Imagem de destaque sobre os prédios mais seguros do mundo

Quais são as 10 construções mais seguras do mundo?

Avatar of douglas costa
Você sabe quais são as construções mais seguras do mundo? Separamos uma lista que pode te surpreender, incluindo alguns bem famosos. Confira!

Você em algum momento já imaginou quais seriam as construções mais seguras do mundo? Afinal, o que caracteriza como “seguro?” Um prédio com muros altos pode ser considerado seguro, mas o que impede de alguém invadir o local? Certamente existem muitas formas para você deixar sua casa mais segura. No Brasil, é comum encontrar cães de guarda, cacos de vidro no muro e portões de ferro como medidas preventivas para roubos e invasões, mas um prédio do governo, por exemplo, precisa mais do que isso.

O que caracteriza uma construção segura?

Para uma construção ser considerada segura, ela deve seguir alguns parâmetros. Hoje em dia, os prédios mais seguros do mundo são cercados por segurança armada, paredes de ferro, portas com segredos e por aí vai. Para manter a segurança, o uso de força e violência quase sempre tem que ser mantido. É praticamente impossível proteger um prédio sem que exista uma fonte capaz de eliminar a ameaça de uma invasão.

A imagem mostra construção segura por arame farpado.
Construção segura por arame farpado (Reprodução/Internet)

É claro que existem exceções, mas é interessante perceber que as construções seguras quase sempre tem proteção armada. Como eu disse anteriormente, você também deve proteger a sua casa colocando cacos de vidro no muro, não é?

Agora, tá afim de saber o que realmente é seguro? Então confira a nossa lista:

Biblioteca do Vaticano – Roma

O Vaticano é totalmente aberto para o público e seus fieis, mas o mesmo não pode ser dito de sua biblioteca e arquivos papais. Apesar de uma porção da biblioteca estar aberta, a maior parte dos segredos ficam fechados em uma sala, e se mantiveram assim por mais de 1200 anos.

O vaticano é uma das construções mais seguras do mundo
Vaticano e sede da Igreja Católica (Reprodução/Internet)

Hoje em dia, somente uma pequena porção de cardinais e membros do Vaticano podem acessar os arquivos, e mesmo assim devem passar por um processo burocrático e tedioso. Jornalistas e estudantes são totalmente proibidos de chegar perto, e somente acadêmicos com suas autorizações renovadas ganham acesso.

E caso a pessoa tenha a sorte de ter sua permissão garantida, ela deve ser acompanhada pela guarda armada o tempo todo, onde permitem o acesso de somente três documentos por visita. Infelizmente, tirar fotos dentro dos arquivos é proibido pela igreja, mas ela permitiu o uso de computadores de uns anos para cá.

Fort Knox – Kentucky

Fort Knox fica localizado em Kentucky, e é considerado um dos lugares mais difíceis de invadir em todo o mundo. Com certeza você já ouviu o nome do forte em algum filme ou série americana, onde satirizam a forma que o prédio é seguro.

A imagem apresenta o fort knox, um dos prédios mais seguros do mundo e responsável por guardar o ouro dos eua.
Fort Knox é responsável por guardar a reserva de ouro dos Estados Unidos (Reprodução/Internet)

E não é pra menos! Existe um belo motivo para Fort Knox ter toda essa fama. Afinal, dentro do prédio, é possível encontrar a reserva de ouro dos Estados Unidos! Apesar do governo dividir as suas reservas em outras localizações, o Fort Knox é responsável por proteger a maior parte.

É óbvio que para proteger o local, os Estados Unidos utiliza toda a sua força militar. Estou falando de centenas de guardas, soldados, tanques de guerra, helicópteros apache e muitas armas. Não só isso, como o forte é guardado por paredes de metais, e o cofre só pode ser acessado por um numero correto de senhas. Um fato interessante sobre o Fort Knox é que, além de proteger o ouro americano, ele já serviu para proteger a declaração da independência e a constituição dos EUA durante a segunda guerra mundial.

Área 51 – Nevada

A Área 51 já foi palco de muita especulação na cultura pop. Até hoje se acredita que o local guarda segredos de alienígenas que, por algum motivo, decidiram visitar os Estados Unidos.

Imagem mostra a visão aerea da área 51, um dos centros militares mais bem protegidos dos eua
Visão aérea da Área 51 no deserto de Nevada (Reprodução/Google)

Mas a verdade é que ninguém sabe exatamente o que acontece lá dentro. Por existir no meio do deserto de Nevada, perto de Las Vegas, o local é extremamente protegido pelas forças armadas. Por mais que para nós, o público curioso, não tenha nada ali, o governo americano certamente tem alguma coisa de muito valor que está sendo protegido.

É especulado que o local serve como uma base para testar novas naves do exercito americano, mas o fato é que ninguém sabe de verdade. As únicas pessoas que tem alguma noção do que ocorre lá dentro, são as pessoas que trabalham por lá. Mas uma coisa é certa: Existe muita segurança para um lugar que aparenta não ter nada de importante do lado de fora.

Data Center de Bahnhonf – Suécia

O Data Center de Bahnhonf é responsável por entregar internet aos moradores da Suécia, e ele fica localizado em um lugar muito peculiar.

A imagem mostra o data center de bahnhonf, que foi construido em um bunker abandonado da guerra fria
O Data Center de Bahnhonf foi construido dentro de um bunker da Guerra Fria (Reprodução/Internet)

Construido dentro de um bunker abandonado da guerra fria, o Data Center é protegido por 30 metros de uma camada montanhosa. Além disso, uma porta de metal com espessura de 40 metros é capaz de proteger o Data Center de uma bomba de nitrogênio e usa dois motores de submarinos alemães para energizar o local. Ou seja, é perfeito para se caracterizar como uma construção segura.

O local parece que saiu de um filme de espionagem, e é engraçado imaginar que se o mundo acabar de alguma forma, pelo menos ainda teremos Internet na Suécia.

Cofre de sementes de Svalbard – Noruega

O Cofre de sementes de Svalbard está localizado na ilha de Svalbard, 1300 quilômetros do Polo Norte, e contém amostras de mais de um milhão de sementes de plantas e frutas de diversos países. É um dos prédios mais seguros do mundo por estar em um dos locais mais remotos do planeta Terra, sendo o ponto mais “ao norte” que é possível viajar em um voo comercial.

O cofre de sementes de svalbard é a construção mais segura do mundo por proteger o futuro da humanidade
O cofre de sementes de Svalbard guarda sementes de diversas plantas ao redor do mundo (Reprodução/Internet)

O motivo do cofre ser uma construção segura é que ele está literalmente construido dentro de uma montanha, com diversas paredes de metal e concreto protegendo o futuro da humanidade no caso de uma catástrofe. As temperaturas dentro do prédio podem chegar até -18ºC, que ajudam a promover a vida útil das sementes por mais de 1000 anos.

O cofre é capaz de sustentar golpes de bombas nucleares, ataques de asteroides e qualquer outro tipo de desastre que possa ocorrer. É confortante saber que, caso tudo dê errado, teremos uma chance de se reerguer.

Casa Branca – Washington D.C.

A Casa Branca protege o presidente dos Estados Unidos, e é por isso que ela se encaixa como um dos prédios mais seguros de todo o planeta. O monumento, localizado em Washington D.C., abriga diversos métodos para proteção do homem mais importante dos Estados Unidos. Apesar do local estar aberto para visitantes, é necessário emitir uma permissão oficial 21 dias antes da visita.

A casa branca é uma das construções mais seguras do mundo por hospedar o presidente dos estados unidos
A casa branca é a residência do Presidente dos Estados Unidos (Reprodução/Internet)

A casa fica localizada em um espaço aéreo proibido, onde nenhuma aeronave é permitida sobrevoar. Diversos misseis estão localizados no perímetro da casa e da cidade, pronto para derrubar qualquer aeronave que quebre essa restrição de segurança. Além disso, no próprio prédio, um radar está ativo 24 horas para avisar sobre qualquer perigo eminente.

Os jardins da Casa Branca são monitorados por câmeras infravermelho, capazes de detectar qualquer tipo de movimento indesejado. O muro que envolve a casa também demonstra o poder de defesa do local, com 2,1 metros de altura e espinhos no topo para evitar que alguém tente escalar.

E é claro, todas as janelas da Casa Branca são à prova de balas. Afinal, ninguém quer arriscar que o presidente sofra um ataque de um franco-atirador, não é?

Complexo militar de Cheyenne – Colorado

Este complexo militar foi montado adjacente à montanha de Cheyenne, no Colorado, e servia como base para o NORAD durante a Guerra Fria. O NORAD serve como o centro de comando e defesa aérea dos Estados Unidos e do Canadá, com o importante papel de monitorar o espaço aéreo contra ameaças, bombas, misseis e invasores. Durante a Guerra Fria, o complexo era utilizado para monitorar movimentações de aeronaves e misseis soviéticos.

A imagem mostra a entrada do complexo militar na montanha de cheyenne
Complexo militar na montanha de Cheyenne (Reprodução/Internet)

Por ser construído ao redor de diversos labirintos e enraizado na montanha, o complexo tem capacidade de aguentar o ataque de uma bomba nuclear de 30 megatons, fazendo dele uma construção segura para se proteger de uma possível invasão. Além disso, cientistas estudam a possibilidade de incluir camadas de proteção contra armas eletromagnéticas, fazendo com que os computadores no complexo continuem funcionando após ataques com pulsos eletromagnéticos derivados de bombas.

Banco Federal de NY – Nova Iorque

Apesar de Fort Knox ser uma das maiores reservas de ouro dos Estados Unidos, o Banco Federal de NY é responsável por guardar uma das maiores reservas de ouro do mundo todo! O cofre é responsável por guardar mais de 6.000 toneladas de ouro, e fica abaixo da movimentada Manhattan.

A imagem mostra o cofre do banco federal de nova iorque
Cofre do Banco Federal de NY (Reprodução/Internet)

O motivo do cofre guardar tanto ouro é que ele não é responsável por somente a reserva americana. Outros países também protegem seu ouro no cofre, e fazem isso porque sabem que as chances de ocorrer uma invasão são virtualmente nulas.

O cofre está dentro de um cilindro de 90 toneladas, protegido por paredes de concreto com mais de 140 toneladas, fazendo com que o cofre seja uma construção segura para proteção do ouro. Para realizar qualquer tipo de movimentação no cofre, é necessário que três pessoas da equipe de proteção estejam presentes para proteção.

Zona Desmilitarizada – Coreia

A Zona Desmilitarizada da Coreia, ou DMZ, é uma linha que divide os países da Coreia do Norte com a Coreia do Sul, e é um dos pontos mais bem protegidos de todo o planeta. Devido às tensões entre os dois países desde a sua separação, a zona se tornou um campo em comum onde os líderes e embaixadores de ambos os lados podem se encontrar para discutir termos de paz e negociações.

A imagem retrata a zona desmilitarizada da coreia do norte como uma das construções mais seguras do mundo
A Zona Desmilitarizada da Coreia é um dos pontos mais guardados do planeta (Reprodução/Internet)

Apesar de ser “desmilitarizada”, ambos os lados são fortemente protegidos pelos exércitos de seus países contra qualquer tipo de invasor ou ataque. Guardas ficam a postos dos dois lados para atacar a qualquer momento, e não existem regras contra o uso de força letal.

A área ao redor da DMZ é protegida por tanques de guerra, atiradores de elite e centenas de soldados. Além disso, a linha é protegida por quilômetros de cercas elétricas, arame farpado e paredes de concreto. Apesar de não ser um prédio, é inegável que toda a zona merece entrar nessa lista de construções seguras.

Prisão ADX Florence – Colorado

A “U.S. Penitentiary Administrative Maximum Facility“, ou mais comumente conhecida como ADX Florence, é a penitenciaria mais segura e bem protegida do mundo. Esta prisão é a única prisão de segurança máxima controlada pelo governo federal, casa dos criminosos mais perigosos dos Estados Unidos.

A ADX abriga pessoas que cometeram crimes como assassinato, guerra de gangues e tentativas de terrorismo doméstico, e já foi responsável por cuidar do traficante “El Chapo” após ter escapado de duas prisões no México.

A imagem retrata a prisão mais segura do mundo
A ADX Florence é a prisão mais segura do mundo (Reprodução/Internet)

Dentro da prisão, seus prisioneiros passam 23 horas presos no confinamento solitário, e vivem em celas com meros 2x4m² com nenhum acesso ao mundo de fora. Conforme os diretores da prisão, isto impede que os prisioneiros aprendam o layout do prédio, evitando qualquer tentativa de fuga.

A segurança da prisão inclui 3 metros de muros com arame farpado, diversas unidades de cães de guarda que patrulham os perímetros da prisão, mais de 1400 portas de metal controladas por computador, câmeras, detectores de movimento e centenas de guardas fortemente armados. Tentar fugir (ou invadir) essa prisão é considerado impossível, e faz dela uma das prisões mais seguras do mundo.

Veja também:

Curioso para mais listas como essa? Na nossa categoria de Listas é possível saciar a sua curiosidade, aqui na Showmetech!

Fonte: Croptrust, The Culture Trip, The b1m, Bsscholarly, Victor Mochere, HowStuffWorks.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados