Vídeo da NASA mostra pouso da Perseverance em Marte

Visão da perseverance na superfície de marte
Graças à NASA, que liberou o vídeo do pouso da Perseverance em Marte, você não precisa ser um astronauta para ver de perto como é o Planeta Vermelho

Faz poucos dias que a Perseverance, rover da NASA — rover é uma categoria de veículo de exploração espacial — chegou ao famoso planeta vermelho. Considerado um dia histórico para os amantes do espaço e para a ciência, a NASA liberou hoje um vídeo do pouso da Perseverance em Marte, com três ângulos diferentes de captura. Graças ao sistema de gravação, a equipe responsável pela pequena nave conseguiu os primeiros 30 gigabytes (GB) de dados, junto a mais de 20.000 imagens sequenciais da chegada ao nosso vizinho planetário.

Depois de uma jornada de quase um ano, o pouso da Perseverance era tão aguardado que muitos internautas passaram horas atualizando o site da NASA na expectativa de um vídeo oficial – e ele chegou! Graças ao fragmento liberado pela agência espacial, qualquer ser humano com internet estável consegue assistir ao acontecimento do ano. Isso foi possível graças ao complexo sistema de câmeras acoplado às três partes do robô: o escudo protetor contra o calor e o paraquedas, o módulo de aterrissagem e a própria Perseverance.

Como foi o pouso da Perseverance?

Ilustração mostrando a sequência de pouso da perseverance em marte
A ilustração mostra o percurso EDL da Perseverance. EDL significa, em inglês, Entry, Descent and Landing, que, traduzido para o português, fica como Entrada, Descida e Pouso – os três passos da chegada do rover espacial no planeta vermelho. (Imagem: NASA)

Sabia que somente 40% das missões destinadas a Marte conseguiram pousar com sucesso?

Quem sou eu para estipular uma comparação entre o pouso da Perseverance aos níveis de turbulência na Terra? Tudo que você precisa saber é que, ao se aproximar do planeta vermelho, o rover abandonou seu módulo de viagem; nesse ponto, ele estava com uma velocidade aproximada de 20.000 quilômetros por hora (km/h) e precisava perder praticamente 100% dessa rapidez em menos de 10 minutos — momento carinhosamente apelidado pela equipe de engenheiros como Os Sete Minutos de Terror — do contrário o impacto com a superfície marciana o destruiria. O escudo protetor, por sua vez, protegeu nosso embaixador extraterrestre contra temperaturas de até 1300?°C — felizmente, deu tudo certo!

O objetivo da missão, segundo a NASA, é coletar amostras de pedras e do solo marciano, bem como procurar por sinais de vida antiga, como micróbios e afins, mais ou menos na mesma linha de evolução da vida terrestre. Antes disso, no entanto, a missão preliminar do robô é analisar o entorno da cratera de Jezero em busca de fósseis, dado que, nessa região, existiu um lago há 3.5 bilhões de anos. O interesse, neste caso, é compreender como e quando o lago secou, e se este fenômeno influenciou na formação do planeta seco e árido que conhecemos hoje. Só essa tarefa preliminar levará 2 anos terrestres para ser terminada.

Tendo isso em mente, podemos afirmar que o desejo da NASA é expandir suas pesquisas no campo chamado de astrobiologia. Para quem é interessado na parte mais tecnológica da coisa, é importante ficar de olho na missão de retorno das amostras para a Terra; segundo os dados da NASA, a ideia é lançar as amostras coletadas por meio de pequenos foguetes, para que os dados possam ser analisados por especialistas aqui do velho mundo. No entanto, isso deve acontecer só na próxima década.

Além dessas informações sobre a missão principal, a criação da agência espacial pretende, de modo secundário, examinar as condições atmosféricas para, por exemplo, produzir e manter oxigênio suficiente para que uma futura missão tripulada ao planeta se mantenha segura.

Como a Perseverance foi preparada para capturar áudios e imagens de Marte?

Sistema de câmeras e microfones presentes na perseverance, rover da nasa
O sistema de câmeras presente no rover espacial da NASA, responsável por gravar imagens de Marte e também por capturar parte do vídeo de pouso da Perseverance no planeta vermelho. (Imagem: NASA via The Verge)

Segundo a NASA, o mecanismo, em sua totalidade, teve 23 câmeras instaladas, sendo que 7 destas foram usadas para capturar as imagens que vemos no vídeo de pouso da Perseverance. As outras são destinadas para o próprio rover, no sentido de coletar dados e tirar fotos de possíveis descobertas – além, é claro, de deleitar os espectadores na tão distante Terra. Não obstante, são dois microfones acoplados, responsáveis por captar os primeiros áudios do planeta vermelho. Felizmente, não houve nenhum murmúrio digno dos alienígenas de Marte Ataca, ou então interferência dos hostis seres de Sinais.

Um dos fatores que mais chama a atenção é que algumas partes da Perseverance e do Ingenuity — um afável drone que parece um mini helicóptero e que acompanha o rover — foram feitas com peças disponíveis no mercado. As câmeras do robô principal, por exemplo, dependem de um hardware da Intel, este que roda por meio do sistema operacional Linux. Não é de se surpreender que os programadores entrem em êxtase com essa informação. Importante salientar que isso não significa que qualquer um consiga montar uma sonda espacial – parece óbvio, mas às vezes o óbvio precisa ser dito.

Já o Ingenuity foi desenvolvido com um processador — pasmem — Snapdragon 801 da Qualcomm, que também roda no sistema Linux. É uma sensação engraçada imaginar que o chipset de um celular está presente num drone que pode estar escaneando a superfície de outro planeta neste exato instante. Estes periféricos se unem aos dois microfones – um comercial e outro feito pela própria NASA – para mostrar ao público um pouco da visão da Perseverance. O microfone é especialmente interessante porque dá a oportunidade aos fãs do espaço sideral que possuam algum problema de visão aproveitar tanto quanto quem consegue enxergar.

Onde assistir ao vídeo do pouso da Perseverance?

Ora, não é necessário ir muito longe, basta ver aqui mesmo, logo abaixo, o vídeo do pouso da Perseverance. Aos mais questionadores, aquele pedaço de metal que parece um chapéu de camponês japonês (ali ao longo dos 30 segundos de vídeo) é o escudo protetor sendo descartado após proteger a Perseverance.

Já para quem quiser ver os arredores da cratera onde ocorreu o pouso da Perseverance, basta dar uma olhada no vídeo seguinte, que apresenta uma visão em 360º interativa e em qualidade 4K.

E, por último, aos que desejarem ouvir uma ventania em Marte, basta dar uma olhada no Soundcloud disponibilizado pela NASA. Nesse aqui, não há os sons feitos pela própria Perseverance, mas no mesmo perfil, você pode encontrar o arquivo com eles, caso queira.

Bônus: Galeria de imagens capturadas pela Perseverance

  • Vídeo da nasa mostra pouso da perseverance em marte. Graças à nasa, que liberou o vídeo do pouso da perseverance em marte, você não precisa ser um astronauta para ver de perto como é o planeta vermelho
  • Vídeo da nasa mostra pouso da perseverance em marte. Graças à nasa, que liberou o vídeo do pouso da perseverance em marte, você não precisa ser um astronauta para ver de perto como é o planeta vermelho
  • Vídeo da nasa mostra pouso da perseverance em marte. Graças à nasa, que liberou o vídeo do pouso da perseverance em marte, você não precisa ser um astronauta para ver de perto como é o planeta vermelho
  • Vídeo da nasa mostra pouso da perseverance em marte. Graças à nasa, que liberou o vídeo do pouso da perseverance em marte, você não precisa ser um astronauta para ver de perto como é o planeta vermelho
  • Vídeo da nasa mostra pouso da perseverance em marte. Graças à nasa, que liberou o vídeo do pouso da perseverance em marte, você não precisa ser um astronauta para ver de perto como é o planeta vermelho
  • Vídeo da nasa mostra pouso da perseverance em marte. Graças à nasa, que liberou o vídeo do pouso da perseverance em marte, você não precisa ser um astronauta para ver de perto como é o planeta vermelho
  • Vídeo da nasa mostra pouso da perseverance em marte. Graças à nasa, que liberou o vídeo do pouso da perseverance em marte, você não precisa ser um astronauta para ver de perto como é o planeta vermelho
  • Vídeo da nasa mostra pouso da perseverance em marte. Graças à nasa, que liberou o vídeo do pouso da perseverance em marte, você não precisa ser um astronauta para ver de perto como é o planeta vermelho
  • Vídeo da nasa mostra pouso da perseverance em marte. Graças à nasa, que liberou o vídeo do pouso da perseverance em marte, você não precisa ser um astronauta para ver de perto como é o planeta vermelho

Veja também a matéria de quando o rover espacial da NASA chegou ao planeta vermelho.

Fontes: NASA 1 | NASA 2 | NASA 3 | NASA 4 | The Verge | PC Mag

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário