Game of Thrones: após a Batalha de Winterfell, o que vai acontecer no 4º episódio?

Johan Philip Asbæk como Euron Greyjoy e Lena Headey como Cersei Lannister em Game of Thrones.
Agora que o inverno já foi embora, o que vai acontecer nos próximos episódios que irão encerrar Game of Thrones?

No último domingo (28), foi exibida a esperada luta entre os caminhantes brancos e nossos heróis de Game of Thrones: a Batalha de Winterfell. Com o título de The Long Night, o episódio de 1h20min, o mais longo da série e também a cena de batalha mais longa da televisão, quebrou recordes de audiência desta temporada: mais de 17,8 milhões de pessoas assistiram à luta contra o Rei da Noite, de acordo com o Entertainment Weekly.

*ATENÇÃO: CONTÉM SPOILERS DA OITAVA TEMPORADA DE GAME OF THRONES*

Depois de um episódio com gosto de despedida, o terceiro com a Batalha foi de tirar o fôlego e deixou os espectadores tensos até a cena final em que Arya Stark (Maisie Williams) mata o Rei da Noite. Antes disso, alguns dos personagens da série morreram em finais dignos envolvendo hordas de mortos-vivos, gigantes zumbis e o próprio Rei da Noite.

Mas e agora? O que vai acontecer? A maior ameaça se foi – ou é pelo menos o que estamos pensando. Confira o que deve acontecer no quarto episódio da oitava temporada. Mas antes, o terceiro episódio da oitava temporada deixou algumas dúvidas, as quais reunimos neste texto com direito à declarações e detalhes das cenas principais da Batalha de Winterfell, contados pelo próprio elenco.

O Rei da Noite no terceiro episódio da oitava temporada de Game of Thrones.
O Rei da Noite no terceiro episódio da oitava temporada de Game of Thrones

Relembrando a maior batalha de Game of Thrones

O episódio que mostra a luta dos vivos contra os mortos foi exibido no último domingo (28). Com 82 minutos, o episódio mais longo da temporada (e da história da série) mostrou a batalha épica contra o Rei da Noite e seu exército de caminhantes brancos. Além, claro, de Viserion, que se tornou o dragão de gelo.

O episódio teve mortes doídas, mas não a que esperávamos – talvez os personagens principais ainda tenham os dias contados, como bem aprendemos em uma série que matou o considerado protagonista logo na primeira temporada.

O terceiro episódio, inclusive, é dirgido por Miguel Sapochnik, que também dirigiu o episódio da Batalha dos Bastardos, o qual lhe rendeu um Emmy, o prêmio mais prestigioso da televisão.

Game of Thrones: após a Batalha de Winterfell, o que vai acontecer no 4º episódio? 6

Ainda não superamos o que aconteceu no último episódio (e nem acho que irei superar tão cedo), mas vamos lá: o que aconteceu no terceiro episódio da oitava temporada de Game of Thrones, na temida e esperada Batalha de Winterfell?

Por que a Batalha de Winterfell foi tão escura?

Mas primeiro, vamos acabar com uma dúvida: por que o episódio foi tão escuro? Quem assistiu ao novo episódio da oitava temporada de Game of Thrones percebeu que, em alguns momentos, não era possível ver quase nada por causa da escuridão e da confusão. Nas redes sociais, vários fãs reclamaram que não conseguiam ver o que estava acontecendo.

Fabian Wagner, o diretor de fotografia do episódio, disse ao Wired que o problema não é da equipe de produção, mas sim das definições da televisão de quem assistiu ao episódio: “Muitas pessoas não sabem como definir as configurações de suas televisões do jeito certo. Infelizmente, muita gente assiste em pequenos iPads, que não fazem justiça para uma série como essa.

Mas não, não foi apenas sua TV que estava com a configuração errada. Se você tentou assistir ao episódio novo de Game of Thrones com as luzes acesas e a luminosidade da tela no talo, o erro também foi seu. O episódio foi feito para ser escuro e confuso:

“Eles (os criadores da série) decidiram que esse episódio seria bem escuro. Nós vimos tantas cenas de batalhas durante os anos… para fazer uma realmente impactante e para cuidar dos personagens, você tem que encontrar um jeito único de contar essa história.”

Fabian Wagner, diretor de fotografia do terceiro episódio da oitava temporada de Game of Thrones

O contribuiu para que o episódio fosse tão escuro é porque as cenas foram gravadas durante a noite. Então se você percebeu algum personagem tremendo de frio, provavelmente é porque ele estava congelando na noite fria da Irlanda.

A escolha de fazer a Batalha escura e confusa também foi para que o espectador sentisse o efeito emocional das cenas: “Pessoalmente, eu não tenho que ver sempre o que está acontecendo. É mais sobre o impacto emocional. Qualquer outro olhar teria sido errado, nós mostramos tudo o que queríamos mostrar.

Se você ainda acha que perdeu bastante coisa por causa da escuridão, o diretor de fotografia de uma dica de ouro para você rever o novo episódio antes do quarto ir ao ar:

Game of Thrones é uma série cinematográfica. Por isso, você precisa assistir como se você estivesse vendo um filme no cinema, em uma cela escura com apenas a luz da tela. Se você ver o episódio três em um lugar com luz, isso não vai te ajudar em nada.

Fabian Wagner, diretor de fotografia do terceiro episódio da oitava temporada de Game of Thrones

Descansem em paz, Dothraki

O primeiro passo da batalha foi quando Melisandre retornou para Westeros. Ela então incendiou as espadas dos dothraki que formavam a linha de frente. Sor Jorah comandou os homens para avançarem, mas permaneceu atrás. Por isso, ele foi o único a retornar.

Game of Thrones: após a Batalha de Winterfell, o que vai acontecer no 4º episódio? 7

E assim morreu o exército dothraki. Sem vermos, apenas para mostrar que seria preciso muito mais para deter o exército do Rei da Noite, que exterminou em um piscar de olhos silencioso os guerreiros mais temidos de pra lá do Mar Estreito.

O grande momento de Lyanna Mormont

Após o patrulheiro Edd, a outra grande morte que recebeu destaque na tela foi a de Lyanna Mormont. E, honestamente, estou sofrendo com ela até agora. Mas o fim da Lady da Ilha dos Ursos foi a mais digna que ela poderia ter tido: Lyanna morreu ao ser esmagada por um gigante após matá-lo com uma adaga no olho.

Ela morreu salvando os homens que juraram lutar por ela, apenas aos 12 anos de idade. Será que ela teria se tornado mais forte que Arya Stark se continuasse na série. A atriz de 16 anos Bella Ramsey, que interpretou a nortenha de língua afiada, disse que se for pra morrer em Game of Thrones, levando um gigante com você “não é um jeito ruim de morrer”.

Game of Thrones: após a Batalha de Winterfell, o que vai acontecer no 4º episódio? 8

Em entrevista para a Variety, ela detalhes sobre como foi gravar a cena: “Eu estava numa garra mecânica, tipo um robô, programada para fazer uns movimentos me balançando. Eu tive que simular ser levantada por um gigante, então isso foi intenso. (…) Eu estava uns 7 metros do chão e com vidro do dragão na mão. O olho do gigante, na verdade, era uma bola verde.”

Embora nós tenhamos ficado tristes com o fim de Lyanna Mormont, Bella Ramsey gostou do jeito que a trajetória da personagem acabou, como disse em entrevista ao Entertainment Weekly: “Eu queria terminar ou no Trono de Ferro ou ter uma morte muito boa. Então estou feliz.

O fim do Rei da Noite

Theon Greyjoy se sacrificou ao tentar impedir o Rei da Noite de atacar Bran, mas ele foi morto pelo caminhante branco com a própria lança. No meio tempo, Sor Jorah morreu nos braços de Daenerys após salvar sua rainha de uma horda de mortos. E Beric Dondarrion, que foi revivido tantas vezes, morreu após cumprir seu propósito: impedir que Arya fosse morta.

E isso foi importante porque ela garantiu a grande morte do episódio: a do Rei da Noite, pondo fim na teoria de que ele iria ganhar e matar todos – mas a teoria de que ele reviveu os mortos da cripta de Winterfell foi confirmadíssima em um momento desesperador, já que as crianças e pessoas sem habilidades para luta estavam lá.

Em alguns segundos de pura tensão, o Rei da Noite caminha em direção à Bran, até o momento que vemos algo passando ao lado dos caminhantes brancos e o rei virando para trás para pegar Arya no ar. Ela tinha se aproximado sorrateiramente para matar o caminhante branco, mas ele interceptou a jovem Stark com uma mão no braço dela e outra no pescoço.

Game of Thrones: após a Batalha de Winterfell, o que vai acontecer no 4º episódio? 9

No entanto, ele deixou que a mão direita de Arya ficasse livre, fazendo com que ela pudesse passar a adaga de uma mão para outra e, assim, matar o Rei da Noite com vidro do dragão, resultando na morte de todos os outros mortos-vivos, que foram criados por ele, o caminhante branco original.

Em entrevista ao site Entertainment Weekly, Maisie Williams disse que teve medo que as pessoas não gostassem de quem acabou com Batalha: “Foi incrivelmente emocionante. Mas eu imediatamente pensei que todo mundo iria odiar, que a Arya não merece isso. E quando eu contei pro meu namorado, ele falou tipo, ‘hmmmm, mas deveria ser o Jon, não deveria?‘”

Diferente do namorado da Maisie Williams, os fãs adoraram que o responsável pelo fim do Rei da Noite foi Arya. Nesse momento, Game of Thrones nos fez gritar mais do que em final de Copa do Mundo. Afinal, Arya foi a que mais treinou para isso: “Tudo volta para esse único momento. É tão inesperado e é isso que essa série faz. Então eu fiquei tipo, ‘vai se ferrar, Jon, eu cuido disso’.

Game of Thrones: após a Batalha de Winterfell, o que vai acontecer no 4º episódio? 10

Já o ator que fez o Rei da Noite, Vladimír Furdík disse em entrevista ao
The Daily Beast que ele não ficou surpreso com a decisão de quem mataria seu personagem: “Eu acho que foi uma boa decisão. Porque ninguém estava esperando que fosse Arya. Talvez dez minutos antes da Arya pular no Rei da Noite… não sabemos onde ela está. Nós vemos Jon Snow e outros atores, mas não sabemos onde ela está. Talvez alguém tenha conseguido prever isso, mas eu acho que foi uma decisão. Foi a melhor.

Quem morreu?

Lembrando que com certeza iremos rever Jon Snow, Daenerys, Arya, Bran, Sansa, Davos, Brienne, Jaime, Tyrion e Verme Cinzento nos próximos episódios. Por enquanto, pelo menos, eles continuarão na história.

Mas vamos repassar a lista de mortos: o primeiro a morrer foi o patrulheiro Edd, morto por um dos caminhantes brancos ao defender Sam no meio da batalha. Depois foi a vez de Theon Greyjoy, que conseguiu se redimir ao derrotar uma horda enorme de caminhantes brancos para proteger  Bran, que diz: “Theon, você é um bom homem. Obrigado”.

Quem também teve uma morte honrosa foi Jorah Mormont. Ele, que começou a série sendo contratado para espionar Daenerys para depois se apaixonar e lutar por ela, morreu defendendo sua rainha.

Game of Thrones: após a Batalha de Winterfell, o que vai acontecer no 4º episódio? 11

A prima dele, Lyanna Mormont, também teve uma morte grandiosa: a garota foi esmagada por um gigante, mas também matou o gigante com uma adaga no olho dele. Aí acabou a Casa Mormont.

Beric Dondarrion, que foi ressuscitado várias vezes pelo deus vermelho R’hollor, morreu ao salvar Cão de Caça e Arya Stark dos caminhantes brancos. De acordo com Melisandre, ele tinha sido ressuscitado todas aquelas vezes para cumprir seu propósito ali.

A última morte aconteceu no final do episódio, quando Melisandre, após cumprir seu propósito na Batalha e na luta contra a noite que é escura e cheia de terrores, tira a pedra que conservava sua juventude e envelhece até a morte.

Game of Thrones: após a Batalha de Winterfell, o que vai acontecer no 4º episódio? 12

Em entrevista ao site Entertainment Weekly, a atriz Carice Van Houten, que interpretou a sacerdotisa, falou sobre o momento final:

Eu estava um pouco abalada. Eu gosto que nós finalmente vimos o que a fez voltar, e esse é o fim da jornada dela. ‘Eu posso ir agora, meu trabalho acabou’ – sem ser muito dramática. É uma vida de centenas de anos que chegou ao fim. (…) Eu realmente gostei do jeito que eles terminaram a minha personagem. Ela realmente salva o dia, então é um tipo de heroína no final, então isso é legal.

Carice Van Houten, atriz que interpreta Melisandre

E agora? O que vai acontecer no quarto episódio?

O Rei da Noite morreu. Mas isso não quer dizer que o pior já passou para os heróis: Isaac Hempestead-Wright, que interpreta o Bran, disse que não há nada que ele possa dizer para nos “prepara para o que vai acontecer”.

Game of Thrones: após a Batalha de Winterfell, o que vai acontecer no 4º episódio? 13

Emilia Clarke falou para os fãs se prepararem para os próximos episódios da nova temporada de Game of Thrones: “[Os próximos episódios] vão ser loucos. O quinto é maior. O quinto é aaaaaaa. O quarto, o quinto e o sexto são insanos, mas… encontre a maior televisão possível para assistir.

Já Kit Harington adiantou que o quarto episódio é o seu favorito: “É o meu favorito porque os personagens aparentemente conseguiram o que eles precisavam. O mundo está salvo agora. Eles estão celebrando e dizendo adeus para os amigos que perderam [na batalha]. Mas tem algo vindo. Tem alo perverso e inconfortável sobre isso. É tão Shakesperiano.

Game of Thrones: após a Batalha de Winterfell, o que vai acontecer no 4º episódio? 14

Na prévia, podemos sentir que, agora que o Rei da Noite morreu, a verdadeira batalha pelo Trono de Ferro recomeça. Ficamos focados no Norte esse tempo todo, mas o que Cersei andou aprontando com Euron Greyjoy?

Game of Thrones: após a Batalha de Winterfell, o que vai acontecer no 4º episódio? 15

Nas imagens, podemos ver que, além de um momento emocionante em que os personagens queimam seus mortos em várias piras funerárias, temos a frota Targaryen atracando pela primeira vez em Porto Real desde que Jaime Lannister matou Aerys, o Louco.

O pior realmente passou? As prévias indicam que não. Afinal, chegamos na metade da oitava e última temporada de Game of Thrones. Podemos ter certeza que algo grande está vindo. Agora, os episódios finais a séria vão ao ar nos 5, 12 e 19 de maio, respectivamente. Confira a prévia do quarto episódio:

1 Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta