REVIEW: Ubuntu 20.04 Focal Fossa é a evolução perfeita do sistema operacional

REVIEW: Ubuntu 20.04 Focal Fossa é a evolução perfeita do sistema operacional
A nova versão do Ubuntu 20.04 já está disponível para download e repleta de novidades

Finalmente a nova versão do Ubuntu 20.04 (chamado carinhosamente de “Focal Fossa”) está entre nós. O Ubuntu é a distribuição mais famosa e utilizada do Linux e a versão LTS (“Long-Term Supported”, versão de longo termo, em inglês) já pode ser instalada em qualquer PC ou notebook. 

Neste artigo iremos conferir uma análise completa das principais novidades dessa nova versão e como ela se compara com sua antecessora, o Ubuntu 18.04, em termos de performance e funcionalidades.

Melhorias gerais no Ubuntu 20.04

O primeiro e principal aspecto que você notará no Ubuntu 20.04 é sua nova aparência. O sistema operacional ganhou um visual mais moderno, há novos ícones e cores, com o visual do GTK refinado e totalmente remodelado. 

Além disso, o Ubuntu 20.04 agora tem finalmente novos temas visuais que o usuário pode escolher, além do básico. Já embutido no sistema, você não precisará instalar o Tweaks para habilitar o modo Light ou Dark.

Tela de configuração da aparência do Desktop do Ubuntu 20.04
No Ubuntu 20.04 você pode escolher entre três tipos de modos para a aparência de seu Desktop

Mesmo tendo a opção de escolher entre apenas três temas, todos eles mudam completamente a cara do Ubuntu, desde o fundo das janelas, aparência dos ícones e até mesmo alguns editores de código como a plataforma Eclipse.

Porém, o Ubuntu 20.04 realmente brilha com seu tema escuro, que muitos usuários já pediam há um bom tempo. Com uma tonalidade bem agradável, esse tema é muito bem polido, mostrando-se consistente em diferentes programas e locais do sistema.

Tema Dark aplicado ao gerenciador de arquivos do sistema
O tema que o usuário escolher irá ser aplicado em todo o sistema e em programas compatíveis

Outra novidade na interface gráfica do GNOME 3.36 é a possibilidade de agora agrupar programas e aplicações em pastas por nome (uma funcionalidade bem similar das plataformas mobile). Além disso, a tela de login e lock do sistema foram remodeladas. Agora você não precisa mais deslizar para cima a tela para fazer o login: basta pressionar qualquer tecla que o campo de senha aparecerá.

Uma das grande vantagens do novo GNOME 3.36 é que ele consome menos recursos da máquina do que suas versões anteriores, além de ser mais rápido. E não são apenas ganhos em performance, pois o GNOME 3.36 também traz algumas mudanças visuais menores. O painel de configurações agora está mais fácil de navegar do que nunca! Muitos dos atalhos estão localizados todos no painel lateral esquerdo, permitindo um acesso rápido aos usuários.

Menu de configurações do Ubuntu 20.04
O menu de configurações está mais acessível e fácil de se utilizar

O Ubuntu 20.04 agora conta com um botão exclusivo de “Não perturbe”. Assim como em dispositivos móveis, ao habilitar essa função todas as notificações do sistema são silenciadas. Ou seja, nada de pop-ups incômodos avisando sobre alguma atualização ou avisos de programas.

Tela de notificações com a opção do Modo "Não Perturbe"
O novo modo “Não Pertube” evita que notificações indesejadas atrapalhem você

Você também notará imediatamente que o Ubuntu 20.04 é instalado mais rapidamente e inicializado mais rapidamente. É um ganho de poucos segundos e que pode variar de acordo com o hardware da máquina em que o sistema está instalado, mas a diferença em tempo de inicialização é uma vantagem importante para o novo Ubuntu.

A diferença é pequena, mas é a favor do sistema. O Ubuntu 20.04 também traz uma experiência de inicialização sem cintilação, o que também é mais agradável visualmente. O Ubuntu 20.04 tem muitas mudanças visuais que são incrivelmente atraentes e que, definitivamente farão até aqueles mais receosos com esse sistema operacional darem uma chance a ele.

Snap integrado

O Ubuntu 20.04 agora configura a prioridade para aplicações Snap. Dessa forma, sempre que o usuário tentar instalar um aplicativo, o Ubuntu irá forçar você a instalar a versão Snap desse programa. Aqui vemos um exemplo de como ao tentar instalar um programa pelo Terminal, a versão snap dele é selecionada por padrão.

Essa mudança também se aplica ao Ubuntu Software Center. Sempre que você procurar um aplicativo no no Software Center, a primeira opção será aplicativo snap e, somente mais baixo na lista, você poderá encontrar a versão Deb. Portanto, sempre que você instala um aplicativo, consulte a descrição da fonte para saber se é um pacote snap ou um pacote de repositório padrão do Ubuntu.

Ubuntu Software Center
O novo Ubuntu Software Center agora suporta versões Snap e Deb dos aplicativos

A principal diferença dos pacotes Snap para os já conhecidos pacotes de repositório Deb é que os Snaps são pacotes que incluem todas as dependências necessárias para a aplicação. Além disso, dentre outras vantagens o Snap oferece facilidade de instalação de programas, segurança para executá-los, e possibilidades de upgrades e reversões de forma simples.

No entanto, as aplicações Snap ainda estão longe de ser perfeitas. Primeiramente, elas não assumem o tema atual de seu desktop. Felizmente, isso foi melhorado agora para o Ubuntu 20.04. Qualquer aplicativo snap parecem que são nativos do Ubuntu. Além disso, alguns aplicativos snap como o Kdenlive obtém automaticamente o tema que você está utilizando no desktop (enquanto a versão Deb dele possui apenas um tema light). 

O segundo problema era que novos usuários poderiam instalar acidentalmente dois aplicativos duplicados, um é o aplicativo Deb e outro é um aplicativo snap. E eles podem não descobrir por que é assim e, como a versão desses programas pode diferir, sua funcionalidade também pode diferir. Infelizmente, esse problema ainda existe no Ubuntu 20.04.

O terceiro problema é que os aplicativos Snap ocupam muito mais espaço porque incluem todas as dependências no pacote. Por exemplo, um simples como o KeepassX ocupa mais de 100 Mb em um pacote de snap, enquanto sua versão Deb, disponível no Ubuntu Software Center, possui apenas é de apenas 1,9 Mb.

Tela do instalação do programa KeePassXC
Apesar de a versão Snap ser a padrão, a versão Deb de vários programas é muito menor

Além disso, como os aplicativos Snap são maiores, eles demoram mais para serem instalados. E parece que o tempo de inicialização dos aplicativos Snaps é um pouco maior que o tempo de dos aplicativos Deb.

Suporte a leitura biométrica

Outro grande avanço do Ubuntu 20.04 é o suporte para leitores de impressões digitais. Muitos dispositivos estão sendo enviados com leitores de impressão digital. No entanto, o suporte do Linux para dispositivos de impressão digital nunca foi bom. Mas deve mudar a partir do Ubuntu 20.04

Há um back-end e uma GUI aprimorados, portanto os dispositivos biométricos devem funcionar bem agora. Infelizmente, não pude testá-lo para confirmar isso. Se você possui um leitor de impressões digitais, compartilhe sua experiência nos comentários abaixo.

Novidades no kernel e drivers

Existem muitas outras melhorias no Ubuntu 20.04, a maioria técnica e que não interessam a um usuário Linux comum. Apenas é importante salientar que o Ubuntu 20.04 vem acompanhado das versões mais atualizadas de diversos pacotes de software essenciais.

O sistema possui o Kernel 5.4, que traz muitos recursos interessantes, como suporte ao sistema de arquivos ExFAT e melhor suporte ao Thunderbolt. Além disso, agora os drivers da NVIDIA estão incluídos na ISO para facilitar a instalação.

O Ubuntu 20.04 se mostra um sistema muito mais amigável aos gamers pois agora ele possui o recurso GameMode da Feral de forma nativa, permitindo iniciar aplicativos usando a GPU discreta se você tiver uma placa de vídeo dedicada em sua máquina. Dessa forma, você poderá executar qualquer jogo com “gamemoderun ./game-exectuable” ou, no Steam, adicionar uma opção de lançamento de “gamemoderun% command%” imediatamente e obter a melhor experiência. 

GameMode da Feral
O GameMode da Feral agora vem nativo no Ubuntu 20.04

Caso você realize uma atualização de uma versão anterior do Ubuntu para o 20.04 não precisará se preocupar com seus aplicativos ou arquivos. A maior parte dos repositórios já foi atualizado com versões compatíveis com o novo sistema, então durante o processo de atualização todas as bibliotecas, dependências e drivers necessários serão instalados, atualizados ou removidos.

Importante também mencionar que, embora não exista mais ISO do Ubuntu de 32 bits, o Ubuntu 20.04 ainda possui bibliotecas de 32 bits para suportar pacotes de 32 bits necessários para o Wine (aplicativo capaz de executar arquivos executáveis do Windows) e Steam.

Desvantagens do Ubuntu 20.04

Parece que as mudanças positivas são tão impressionantes que é difícil encontrar as desvantagens do Ubuntu 20.04. No entanto, a nova versão do sistema não é perfeita e livre de alguns problemas. Muitos deles realmente migraram das versões anteriores.

Por exemplo, uma funcionalidade simples que já existe há décadas no Windows e MacOS como minimizar uma janela para retornar ao ícone do dock ainda não funciona por padrão. Ou seja, clicar no ícone de um aplicativo diretamente no dock para minimizá-lo não funciona. Felizmente, basta executar o seguinte comando no terminal para permitir que o GNOME suporte essa funcionalidade:

gsettings set org.gnome.shell.extensions.dash-to-dock click-action 'minimize'

Outro problema que a nova versão do Ubuntu 20.04 não corrigiu ainda é a impossibilidade de definir o Gerenciador de arquivos para mostrar uma exibição diferente para pastas diferentes do sistema. É algo simples que persiste em todas as versões do Ubuntu e prejudica consideravelmente a navegação pelas pastas do sistema.

Infelizmente o GNOME 3.36 ainda precisa de ajustes então não se surpreenda se não conseguir deletar ou mover arquivos que estejam no seu desktop. Ao selecionar um arquivo na área de trabalho, não é possível realizar operações com ele além de abrí-lo. Caso você queira movê-lo para outra pasta com o comando de Copiar e Colar (ou mesmo arrastando com o mouse), não poderá fazer a menos que seja pelo Gerenciador de arquivos. Essa falha provavelmente será corriga nas próximas atualizações.

Por todas as novas funcionalidades apresentadas, sabemos que o Ubuntu está ficando cada vez melhor. Esperamos que essas falhas sejam solucionadas ainda nessa nova versão do sistema, pois seria muito frustrante ter de esperar pelo Ubuntu 22.04 para termos uma solução definitiva.

Uma grande evolução

Ao contrário de outras atualizações do Ubuntu, o Ubuntu 20.04 definitivamente tem várias melhorias em relação as versões anteriores! Mais do que nunca, o sistema está acessível para usuários leigos e poderoso para aqueles que já dominam o Ubuntu ou desejam se aprofundar nas entranhas de seu código. Infelizmente, ele não é um sistema livre de falhas, mas suas desvantagens são tão pequenas em relação aos seus benefícios que não podemos pensar duas vezes antes de recomendá-lo como a melhor alternativa ao Windows.

Ubuntu 20.04 ("Focal Fossa")
  • Design - 9/10
    9/10
  • Performance - 9/10
    9/10
  • Funcionalidades - 8.5/10
    8.5/10
8.8/10

Resumo

Com diversas melhorias e novidades, o novo Ubuntu 20.04 chega para consolidar o Ubuntu como a versão mais popular e poderosa do Linux. O sistema está mais acessível e amigável do que nunca e os novos recursos permitem realizar das tarefas mais simples até as mais complexas com apenas alguns cliques e poucas linhas de comando. O sistema ainda precisa de algumas correções, mas já proporciona uma experiência muito boa ao usuário.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

5 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter