Depois de 32 anos, Microsoft anuncia o fim do Paint

FIm do paint tela
Presente desde a primeira versão do Windows o Paint está em seus últimos dias. Isso porque a Microsoft anunciou que a próxima atualização do Windows 10 o aplicativo será descontinuado.

Fim do paint

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira oficialmente que a era do Paint está no fim. Uma notícia que pegou a todos de surpresa. Segundo a empresa, o aplicativo Paint, presente no Windows desde suas versões mais antigas, “não estará em desenvolvimento ativo e poderá ser removido em versões futuras”.

O fim do Paint já estava previsto. Em abril, a Microsoft lançou a atualização do Windows 10 para criadores de conteúdo. E, nessa versão, a empresa deu uma repaginada no software, o que foi chamado de Paint 3D, que possui ferramentas para edição de imagens em 3D. Com isso, a versão original do sistema ficou em segundo plano.

A nova versão não é uma atualização do software existente, e sim um novo aplicativo. A ideia da empresa é conseguir realizar uma maior interação com canetas stylus e desenhos feitos à mão em telas touchscreens, inclusive nos celulares.

Famoso pelo seu uso pártico e fácil, o aplicativo foi lançado em 1985 com o nome de Paintbrush, para realizar desenhos monocromáticos, com resolução de 1-bit. O aplicativo vem sendo atualizado desde o Windows 1.0. Para o Windows 10, o aplicativo ganhou a possibilidade de desenho em três dimensões, mas a interface não foi alterada, sendo a mesma desde o Windows 7.

A Microsoft informou que, até o ano passado, cerca de 100 milhões de pessoas utilizavam o app por mês.

Depois de 32 anos, Microsoft anuncia fim do Paint
Tela do programa Paintbrush no Windows 3.11.

Atualização não acaba só com o Paint

Em sua nova atualização para o Windows 10, a empresa anunciou que outros programas também serão descontinuados em breve, entre eles o Outlook Express, o aplicativo Reader e o Reading List. Contudo, ao contrário dos outros, o Paint não desaparecerá na próxima versão do Windows, que será lançada nos próximos meses. Ainda não há uma data para o fim do produto. Esta atualização trará, também, a possibilidade de sincronizar os dados de todos os dispositivos do usuário, mesmo que eles rodem Android ou iOS.

Posicionamento da Microsoft

Após a grande repercussão nas redes sociais, a Microsoft anunciou que, quando o Paint for retirado do Windows, ainda será possível baixar o programa pela loja de aplicativos. Afirmou, também, que várias funções do aplicativo estarão disponíveis no Paint 3D. “No futuro, o aplicativo continuará na Windows Store gratuitamente e iremos oferecer atualizações e experiências para o Paint 3D”, segundo nota divulgada pela Microsoft.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta

Receba notícias por e-mail