Cão-robô em Marte auxilia NASA a explorar o planeta vermelho

Cão-robô em marte auxilia nasa a explorar o planeta vermelho. Nasa e boston dynamics desenvolvem o au-spot, que será o cão-robô em marte, para explorar a superfície do planeta vermelho
NASA e Boston Dynamics desenvolvem o Au-Spot, que será o cão-robô em Marte, para explorar a superfície do planeta vermelho

Em breve, cães estarão vagando pela superfície do planeta Marte. Bem, na verdade “cães-robôs”. Atualmente, cientistas da NASA/JPL Caltech estão trabalhando no desenvolvimento de “Mars Dogs”, que são cães-robôs configurados para navegar autonomamente pelo terreno acidentado e cavernas subterrâneas do Planeta Vermelho. A equipe apresentou seu plano virtualmente nessa segunda (14/12) na edição anual da American Geophysical Union (AGU).

Um cão-robô em Marte

Esses “Mars Dogs” irão operar da mesma forma que os rovers (robôs exploratórios controlados à distância) Spirit, Opportunity, Curiosity e Perseverance, mas serão capazes de fazer muito mais. Esses novos robôs de quatro patas serão muito mais ágeis e virão equipados com sensores que os avisarão quando houver obstáculos no caminho, além de serem capazes de selecionar caminhos específicos e criar mapas virtuais de túneis e cavernas subterrâneas, conforme disseram os cientistas.

O melhor de tudo é que esses cães robóticos serão capazes de se levantar caso caiam no terreno complicado de Marte — algo que os robôs atuais não são capazes de fazer. Mas, e como será o cão-robô da NASA/JPL Caltech? Bem, não é outro senão o famoso cão-robô da Boston Dynamics, o Spot. Para este projeto, o Spot será modificado e se chamará “Au-Spot”, como disseram os cientistas da AGU.

Spot, o cão-robô em marte da boston dynamics
O Spot, da Boston Dynamics, será um cão-robô em Marte utilizado para a exploração da superfície do planeta vermelho

O Au-Spot foi equipado com sensores em rede e software específico para circular com segurança pelo Planeta Vermelho. No momento, o cão robô de Marte está sendo testado pela equipe para passar por uma série de diferentes percursos de obstáculos na Terra. Suas tarefas de treinamento consistem em passar por túneis, subir escadas e rampas e em locais que lembram a superfície e o subsolo de Marte.

Adicionar esses robôs caninos em Marte pode revolucionar a pesquisa do planeta. Porém, ainda não há uma data específica para o lançamento do Au-Spot. A NASA está estudando a possibilidade de usar um cão-robô como Spot para suas missões a Marte, pelo menos desde 2018. Agora, esse sonho pode se tornar realidade.

Fonte: Interesting Engineering

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário