Review: blizzard arcade collection é uma viagem nostálgica. Com três jogos e muito conteúdo extra, a blizzard arcade collection é uma carta de amor aos fãs

REVIEW: Blizzard Arcade Collection é uma viagem nostálgica

Avatar of luís antônio costa
Com três jogos e muito conteúdo extra, a Blizzard Arcade Collection é uma carta de amor aos fãs

Durante a BlizzCon desse ano, a Blizzard revelou diversas novidades para seus fãs, incluindo uma coletânea de seus games clássicos para celebrar os 30 anos da empresa. A Blizzard Arcade Collection (Blizzard Coleção Arcade, em português) reune os jogos The Lost Vikings, Rock N’ Roll Racing e Blackthorne, que saem dos consoles de 16 bits em que foram lançados originalmente para os videogames da geração atual.

O Showmetech recebeu uma cópia digital da Blizzard Arcade Collection para o Nintendo Switch e, depois de reviver esses incríveis clássicos durante alguns dias, nós trazemos uma análise completa de como esses três jogos ainda representam experiências divertidas para qualquer jogador que goste de games eletrônicos em sua melhor forma.

Carros, explosões e muito Rock n’ Roll

O primeiro título que testamos dessa coletânea é Rock N’ Roll Racing. Com a perspectiva em 3D sendo adotada na maior parte da indústria de games da atualidade – com apenas alguns estúdios indie resgatando o visual 2D de décadas atrás – é muito interessante experimentar um jogo com visão isométrica, ainda mais no gênero de corrida.

Originalmente lançado em 1993, este é um jogo de corrida nada convencional onde a velocidade e o caos dominam as pistas. Junte a isso versões em 16-bits de clássicos das bandas Black Sabbath e Deep Purple e você tem uma espécie de Mario Kart versão heavy metal com vários itens para detonar seus inimigos, como canhões de laser e armadilhas para colocar pela pista.

Pista de corrida em rock n' roll racing
Rock N’ Roll Racing é um ótimo game de corrida e um dos mais divertidos da Blizzard Arcade Collection.

O game conta com 7 pilotos diferentes para você escolher, além de modelos variados de carros com melhorias que você pode trocar por créditos obtidos ao vencer cada corrida. Você poderá competir em 5 mundos diferentes com visuais únicos, sendo que cada um desses planetas possui pistas com circuitos especiais que vão testar sua precisão por trás do volante.

A Blizzard Arcade Collection oferece 4 versões do game: a definitiva, que conta com suporte à widescreen, novos especiais e músicas com qualidade de CD; a de 4 jogadores; e ambas as versões originalmente lançadas para o Super Nintendo e Sega Genesis.

Um trio nórdico de arrebentar

Quem procura um jogo de puzzles muito carismático e divertido certamente vai adorar The Lost Vikings. No game, você assume o controle de três vikings com habilidades diferentes que precisam utilizar de sua astúcia e força para chegar ao final do nível.

O grupo de personagens é formado por Erik, um viking que pode correr e pular, Olaf, que pode utilizar seu escudo para bloquear projéteis e, por último, Baleog, que ataca inimigos com sua espada e besta. Mesmo para um jogo com certa idade, muitos dos puzzles são bastante criativos e existem sobre obstáculos e armadilhas novas para manter o jogador engajado na busca pela melhor estratégia de chegar ao final do nível.

Vikings em the lost vikings
Junte-se a Erik, Olaf e Baleog em uma aventura cooperativa para alcançar o final de cada nível.

O único problema com The Lost Vikings é que o jogo não é tão razoável para o jogador quando você comete muitos erros e um dos membros da sua equipe morre. Quando isso acontece, você retorna ao início do nível, visto que é necessário todos os três vikings chegarem até o final juntos para passar ao próximo estágio.

A Blizzard Arcade Collection oferece 3 versões do game: a definitiva, que combina o melhor das duas versões originais dos jogos com suporte a vários idiomas, a versão originalmente lançada para o Super Nintendo e uma versão atualizada com 5 níveis adicionais e um modo para 3 jogadores.

Aventuras de outro mundo

Você se lembra do clássico game Prince of Persia e seu estilo quase cinematográfico? Blackthorne é um jogo com um visual e jogabilidade muito semelhantes, uma vez que você precisa enfrentar vários inimigos e ultrapassar obstáculos com mecânicas de plataforma. Porém, mesmo com gráficos peculiares (até mesmo para a época em que foi lançado) e uma atmosfera geral interessante, a lentidão de suas mecânicas talvez afaste muitos jogadores.

Por exemplo, se você quiser subir escadas é necessário se certificar que sua arma está no coldre e andar lentamente enquanto faz a subida. Enquanto que o estilo único de Blackthorne foi elogiado na época de seu lançamento, jogar esse game pela primeira vez em 2021 não é uma experiência muito agradável.

Gameplay de blackthorne
Blackthorne tem uma história densa e rica, mas a jogabilidade é muito frustrante.

Felizmente, uma das melhores características de Blackthorne é sua história rica. A trama do game é tão complexa que ela não fica nem um pouco atrás de grandes clássicos da ficção-científica e fantasia como Star Wars ou Duna (explicar ela nesse artigo de uma forma satisfatória seria algo quase impossível). Se você estiver disposto a ignorar a jogabilidade datada do game e investir no enredo, certamente irá ter bons momentos de diversão.

A Blizzard Arcade Collection oferece 3 versões do game: a definitiva, que traz automapeamento com suporte a vários idiomas, a versão originalmente lançada para o Super Nintendo e uma versão atualizada de 32 bits com gráficos pré-renderizados e quatro níveis novos.

Uma coletânea por um preço alto

Além dos três jogos remasterizados, a coletânea da Blizzard Arcade Collection também traz diversos conteúdos extras para os fãs conferirem. No menu principal, por exemplo, você pode navegar pela arte da caixa original e pelos manuais, há longas entrevistas nos bastidores e há até um player com as músicas originais de cada título (exceto as faixas protegidas por direitos autorais no Rock N ‘Roll Racing). 

Papel de parede no jogo rock n' roll racing
Além de conteúdos extras, a coletânea também oferece diversos modos de jogabilidade e até papéis de parede.

Detalhes como esses ajudam essa coletânea a parecer uma verdadeira carta de amor para os fãs. Assim, a Blizzard oferece um produto muito melhor do que a coleção de Super Mario 3D All-Stars, por exemplo, com conteúdos extras de sobra para homenagear os games e a equipe de desenvolvedores que se dedicou para tirá-los do papel para as telas das televisões. Além disso, conforme mencionamos, todas as versões originais de cada título estão disponíveis, então, se você quiser experimentar os games da forma como eles foram lançados, prepare-se para uma viagem no tempo.

Porém, a maior crítica à Blizzard Arcade Collection é seu preço. A coletânea está disponível para o PS4 e Xbox One, Nintendo Switch e PC por R$ 79,00. Esse valor parece muito salgado para três games com quase 30 anos. Além disso, fãs dos títulos originais até podem estar mais interessados em investir esse valor para revisitar esses clássicos e conferir o conteúdo extra, mas dificilmente novos jogadores vão se interessar pela coletânea. 

Os três títulos da blizzard arcade collection
Se você for um fã dos games clássicos irá adorar a coletânea mas, se for um jogador novo talvez demore para curtir os títulos

Mesmo assim, a Blizzard Arcade Collection ainda mostra o que de melhor o aclamado estúdio por trás do universo de Warcraft, Diablo e Overwatch tinha a oferecer em seus primeiros anos. O trio de jogos é variado e os diversos conteúdos extras como entrevistas, bastidores e músicas originais tornam a coletânea uma homenagem merecida a esses clássicos games de décadas atrás. Tudo isso deve aquecer o coração de fãs de longa data e, quem sabe, conquistar novos jogadores que queiram conhecer os primórdios da Blizzard.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
8
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados