Review: Mages of Mystralia é uma aventura simples mas divertida

Review: Mages of Mystralia é uma aventura simples mas divertida 6
Descubra uma jornada por um mundo mágico em que você precisa aprender a dominar seus poderes para sobreviver em Mystralia

Fazer um game ao estilo de RPG e aventura não é uma tarefa fácil no mundo dos desenvolvedores independentes. O mercado digital se encontra saturado de games muitos similares desse gênero e criar algo inovador é um desafio. Mages of Mystralia pode não ser um game inesquecível, mas consegue se destacar em seu estilo visual e seu gameplay simples mas robusto.

Mystralia
Pegue o seu livro de feitiços e sua sede por aventura e embarque em uma jornada mágica!

A Borealys Games cedeu ao Showmetech uma cópia digital para Nintendo Switch de Mages of Mystralia para testes e, após algumas semanas de jogatina intensa e divertida, nós apresentamos a vocês uma análise completa desse game que indie que consegue entreter o jogador na medida certa.

Sem magos em Mystralia

O game começa com uma pequena cutscene contando um pouco da história de Mystralia, um reino fictício em que os magos eram respeitados e o poder da magia ajudava no desenvolvimento da sociedade. Porém, tudo vira de cabeça-para-cima quando um Rei Louco utiliza a magia para aterrorizar sua população.

Mystralia
O Rei Louco usa do poder da magia para quase destruir o reino de Mystralia.

A situação de Mystralia fica tão complicada que os líderes não veem outra solução a não ser destronar o Rei Louco e instaurar um regime que proíbe a magia em todo o reino. Foi assim que os mágicos foram para o anonimato e qualquer um que demonstrasse ter poderes mágicos era considerado um excluído da sociedade.

A história do game devidamente tem início quando Zia, uma jovem camponesa, descobre seus poderes mágicos e, em um triste acidente, destrói sua casa com sua família dentro com o poder de chamas poderosas. Assustada e sozinha, Zia foge de seu vilarejo e é resgatada por mago experiente, que passa a ser seu mentor, ensinando-a a controlar seus poderes.

Mystralia
O que seria de uma maga sem a sua varinha?

Começando o enredo de forma clichê, infelizmente Mages of Mystralia não muda muito sua narrativa à medida que o jogador progride no game. Se você já jogou algum jogo da franquia Zelda ou algum RPG de aventura, irá se sentir muito confortável com Mages of Mystralia.

Após a parte introdutória, o game se resume a você explorar o reino de Mystralia resolvendo mistérios, enfrentando inimigos cada vez mais fortes e conseguindo poderes diferentes para derrotar os diferentes monstros que estão corrompendo a energia do mundo.

Mystralia
Um mundo belo, colorido e cheio de aventuras aguarda por você!

Mesmo introduzindo alguns personagens e missões secundárias, conforme você avança no jogo, a trama se torna cada vez mais um elemento coadjuvante desnecessário, uma vez que sua principal motivação para seguir em frente não é saber qual será o destino de Zia, mas sim desbloquear os diversos feitiços e poderes que essa terra misteriosa oferece.

Mages of Mystralia se inspira muito em games como Zelda e Fable, tanto na sua narrativa, visuais e nas mecânicas de combate. Os gráficos são muito simples, mas não deixam de ter o seu charme. O game mistura uma belíssima animação estilo desenho de quadrinhos durante as cutscenes com gráficos cell-shaded durante a gameplay.

Mystralia
Você vai encontrar todo o tipo de monstros pelo reino de Mystralia.

O jogador tem ataques básicos, feitiços que pode aperfeiçoar e itens para manejar no seu inventário. Ou seja, Mages of Mystralia oferece tudo que um jogador com experiência em games de RPG e aventura já estão acostumados.

Poderes ilimitados!

O grande destaque de Mages of Mystralia fica por conta de seu sistema de feitiços. Logo no início da aventura, os seus feitiços básicos são bastante limitados. Porém, logo ao finalizar seu confronto com o primeiro boss da aventura, você adquire sua primeira runa.

Mystralia
Mesmo um feitiço simples como lançar uma bola de fogo pode se tornar um poder devastador com a runa correta!

Cada runa é capaz de modificar o efeito de um de seus feitiços, e as combinações que você pode fazer são praticamente ilimitadas! Uma delas, “Move”, quando inserida nos feitiços Actus e Creo lhe dão a habilidade de lançá-los à distância. Já no feitiço Ego, cria um efeito de dash perfeito para desviar dos ataques de inimigos.

Como cada feitiço básico de Zia tem um limite de runas a serem atribuídas, o jogador precisa pensar bem antes de montar seu arsenal de magias e descobrir qual a melhor combinação a se utilizar durante cada batalha.

Mystralia
Brinque, invente e descubra novas combinações poderosas de feitiços.

Por exemplo, em um dado momento você poderá adicionar feitiços Immedi na magia Actus, o que vai resultar em um combo de golpes poderoso: primeiro o inimigo é atingido com uma bola de fogo e depois um forte choque elétrico!

No final de sua aventura, você vai ficar impressionado como Zia evoluiu, já que seus feitiços estarão bem desenvolvidos e diferentes de quando você os utilizou pela primeira vez. Além disso, o jogo estimula que você busca por novas runas e combinações de feitiços para enfrentar inimigos mais poderosos e cruzar obstáculos que seus feitiços básicos não dão conta.

Mystralia
Diferentes partes de Mystralia vão exigir diferentes tipos de feitiços.

O jogador irá encontrar os modificadores de feitiços mais importantes durante a jogada pela campanha principal do game. Porém, o interessante é utilizar sua perspicácia para resolver vários puzzles que existem no mundo de Mystralia para obter os modificadores adicionais.

Um feitiço pouco eficaz

Infelizmente, nem mesmo o sistema de feitiços e o apelo visual do game conseguem impedir que Mages of Mystralia se torne um game repetitivo e desinteressante depois de algumas horas de gameplay. Em diversos momentos, o mundo criado no jogo parece vazio e desprovido de vida.

Review: Mages of Mystralia é uma aventura simples mas divertida 7
Mages consegue ser interessante pelas duas primeiras horas. Mas depois disso é difícil manter o interesse do jogador.

Os inimigos que você encontra pelo caminho não são muito variados, tanto em seu design quanto em seus ataques. Quando você encontra o mesmo globin ou esqueleto pela enésima vez é de se pensar se o jogo está avançando ou se todos os locais dele são iguais.

Essa sensação causa certa angústia, uma vez que ao se observar o mapa e as diferentes partes do mundo que os desenvolvedores criaram se percebe um grande esforço em criar algo belo e interessante. Porém, mesmo com tantos cenários variados, Mages of Mystralia acaba caindo na repetição e monotonia rapidamente.

Review: Mages of Mystralia é uma aventura simples mas divertida 8
Mesmo os prédios e moradias não parecem ter muito por dentro para ser explorado.

Além disso, durante nossos testes com o game tivemos alguns travamentos e crashes, que provocaram o encerramento do jogo abruptamente. Foram poucas as ocorrências, mas esses problemas técnicos prejudicam a experiência, uma vez que o sistema de salvamento do game exige que o jogador ative lanternas que encontra pelo caminho para salvar seu progresso. Ter que repetir áreas inteiras da aventura não é nada divertido.

Apesar dessas falhas, junto com o sistema de feitiços, certamente uma das características mais marcantes do game é bela trilha sonora que embala todos os momentos da aventura. Junte a isso a decisão de não dar vozes aos personagens durante os diálogos e você tem um ambiente de RPG perfeito para imergir o jogador na medida certa nesse mundo de fantasia.

Mystralia
Resolver os diferentes tipos de puzzles salva o jogo da monotonia.

O poder da magia

Mesmo com alguns tropeços ao longo do caminho e uma campanha relativamente curta (podendo ser completada em cerca de 10 horas), Mages of Mystralia é um RPG de aventura único que vale a pena experimentar.

Mystralia
Pode não ser o melhor RPG da atualidade, mas ainda sim é uma experiência divertida.

Criar diferentes feitiços e resolver puzzles com suas novas magias são as características que conseguem deixar o game interessante e prender a atenção do jogador. Se você tem um Nintendo Switch, considere ele uma ótima opção para adicionar à sua biblioteca e passar o tempo da melhor forma.

Mages of Mystralia
  • 9/10
    Visual - 9/10
  • 6/10
    História - 6/10
  • 9/10
    Jogabilidade - 9/10
  • 8/10
    Som - 8/10
8/10

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba notícias por e-mail

Receba notícias no seu e-mail
Holler Box