CES 2019: Ford mostra sistema inteligente com carros ‘conectados’

Conferência Ford CES 2019
Montadora mostrou na CES 2019 o início do seu projeto com carros que "conversam" entre si e com a cidade ao redor, tecnologia ganha nome de C-V2X.

A Ford demonstrou o início do seu projeto ambicioso na CES 2019. Nova tecnologia ganha codenome de C-V2X (algo como comunicação veículo com tudo), com carros inteligentes e conectados por nuvem com cidades, celulares e outros carros. A empresa espera que a partir de 2022, todos seus carros já saiam de fábrica com a novidade embarcada. 

A C-V2X foi planejada para operar com a rede de celular 5G, que está avançando rapidamente. Ela irá permitir a comunicação direta entre os dispositivos conectados. E também acessa outros sistemas de assistência ao motorista, como sensores de radar ou câmeras da cidade, que usam processos computacionais similares. As comunicações C-V2X indiretas (do veículo para a rede e todo o resto) são o próximo passo na evolução dos carros autônomos conectados e estarão disponíveis em breve.

A novidade permitirá no futuro que carros autônomos conversem entre si e aprendam muitas das situações do dia a dia nas cidades. Como por exemplo o trânsito, quanto tempo leva os fários daquele trajeto, se a esposa vindo de trem chegará mais cedo em casa do que o usuário dentro do carro ou se há alguma ambulância por perto para indicar o atendimento daquele acidente que você acabou de passar. 

Novidade da Ford na CES 2019
Carros se conectam com a cidade, celular e até outros carros

 Para criar uma rede de transporte abrangente capaz de conectar as diferentes opções de mobilidade, a Autonomic criou a plataforma chamada Nuvem de Mobilidade do Transporte (Transportation Mobility Cloud). Ela gerencia o fluxo de informações e as transações básicas do ecossistema formado por provedores de serviço, veículos pessoais, bicicletas, pedestres, sistemas de transporte de massa e infraestrutura das cidades, incluindo semáforos e vagas de estacionamento.

Leia também:

“É preciso um ambiente normativo propício para a implementação da C-V2X, por isso trabalhamos tanto com a indústria como com órgãos governamentais para criar um ambiente de tecnologia neutro. Essa tecnologia só atingirá todo o seu potencial se muitos veículos e a infraestrutura viária a utilizarem. É por isso que estamos convidando outras montadoras, operadores de infraestrutura e rodovias, bem como agências governamentais, a trabalhar conosco para acelerar o avanço da C-V2X”, destaca Don Butler.

A Qualcomm é parceira da Ford para implementação dos spots da C-V2X por toda Las Vegas. A cidade será a primeira do mundo a testar o sistema. A empresa informou ainda que continua expandindo no mercado americano a atuação das Scooters elétricas Spin, startup comprada em 2018 pela companhia.


“Considerando o grande número de serviços oferecidos atualmente – desde caronas compartilhadas e transporte público até programas de compartilhamento de bicicletas e scooters –, construir tal ecossistema não é tarefa para só uma companhia”, diz Marcy Klevorn, presidente da Ford Mobility. “É preciso estar aberto a novas ideias, experimentos e colaborações. Por isso estamos comprometidos em trabalhar com diferentes parceiros para realmente melhorar a maneira como as pessoas rodam nas nossas cidades.”

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta