Turma da mônica vai ganhar personagem gay, afirma mauricio de sousa

Turma da Mônica vai ganhar personagem gay, afirma Mauricio de Sousa

Avatar of lucas gomes
Em entrevista o cartunista ainda fala sobre questões como meio ambiente, posicionamento político e educação. Veja agora!

Em recente entrevista, o criador da Turma da Mônica, Mauricio de Sousa, fala um pouco sobre sua vida pessoal, profissional e ainda faz posicionamentos políticos — coisa que o cartunista não costumava fazer. Além disso, Mauricio ainda falou sobre a inclusão de um personagem gay na Turma da Mônica e sua relação com o filho, Mauro de Sousa. Confira!

Mauricio de Sousa e o meio ambiente

A entrevista, concedida à BBC News Brasil, foi realizada de forma online e começou falando sobre um ponto muito importante internacionalmente: a preocupação com o meio ambiente. O cartunista disse que, em breve, o livro Sou Um Rio será lançado e nele há um verdadeiro manifesto em relação à defesa do meio ambiente. Mauricio diz que, estrategicamente, o livro será lançado justamente à véspera do COP-26, considerado o evento mais importante no que tange assuntos ecológicos, que acontecerá em Glasgow, Reino Unido, neste domingo (31 de outubro).

Eu não podia botar a Turma da Mônica toda alegrinha, alegrinha, porque ela não pode deixar de ser alegrinha, num livro onde eu queria colocar uma proposta diferenciada. […] Fiquei muito orgulhoso porque o livro foi elogiado. Os acadêmicos, todos eles, escritores e literatos, pegaram o livrinho e disseram: ‘nossa, que caminho você tomou agora, que beleza, faça mais assim…’. Eu fiquei muito orgulhoso de mim mesmo.

Mauricio de Sousa sobre a proposta de Sou Um Rio e a reação de seus colegas da Academia Paulista de Letras (APL) quando tiveram acesso – antecipado – ao material

Uma de suas posições quanto à defesa do meio ambiente é justamente uma melhoria na educação, defendendo melhores estruturas nas escolas, professores com remunerações melhores e mais respeitados. Enfatiza ainda que a conscientização à preservação ambiental deve ser inclusa na vida das pessoas desde muito novas. Uma das falas de Mauricio é justamente sobre o Rio Tietê, lembrando que, em sua infância, era um lugar lindo, onde era possível, inclusive, nada e pescar, e lamenta muito a situação atual dali.

Turma da mônica vai ganhar personagem gay, afirma mauricio de sousa
A entrevista com Mauricio de Sousa foi realizada via Skype: Fonte: BBC News Brasil

Apesar de ser conhecido, também, por não se posicionar politicamente — apesar de que, se você ler atentamente às suas obras, pode-se identificar muitas falas que exibem certas responsabilidades sociais, por exemplo, que resultam em um certo posicionamento político — de forma mais clara, ele fala um pouco sobre essa relação entre defender o meio ambiente e ser visto como oposição política, principalmente nessa época pelo qual o Brasil encontra-se tão polarizado.

Você pode entender dessa maneira. A política de guerra não me atrai. A política de conjugação, de alguma maneira, que deve ser positiva porque também informativa, ter seus objetivos humanitários, sociais, um monte de objetivos… A política não é uma coisa ruim. O pessoal é que está entendendo mal o uso de algumas áreas políticas

Mauricio de Sousa, cartunista e criador do famoso quadrinho Turma da Mônica

Alguém que está na mídia e é figura pública há décadas, Mauricio de Sousa sabe também lidar com as questões atuais enfrentadas por exposições na internet. O cartunista sabe que, mesmo se posicionando e mantendo-se firme nas questões defendidas, pode acabar sofrendo ataques online de haters: sejam eles pessoais ou apenas políticos. Nesse momento ele diz que prefere ignorar esse tipo de ofensa e que segue sabendo o que é importante a ser dito.

Personagem gay em Turma da Mônica

Seguindo com a entrevista, Mauricio de Sousa foi abordado sobre a inclusão de grupos minoritários em suas histórias. Ele afirma que muito do que é visto em suas obras são, na verdade, um reflexo de sua própria vida e experiências, bem como o contato que teve, quando menor, com outras crianças e suas vivências mútuas.

Comecei a estudar os tipos de deficiência que havia e fui criando personagens. Para isso, tive de estudar muito, convidar crianças e jovens para que me falassem sobre como eles resolviam seus problemas, como um cadeirante atravessava a rua, quais cuidados tinha de ter a menina cega… Me deparei com um grupo ativo, corajoso, bem-humorado, resolvendo problemas. E tudo isso eu pude passar com meus personagens

Mauricio de Sousa sobre a inclusão de grupos minoritários em suas obras

Além disso, é claro, ele foi questionado sobre a possibilidade de incluir um personagem gay nos quadrinhos e a resposta foi: “vem vindo aí“. Ele vem discutindo com sua equipe, que inclui seu filho Mauro Sousa, que também é gay, sobre a construção deste personagem. Pelo fato dos personagens de A Turma da Mônica não serem sexualizados, possivelmente a inclusão seria através de pais gays que possuem um filho, ou até mesmo em Turma da Mônica Jovem, onde esses e outros assuntos são abordados de forma um pouco mais branda.

Turma da mônica vai ganhar personagem gay, afirma mauricio de sousa. Em entrevista o cartunista ainda fala sobre questões como meio ambiente, posicionamento político e educação. Veja agora!
À esquerda, Mauro Sousa, e à direita, seu pai, Mauricio de Sousa

Estamos discutindo isso, sim. Estamos discutindo com os roteiristas, com o Mauro, com o pessoal próximo da gente aí para que haja um personagem positivo. Em todos os sentidos.

A inclusão de um personagem gay, por Mauricio de Sousa, sendo abordada

Muito sobre esse assunto foi voltado para Mauro. Mauricio de Sousa afirma que a notícia de ter um filho gay foi recebida com muita normalidade, principalmente por ter tido um relacionamento saudável com ele e seus outros filhos. Em 2017, em entrevista ao Roda Viva, Mauricio de Sousa teve outro posicionamento ao ser questionado sobre a possibilidade de haver algum personagem gay em suas obras, mas hoje em dia ele diz que há aprendizado todos os dias, e os relacionamentos com as pessoas nos edifica, fazendo com que os ensinamentos positivos sejam sempre absorvidos.

Veja também:

Em recente acontecimento, o jogador de vôlei Mauricio Souza foi demitido do Minas por ter feito uma publicação homofóbica sobre a revelação de que o novo Super-Homem é bissexual.

Fonte: BBC News Brasil.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
6
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados