 anos.

Fundação (2021)

Filmes e séries da apple tv: fundação (foundation)
Fundação estará disponível em 24 de setembro deste ano.

Agora, uma produção que vai dar o que falar, com certeza é Fundação (Foundation). Adaptada das produções homônimas de Isaac Asimov — no caso, a franquia de livros –, que também considerado o pai moderno da ficção científica. Na série do gênero espacial de Asimov, com traços de drama, veremos a jornada de um grupo de exilados que tentam salvar a humanidade, ao mesmo passo pelo qual tentam reconstruir a civilização. Lembrando que a série Fundação estará disponível no Apple TV+ em 24 de setembro de 2021.

Classificação etária: 12 anos de idade.

Palmer (2021)

Um ex-jogador de futebol americano chamado Eddie Palmer (interpretado pelo cantor Justin Timberlake) viu sua vida tendo uma reviravolta. Após passar 12 anos numa penitenciária, ele retorna à sua cidade natal e volta a morar com sua avó. Ele tenta evitar problemas e restabelecer sua vida de forma tranquila, mas é assombrado pelo seu passado e, claro, os olhos desconfiados de uma cidade pequena. Eddie se vê tendo que cuidar de Sam, um menino de sete anos que é alvo de bullying na escola, e acaba criando uma conexão com o garoto e se aproximando de sua professora, Maggie. A trama que envolve os três pode trazer várias surpresas e, sem dúvida, muita emoção.

Classificação etária: até 17 anos de idade, acompanhado de um adulto.

The Elephant Queen (2019)

Agora temos um filme documentário, intitulado The Elephant Queen. Nessa produção conferimos elementos como coragem, família e volta para a casa que envolvem elefantes da África Oriental. A protagonista aqui é Athena, a Rainha Elefanta, que guia sua família por paisagens naturais e deslumbrantes. A matriarca lidera a manada a fim de buscar locais onde há água, pois ela começa a prever que, ali, os poços de água restantes estão prestes a secar. Emocionante, este documentário traz com muita força a emoção fraternal e familiar.

Classificação etária: 12 anos de idade.

The Banker (2020)

The Banker é um filme inspirado em fatos reais, que conta a história de dois empresários que foram revolucionários: Bernard Garrett e Joe Morris (Anthony Mackie e Samuel L. Jackson, respectivamente), enquanto tentam pôr em ação um plano audacioso a fim de combater o racismo instalado na elite, durante a década de 1960, ao mesmo tempo que tentam ajudar outros negros a alcançarem o sonho americano. Eles treinam um homem branco para se passar pelo rosto privilegiado e rico deste grande negócio imobiliário e bancário, enquanto eles dois fingem ser um zelador e motorista da empresa.

Classificação etária: 14 anos de idade.

Billie Eilish: The World’s A Little Blurry (2021)

Trazendo um pouco de diversão e curiosidades no mundo pop, em Billie Eilish: The World’s A Little Blurry temos um filme documental sobre a cantora em ascensão que tanto se destacou nos últimos anos. Nele é possível conferir um pouco sobre a sua infância e adolescência, como uma garota — na época — de 17 anos chegou à fama mundial de forma tão rápida e estrondosa, assim como mostra também o processo criativo do seu álbum debutante WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO? e tudo o que o cercou, como sua família, amigos, vida na estrada e tudo o que geralmente compõe a vida de um artista.

Classificação etária: 12 anos de idade.

On The Rocks (2020)

No filme de comédia On The Rocks, acompanhamos a história de uma moça, que se junta ao seu pai, Felix (interpretado por Bill Murray), para seguir os passos de seu marido, uma vez que a moça acaba se encontrando em dúvidas acerca do seu casamento. O marido de Laura (Rashida Jones) é Dean (Marlon Wayans), que acaba ficando algumas noites mais tarde no trabalho e isso preocupa Laura, fazendo-a recorrer à ajuda de seu pai para investigarem o que de fato está acontecendo, mas nessa aventura a dupla acaba percebendo que a relação que precisa de mais atenção ali, é, de fato, a deles mesmos.

Classificação etária: 16 anos de idade.

Fireball: Mitos, Cometas e Meteoros (2020)

Werner Herzog e Clive Oppenheimer são os responsáveis por Fireball: Mitos, Cometas e Meteoros, mesmos criadores de outros documentários naturais que, se você se interessa pelo assunto, vale a pena conferir: “Encontros no Fim do Mundo” e “Visita ao Inferno”, sendo este último, inclusive, indicado ao Emmy. O documentário trata de exploradores cósmicos, que estão sempre em busca de meteoritos, estrelas cadentes e vários impactos profundos, que acabam deixando-lhes e aos espectadores impressionados com o fascínio que estes fenômenos proporcionam.

Classificação etária: 10 anos de idade.

Hala (2019)

E finalizando nossa lista com os melhores filmes e séries da Apple TV+, temos Hala. No filme, vemos a protagonista Hala (interpretada por Geraldine Viswanatha), uma adolescente americana, com origem paquistanesa de 17 anos que tenta, apesar das adversidades da idade, conciliar seus próprios objetivos com fatores culturais, familiares e religiosos. Um segredo ameaça uma separação em sua família e em dado momento, ela se depara em conflito com este fator. Talvez pela parte emocional, Hala foi um filme muito bem recebido, tanto pela crítica, quanto pelos espectadores, sem falar que a representatividade exposta é um ponto alto da trama.

Classificação etária: 16 anos de idade.

E aí, o que achou da nossa lista com os filmes e séries da Apple TV? Já viu algum? Pretende ver algum? Conta pra gente nos comentários!

Veja também:

E para quem é assinante ou quer bons motivos para assinar, confira a lista com as melhores produções da HBO Max!

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
36
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados