Samsung logo

Samsung anuncia mega fábrica e passa Intel como maior fabricante de chips

Avatar of vítor vidal
Com resultados do último trimestre, a Samsung ultrapassou a Intel em receita de vendas, se tornando o maior fabricante de chips do mundo

A gigante sul-coreana Samsung é mundialmente famosa por seus smartphones, tablets e notebooks, mas no último trimestre quem roubou a cena foi a divisão de semicondutores. A receita da divisão ultrapassou a concorrente Intel, dando a Samsung a dianteira entre os maiores fabricantes de chips do mundo.

Na esteira dos bons resultados financeiros da Samsung Semiconductors, uma nova mega fábrica de memórias NAND na China foi anunciada e reportada pelas agências Reuters e Bloomberg.

Com investimentos previstos de US$ 7 bilhões em 3 anos para levantar a nova unidade na província de Xi’an, a fabricante do Galaxy S8/S8+ consolida a tendência de se tornar a número 1 do setor de semicondutores, ultrapassando a americana Intel. Além da sinergia com a divisão Samsung Electronics, que vende milhões de smartphones todos os anos, as memórias e chips fabricados pela empresa são usados por várias outras marcas, inclusive por concorrentes.

O carro-chefe da divisão de semicondutores é exatamente a produção de memórias. Nesse nicho, a maior empresa da Coreia do Sul abocanhou mais de 35% do mercado de memórias flash NAND no período abril-junho. Inclusive, foi exatamente nesse período que, pela primeira vez, a até então incontestável Intel foi ultrapassada em termos de receita.

Memórias são carro chefe da samsung semicondutores
Memórias são carro chefe da Samsung Semicondutores

Samsung ultrapassa Intel no segundo trimestre

No segundo trimestre de 2017 a Samsung registrou lucro de $12.6 bilhões e receita de $54 bilhões. Com os números, a empresa reforça sua força no país natal, sendo responsável por cerca de 20% de todo o PIB sul-coreano. Adentrando um pouco mais nos números, encontramos um feito ainda mais notável. De toda receita do período, US$ 15 bilhões vieram da divisão de semicondutores, acima dos US$ 14.8 bilhões que a Intel obteve no mesmo período. Apesar da diferença pequena (considerando a ordem de grandeza dos números), pela primeira vez em 24 anos a Intel ficou em segundo lugar na lista dos maiores chipmakers do mundo.

Uma diferença importante entre as duas empresas é o foco de cada uma. Enquanto a Intel se concentra em CPUs para computadores e servidores, a Samsung foca em memórias e na diversificação de seu catálogo, oferecendo um belo menu de chips para dispositivos móveis e IoT.

Os bons números do segundo trimestre estão muito ligados às boas vendas de memórias. Com os novos investimentos e com as próprias previsões da empresa, espera-se que os números continuem a ganhar força.

Herdeiro da samsung
Herdeiro da Samsung. Fonte: KBS View Video

Preço do sucesso?

Apesar dos resultados animadores, a Samsung também vem vivendo um capítulo dramático dentro de casa. 5 executivos de alta patenta da empresa foram presos por envolvimento com pagamento de propinas para oficiais do governo sul-coreano. Dentre os condenados está Lee Jae-Yong, neto do lendário fundador da empresa Lee Byung-chul e atual herdeiro do conglomerado.

Se os alto executivos passam por mal momento, os mais de 300 mil funcionários espalhados pelo mundo comemoram os resultados financeiros. Ainda está por ser definido quem ficará com a coroa no ano de 2017. Se a Samsung manter a primeira posição pelos trimestres seguintes, o bastão passará da gigante americana para a coreana.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
14
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados