Outono no brasil; saiba como será a nova estação nas regiões do país

Outono no Brasil: saiba o clima da estação em cada região do país

Avatar of otávio queiroz
Saiba quais mudanças climáticas devem acontecer durante a nova estação e conheça curiosidades e fenômenos naturais esperados para essa época do ano

O verão foi embora e quem apareceu por aqui foi o outono, nova estação que começou no Hemisfério Sul às 12h33 de ontem (20). Considerada uma estação de transição entre verão e inverno, o outono no Brasil vai durar até o dia 21 de junho. Até lá, as chuvas devem ser mais escassas, especialmente no interior do Brasil, incluindo o semiárido nordestino, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Já na região litorânea do Nordeste e Região Amazônica, as chuvas acontecem com maior frequência.

Quatro feriados nacionais também farão parte da nova estação, caracterizada pelas folhas nas árvores que secam e caem, permitindo cenários deslumbrantes em algumas localidades do país. Curioso para saber como será o outono no Brasil? O Showmetech separou informações como condições climáticas, feriados, curiosidades sobre a estação e outras informações bem interessantes sobre este período do ano.

Características do outono

Outono no brasil; saiba como será a nova estação em cada região do país
No Hemisfério Norte, o outono inicia-se no dia 22 e 23 de setembro e, no Hemisfério Sul, no dia 20 e 21 de março (Reprodução/Internet)

O outono é uma estação do ano que ocorre após o verão e antes do inverno. Um das principais características desta estação são os dias que começam a ficar mais curtos e as noites mais longas. Isso acontece porque o Sol tende a nascer mais tarde e se pôr mais cedo do que no verão, por exemplo. Ainda neste período, a temperatura, antes elevada no verão, começa a esfriar — exceto se você morar no Rio de Janeiro ou Salvador. Além disso, as chuvas ocorrem com menos frequência.

No Hemisfério Norte, o outono inicia-se no dia 22 e 23 de setembro e, no Hemisfério Sul, no dia 20 e 21 de março. Sempre que é outono no Hemisfério Norte, é primavera no Hemisfério Sul e vice-versa. As mudanças da estação se manifestam mais acentuadamente em regiões de clima temperado e subtropical. Outra característica marcante é a queda das folhas, que só ocorre em plantas caducifólias (plantas que perdem a folhagem em uma época do ano). Além disso, as plantas frutíferas tendem, nessa época do ano, a amadurecer seus frutos, permitindo maior produção.

Os ventos também aumentam e ficam mais fortes durante o outono. Devido ao fato desta estação anteceder o inverno, é natural que haja quedas de temperaturas constantes. Com essa queda, há uma diminuição da umidade do ar, propiciando o aparecimento de geadas e neve nas localidades mais frias do país. No Brasil, o outono tem mais influência e características mais bem definidas no sul da Região Sudeste e na Região Sul, por estarem mais próximos ou localizados na zona temperada do Sul.

Equinócio de outono

Equinócio de outono
O equinócio de outono é um fenômeno natural em que o Sol fica posicionado na Linha do Equador (Reprodução/Internet)

Você já ouviu falar sobre o equinócio de outono? Ele nada mais é do que um fenômeno natural em que o Sol fica posicionado na Linha do Equador, de maneira retilínea, promovendo dias e noites com o mesmo tempo de duração. Graças a isso, a incidência do Sol se torna maior nas regiões próximas à linha do Equador. No Brasil, o equinócio também é responsável por marcar o início da primavera. Portanto, temos dois equinócios no ano que ocorrem nos meses de março (equinócio de outono) e setembro (equinócio de primavera).

No fim do outono, que este ano acontece no dia 21 de junho, outro evento astronômico acontece: o solstício de inverno. Esse é o nome dado no hemisfério Sul ao período em que o hemisfério Norte está inclinado cerca de 23,5º na direção do Sol. Ou seja, no hemisfério Norte é verão, enquanto no hemisfério Sul, inverno.

Um fato interessante sobre esses fenômenos é que eles não acontecem no mesmo dia, mas sim varia a cada ano que passa. O início do outono, como já citamos mais acima, acontece nos dias 20 ou 21 de março. Isso se dá graças a uma “inconsistência” em nosso calendário, que na realidade tem 365 dias e 6 horas de duração real, aproximadamente. Dessa forma, há uma variação de 6 horas ano após ano. Essa quantidade de horas é compensada no tão conhecido ano bissexto, que é quando se inclui um dia a mais no calendário, propiciando o dia 29 de fevereiro.

Em entrevista ao Grupo Abril, o professor emérito e doutor em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Horacio Alberto Dottori, também destacou outra curiosidade a respeito dessa alternância de dias. “A Terra se desloca numa órbita elíptica (formato de uma elípse, quase oval) e quando está mais próxima do Sol, o planeta se desloca mais rapidamente. Isso também faz com que a primavera e o verão do Hemisfério Norte sejam ligeiramente mais longas que as do Sul”, explica.

Outono no brasil: saiba o clima da estação em cada região do país. Saiba quais mudanças climáticas devem acontecer durante a nova estação e conheça curiosidades e fenômenos naturais esperados para essa época do ano
No fim do outono, que este ano acontece no dia 21 de junho, outro evento astronômico acontece: o solstício de inverno (Foto: Reprodução/Internet)

Início do outono de 2023 a 2025

Com base nos dados divulgados pelo Departamento de Astronomia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas – IAG/USP, separamos os períodos de outono para os próximos anos. Confira:

  • O outono em 2023 inicia em 20 de março às 18h25 e termina em 21 de junho;
  • O outono em 2024 inicia em 20 de março às 00h06 e termina em 20 de junho;
  • O outono em 2025 inicia em 20 de março às 06h02 e termina em 20 de junho.

Estações do Ano no Brasil em 2022

As quatro estações do ano no Brasil – na ordem outono, inverno, primavera e verão – começam nas seguintes datas e horários:

Outono: 20 de março de 2022, às 12h33;
Inverno: 21 de junho de 2022, às 06h14;
Primavera: 22 de setembro de 2022, às 22h04;
Verão: 21 de dezembro de 2022, às 18h48.

Os horários são relativos à hora vigente em Brasília, Distrito Federal.

Mudanças climáticas no outono

Mudanças climáticas no outono
Outono é característico por diminuição no volume de chuvas (Reprodução/Internet)

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) elaborou um prognóstico sobre a previsão climática das cinco regiões do Brasil durante o outono. Confira a seguir a previsão para o período feito pelo Inmet e divulgado pela Agência Brasil.

Nordeste

Salvador, bahia
Na Região Nordeste, haverá um aumento da temperatura das águas próximas à costa nordestina poderá aumentar as chances de chuvas até o final do outono (Reprodução/Internet)

Na Região Nordeste, haverá um aumento da temperatura das águas próximas à costa nordestina que poderá aumentar as chances de chuva até o final do outono. No leste nordestino, a previsão é de aumento gradativo das chuvas entre as estações de outono e inverno, devido à evolução dos Distúrbios Ondulatórios de Leste (DOL). Segundo o Inmet, as temperaturas permanecerão próximas e acima da média na região, exceto na parte norte dos estados do Maranhão, Piauí e Ceará, onde as temperaturas poderão ser mais amenas.

Centro-Oeste

Campo grande, mato grosso
Na região Centro-Oeste, a previsão é que as chuvas ocorram na normalidade a abaixo da média climatológica em grande parte da região (Reprodução/Internet)

Na região Centro-Oeste, a previsão é que as chuvas ocorram na normalidade a abaixo da média climatológica em grande parte da região, exceto nas partes central e leste do Mato Grosso, onde pode haver chuvas com mais frequência durante o mês de abril. Já a partir de maio começa o período mais seco na área central do país. O órgão projeta temperatura acima da média em toda região, com exceção do leste do Mato Grosso do Sul, onde as temperaturas previstas poderão sofrer certo declínio ao longo dos meses de outono.

Sudeste

São paulo, são paulo
Segundo o Inmet, as chuvas na região Sudeste devem se manter abaixo da média nos próximos três meses (Reprodução/Internet)

Segundo o Inmet, as chuvas na região Sudeste devem se manter abaixo da média nos próximos três meses. Normalmente, esse período já experimenta queda no volume de chuvas no período. A temperatura do ar também deve prevalecer próxima e ligeiramente acima da climatologia do período, mas o órgão não descarta a possibilidade da entrada de massas de ar frio que possam diminuir as temperaturas em localidades de maior altitude, a partir do mês de maio.

Sul

Porto alegre, rio grande do sul
A previsão climática para Região Sul do Brasil mostra que as chuvas serão abaixo da média na maior parte dos três estados (Reprodução/Internet)

A previsão climática para Região Sul do Brasil mostra que as chuvas serão abaixo da média na maior parte dos três estados, em decorrência dos impactos que o fenômeno La Niña pode causar. Apesar disso, o instituto afirma que pode haver entrada de frentes frias que provoquem chuvas, especialmente na porção leste da região. O Inmet informou ainda que a temperatura do ar na Região Sul deverá prevalecer próxima e acima da climatologia do período, porém não se descarta a possibilidade de haver a incidência de geadas, principalmente em áreas serranas, à medida que se aproxima do inverno.

Norte

Manaus, amazonas
Na região Norte do país, as chuvas devem permanecer acima da média, especialmente no nordeste do Pará e noroeste do Amazonas (Reprodução/Internet)

Na região Norte do país, as chuvas devem permanecer acima da média, especialmente no nordeste do Pará e noroeste do Amazonas. Já no sudoeste do Pará, as probabilidades são de chuvas abaixo da média.

Feriados nacionais e pontos facultativos durante o outono

Durante o outono, quatro feriados nacionais/pontos facultativos acontecerão no Brasil. Confira a seguir quais são eles.

  • 15 de abril (sexta-feira), Paixão de Cristo (feriado nacional);
  • 21 de abril (quinta-feira), Tiradentes (feriado nacional);
  • 1º de maio (domingo), Dia Mundial do Trabalho (feriado nacional);
  • 16 de junho (quinta-feira), Corpus Christi (ponto facultativo);

Veja também:

Inteligência artificial prevê impacto da mudança climática no mundo. Confira todas as informações sobre o assunto nesta matéria do Showmetech.

Fonte: Agência Brasil, Claudia.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
26
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados