Surto do Coronavírus faz busca pelo jogo Plague Inc. disparar nas lojas de apps

Surto do Coronavírus faz busca pelo jogo Plague Inc. disparar nas lojas de apps
O jogo Plague Inc. mostra como uma doença infecciosa pode se espalhar pelo mundo e já ganhou notoriedade desde a semana passada graças ao Coronavírus

O surto do Coronavírus na China, que se tornou destaque no mundo todo desde a semana passada, trouxe consequências que vão além da saúde e da situação de emergência nas cidades onde a doença começou a se manifestar. O jogo Plague Inc., disponível tanto para smartphones quanto para computadores, se tornou muito popular desde então.

Jogadores procuram entender um pouco mais sobre surto de doenças infecciosas, e isso fez com que ele subisse ao topo dos aplicativos mais baixados, além do aumento de visitas ao site.

Plague Inc., o jogo das infecções

Em Plague Inc., o jogador consegue controlar um patógeno mortal que tem como objetivo se espalhar pelo mundo para acabar com a humanidade. Mas, apesar da diversão que Plague pode trazer, muitas pessoas acabam se interessando ainda mais por ele quando existe uma situação real de risco de surtos de patógenos.

A própria empresa responsável pelo jogo, Ndemic Creations, afirmou que, embora lançado em 2012, só notam esse aumento de popularidade quando há algum caso de doença que começa a se espalhar na vida real. Aconteceu durante o surto de Ebola na África em 2014, onde os downloads aumentaram em 50% na época.

Agora, com o Coronavírus, isso volta a acontecer. Plague Inc. se tornou o aplicativo pago mais baixado na App Store recentemente e um dos 50 mais baixados quando se junta com os gratuitos. O jogo alcançou a marca no dia 21 de janeiro e ainda não deixou sua colocação.

Em Plague Inc. o jogador controle um patógeno mortal que se espalha pelo mundo
Em Plague Inc. o jogador controle um patógeno mortal que se espalha pelo mundo

Mas a popularidade não aconteceu só na China. Plague Inc. também está no topo dos aplicativos pagos mais baixados no iOS desde o dia 23 de janeiro nos Estados Unidos. O número de jogadores da versão de computador também teve um aumento considerável de 169% nos últimos 30 dias.

Esse interesse todo foi tão significativo que o site oficial do jogo ficou sobrecarregado com a quantidade de acesso ao mesmo tempo e os servers até tiveram uma queda por não suportar a quantidade.

James Vaughn, fundador da Ndemic Creations, disse que:

“As pessoas são curiosas sobre essas coisas e querem saber mais sobre doenças infecciosas. Plague Inc. tem seu papel porque é um olhar inteligente em como essas doenças infecciosas podem se espalhar”.

James Vaughn, fundador da Ndemic Creations

Jogo é para diversão, não informação

Apesar do aumento de interesse pelo jogo e a curiosidade em entender mais sobre o surto do Coronavírus, é importante ressaltar que Plague Inc. não é uma fonte oficial de informações. A própria empresa responsável pelo jogo já afirmou que ele não é uma ferramenta científica para se modelar o surto de uma doença.

“Por favor, lembrem-se que Plague Inc. é um jogo, não um modelo científico, e o atual surto do Coronavírus é uma situação muito real que está impactando um número enorme de pessoas. Nós recomendamos que os jogadores se informem diretamente com autoridades de saúde locais ou gerais.”

James Vaughn, fundador da Ndemic Creations

Mas, mesmo assim, o jogo não é inteiramente inútil em termos de educar as pessoas, de alguma forma. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças afirmou em 2013 que Plague Inc. traz uma forma interessante de promover cuidados e ensinar o público um pouco mais sobre surtos de doenças pelo mundo. Baixe o jogo para iPhone e Android.

Para ter informações precisas de como se manter seguro, é aconselhável procurar por autoridades competentes.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter