Facebook Messenger agora aceita pagamento em grupo

Group payments messenger
Dividir uma conta no bar ou em restaurante nunca foi tão fácil
Facebook messenger agora aceita pagamento em grupo
Agora o Messenger aceita pagamento em grupo

Desde 2015, o Facebook permite transações de pessoa-para-pessoa no Messenger, mas a função estava limitada justamente a duas pessoas ao mesmo tempo. Agora, a empresa anunciou que está expandido seu pagamento pelo app de mensagens para grupos.

A novidade é excelente para quem quer dividir a conta na mesa do bar ou em um restaurante. Para usar a função, é só abrir uma conversa ou começar uma outra e procurar pelo símbolo do dinheiro ($). Então é possível escolher para quem mandar o dinheiro ou para quem cobrar.

Você pode tanto selecionar todas as pessoas do grupo ou apenas algumas. No app, dá até para dividir a conta igualmente ou em determinados valores, o que parece ser realmente bem prático para situações em que você sai para comer com os amigos.

O usuário pode especificar o motivo do pedido (conta, presente, corrida, etc). A mensagem aparecerá no chat mostrando quem pagou e quanto foi a quantia.

Pagamento móvel via Facebook

Infelizmente, a função está disponível apenas nos Estados Unidos e não tem data para chegar ao Brasil. A ferramenta de pagamento em grupos vai ser liberada a princípio para Android, mas, por enquanto, o único método de fazer esses pagamentos é pelo desktop (o que, para mim, parece bem estranho).

Em breve, a novidade deve chegar também para iOS.

No Brasil, o Samsung Pay é o primeiro serviço de pagamento móvel sem cartão, mesmo ainda a empresa não dando suporte a todos os maiores bancos do país.. A Apple, por outro lado, não conseguiu estrear o Apple Pay nem na Itália e na Alemanha ainda. Enquanto aplicativos testam pagamentos em seus produtos, como o Snapchat faz, basta esperar para ver se as empresas têm interesse de lançar a função por aqui ou se vai ser algo apenas nos Estados Unidos e Europa.

Quando a novidade do Facebook Messenger estiver disponível no Brasil, nós traremos a informação para você.

 

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário