Entenda os novos limites do google drive e google fotos. A partir de 1º de junho, os novos limites do google drive e google fotos serão implantados; usuários do google workspace terão a mudança em 1º de fevereiro de 2022

Entenda os novos limites do Google Drive e Google Fotos

Avatar of luís antônio costa
A partir de 1º de junho, os novos limites do Google Drive e Google Fotos serão implantados; usuários do Google Workspace terão a mudança em 1º de fevereiro de 2022

Recentemente, o Google anunciou uma série de mudanças em sua oferta de armazenamento em nuvem que poderia levar a capacidade alocada dos usuários ao seu limite. De acordo com os novos limites do Google Drive e Google Fotos, quaisquer novas imagens e vídeos de alta qualidade em breve contarão para a alocação de armazenamento padrão de 15 GB, e o mesmo acontecerá com os novos arquivos do Documentos, Planilhas e Apresentações. Porém, o Google agora decidiu atrasar um pouco os procedimentos, dando a certos usuários mais tempo para tomar as providências necessárias.

Os novos limites do Google Drive e Google Fotos

O Google estendeu o prazo até 1º de junho de 2021 para que o conteúdo multimídia de alta qualidade permaneça no Google Fotos e não conte para o armazenamento geral da conta Google. Além disso, os clientes Google Workspace (serviço pago para empresas, com planos a partir de R$ 29,56 mensais) agora terão até 1º de fevereiro de 2022 antes que os arquivos de software de escritório comecem a contar para a capacidade de armazenamento de cada usuário.

A empresa também anunciou que lançará novas ferramentas para os administradores para ajudar a identificar como seu armazenamento está sendo usado, o que deve permitir que eles visem quaisquer áreas problemáticas antes que as novas mudanças entrem em vigor. Dessa forma, todos os usuários poderão verificar com cuidado quais arquivos estão ocupando mais espaço, quais podem ser arquivados ou deletados e também sugestões do Google para adquirir mais armazenamento (com o Google One) de acordo com a necessidade de cada usuário.

Infelizmente, o prazo estendido dos clientes do Google Workspace não se aplicará aos muitos milhões de contas gratuitas do Google (mais de 4 milhões de GB sendo adicionados diariamente ao Gmail, Drive e Fotos), cujos titulares precisarão seguir o cronograma original estabelecido no ano passado. Para esses usuários, todos os arquivos mencionados acima começarão a ser contabilizados em seu limite de armazenamento a partir de 1º de junho.

Porém, vale ressaltar que somente as fotos adicionadas após essa data no formato de “Alta qualidade” serão inclusas nessa nova política. Ou seja, se você tem vários vídeos e fotos de viagens e momentos importantes guardados no Google Fotos, pode ficar tranquilo porque todos os seus arquivos de antes de 1º de junho de 2021 estarão seguros e não contarão no armazenamento geral da conta.

Entenda os novos limites do google drive e google fotos. A partir de 1º de junho, os novos limites do google drive e google fotos serão implantados; usuários do google workspace terão a mudança em 1º de fevereiro de 2022
A partir do dia 1º de junho serão implantados os novos limites do Google Drive

Como parte da mesma reformulação da política, o Google também começará a excluir arquivos anexados a contas inativas, bem como aqueles que excederam seu limite de armazenamento.

Dessa forma, se um determinado aplicativo do Google não for usado pelo usuário por mais de 24 meses, o Google diz que pode excluir os arquivos associados a esse produto. Além disso, se uma conta Google violou seu limite de armazenamento por dois anos consecutivos, a empresa pode excluir conteúdo do Gmail, Drive e Fotos. No entanto, o Google enfatizou que os usuários serão notificados várias vezes e terão “ampla oportunidade” de agir antes que qualquer arquivo seja excluído.

Google one
O Google One é uma opção de armazenamento pago do Google que pode aumentar sua capacidade para até 30 TB

Qualquer pessoa que descobrir que atingiu o limite de 15 GB poderá se inscrever em uma conta do Google One para comprar mais espaço de armazenamento, caso queira manter seus arquivos. Os preços começam em R$ 6,99 por mês para 100 GB adicionais (o serviço oferece planos de até 30 TB de armazenamento). Além do espaço maior, outro benefício do Google One é a possibilidade de compartilhar seu armazenamento com membros da família.

Além disso, vale lembrar que ainda existem alternativas de armazenamento fora da nuvem em mídias físicas como disco rígidos externos, SSDs portáteis ou unidades USB de alta capacidade.

Fonte: TechRadar, Google Blog

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
38
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados