Plataforma de vídeo da Apple deve chegar em abril para brigar com o Netflix

Apple TV 4K HDR
Apple já investiu mais de 1 bilhão de dólares na produção e aquisição de filmes e séries de TV.

A aguardada plataforma de streaming de vídeos da Apple está pronto para ser lançado em abril ou no início de maio deste ano, informa o site de notícias CNBC. O serviço concorrerá diretamente com outras ofertas do gênero existentes no mercado como Netflix, Amazon Prime Video e Hulu.

A porta de entrada para o serviço será o aplicativo TV, que é pré-instalado em dispositivos como o iPhone, o iPad e a Apple TV. Ali serão listados os conteúdos originais que estão sendo produzidos pela Maçã, além de filmes e séries de outros canais, como CBS, Showtime e Starz. Em troca, uma parte do valor da assinatura seria repassada a esses canais.

O aplicativo TV será o ponto de acesso aos conteúdos produzidos pela Apple.

Essa forma de agregação de conteúdo é bastante similar à empregada pela Amazon no Prime Video e segundo a matéria, a Apple considera essa centralização uma experiência melhor do que fazer o usuário trocar de aplicativo sempre que quiser assistir vídeos de outra plataforma.

Segundo a CNBC, Netflix e Hulu não aceitaram participar do serviço, mas a empresa comandada por Tim Cook ainda tenta convencer o canal HBO a disponibilizar conteúdo no app, assim como já ocorre no Prime Video.

Embora a Maçã esteja investindo pesado na produção e aquisição de filmes, séries e programas de TV próprios, para convencer o público a pagar por mais um serviço de vídeo será necessária uma ampla oferta de conteúdo.

Apple tenta acordo para disponibilizar filmes, séries e programas de TV da HBO.

Estúdios Apple?

Enquanto isso, um verdadeiro exército de celebridades trabalha na produção de conteúdo para a Apple, entre elas Oprah Winfrey, Reese Witherspoon, Jennifer Aniston, Steven Spielberg, Steve Carrel, J. J. Abrams, Chris Evans, M. Night Shyamalan, Damien Chazelle, Octavia Spencer, Kumail Nanjiani, Kristen Bell e Terry Gilliam.

Ainda há pontos importantes a serem revelados sobre o “Apple-flix”, como qual será o nome do serviço, em quais países ele estará disponível, como será o acesso através de aparelhos Android, Windows e Smart TVs, e principalmente, quanto irá custar a mensalidade.

A boa notícia é que tudo isso deverá ser anunciado nas próximas semanas.

1 Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba Notícias por E-mail:

Share via