Tiktok é a fonte de notícias que mais cresce no reino unido

TikTok é a fonte de notícias que mais cresce no Reino Unido

Avatar of lucas gomes
O órgão regulador local, Ofcom, apontou que pelo menos 7% dos adultos no Reino Unido utilizam o TikTok como fonte de informação e notícias. Confira!

Ler ou ouvir notícias sempre foi necessário no dia a dia, principalmente quando temos fontes sérias e confiáveis. Há alguns anos a internet vem sendo mobilizada por instituições que querem acabar com as fake news, ou seja, as notícias falsas que assolam o Brasil e o mundo. Em recente pesquisa no Reino Unido, foram apontados que quase 10% dos adultos utilizam o TikTok como fonte de notícias, número que vem crescendo com os anos.

Pesquisa da Ofcom

De acordo com o veículo governamental regulador Ofcom, do próprio Reino Unido, 7% dos adultos no território utilizam a rede social dos vídeos curtos como fonte de informação e notícias. Este número pode ser considerado alto, quando comparado com seu 1% apurado em 2020.

Tiktok é a mais crescente fonte de notícias no reino unido
Reprodução: Nieman Lab

A pesquisa do Ofcom se trata de um recolhimento de informações sobre o hábito de consumo dos ingleses, que acabou apontando para essa crescente. A presença massiva do TikTok no mundo online ilustra como o aplicativo vem se tornando rapidamente não só mais uma rede social para entretenimento, mas também como fonte informativa.

Dados apresentados

Outro exemplo está nos Estados Unidos, que também fez uma pesquisa de consumo semelhante, e que mostrou uma estimativa de 40% de pessoas que fazem parte da Geração Z — os nascidos entre 1997 e 2012 — que usam não somente o TikTok, mas também o Instagram, como fonte de informações e notícias. Essas redes sociais foram, inclusive, preferidas a outros meios que eram anteriormente mais utilizados, como o Google Maps e a própria pesquisa do Google.

Tiktok é a mais crescente fonte de notícias no reino unido
Reprodução: Kiss 95.1

Apesar dessa grande crescente no Reino Unido, o TikTok ainda é apenas a sexta fonte de informação mais utilizada entre jovens de 16 a 24 anos de idade, representando 27% dessa parcela. Entre outros meios de manter-se informado, a pesquisa ainda apresentou os seguintes dados que relacionam o meio de informação com a porcentagem de sua utilização no Reino Unido:

  • 46% – Instagram;
  • 40% – Facebook;
  • 36% – BBC One (canal de televisão);
  • 35% – Twitter;
  • 29% – Aplicativo ou site da BBC.

Já entre os adolescentes que estão entre os 12 e 15 anos de idade, a fonte de informação via redes sociais é ainda maior. Neste grupo a rede mais utilizada fica por conta do Instagram, com 29% de uso pelos jovens, seguido pelo empate entre YouTube e TikTok, com 28%. Essas métricas perdem para outras duas fontes de pesquisa neste grupo etário: informações advinda de seus familiares e da televisão, representando respectivamente 65% e 59%.

É cada vez mais improvável que os adolescentes de hoje peguem um jornal ou sintonizem as notícias da TV, preferindo manter-se atualizados percorrendo seus feeds sociais. E enquanto os jovens acham as notícias nas mídias sociais menos confiáveis, eles avaliam esses serviços mais altamente por oferecer uma variedade de opiniões sobre as histórias atuais do dia.

Yih-Choung Teh, diretor do grupo Ofcom para estratégia e pesquisa em um comunicado à imprensa

Veja também

Quem é o TikToker mais famoso do mundo? Veja o TOP 10.

Fonte: The Verge.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados