REVIEW: Apple Watch Series 3, o wearable do momento

REVIEW: Apple Watch Series 3, o wearable do momento
Confira a análise completa do Apple Watch Series 3, o relógio inteligente da Apple que chega ao Brasil apenas na versão GPS, a partir de R$ 2.599.

O Apple Watch Series 3 é o modelo mais recente de relógio inteligente da Apple. Apresentado em setembro de 2017 nos Estados Unidos, ele chegou ao Brasil na metade de novembro. Com um preço competitivo e sem um dos grandes chamarizes do relógio no exterior – a conexão à rede 4G/LTE – o modelo comercializado no país tem apenas conexão GPS e precisa estar sincronizado com um iPhone para funcionar 100%.

Depois de dois meses de testes com o Apple Watch Series 3 de 42 mm cedido pela Apple, trazemos a análise completa dele. Confira!

Que Apple Watch é esse?

watchs3 launch georgestreet sydney closeup - REVIEW: Apple Watch Series 3, o wearable do momento

Desde que foi lançado em 2015, o relógio inteligente da Maçã não sofreu mudanças visuais. O modelo de alumínio – único vendido no Brasil – segue à risca o modelo original, com uma pequena diferença: saídas para ejetar a água e “dois buraquinhos” do microfone no canto esquerdo.

Na questão do design, o smartwatch da Apple não é um relógio convencional, já que ele é um bloquinho de 38 ou 42 mm com os cantos arredondados e uma tela OLED. Assim como os diversos produtos da empresa de Cupertino, é fácil distinguí-lo de outros relógios inteligentes, mas é difícil (impossível) saber se no pulso da pessoa é um Apple Watch Series 3, 2, 1 ou original.

A grande sacada da Apple, para mim, são as pulseiras, os itens que realmente trazem um ar único para o wearable e dão a personalidade do usuário. Atualmente, são três cores da “caixa” do relógio: prateado, cinza espacial e dourado (no mesmo estilo do iPhone 8), já as pulseiras podem ser de trama de nylon, silicone ou couro, com uma infinidade de escolhas e cores, que são renovadas a cada estação.

watch2 - REVIEW: Apple Watch Series 3, o wearable do momento

O interessante do Apple Watch é que ele serve desde ao “paizão que quer ver as notificações no pulso”, o “jovenzinho geek descolado” a uma empresária que usa o relógio em diversas situações do dia.

A verdade é que Apple consegue com uma única caixa transformar o relógio em diferentes estilos graças as diversas pulseiras e coleções. E já que ele não muda de design desde sempre, se você é dono de um relógio original da Maçã poderá aproveitar todas as suas pulseiras atuais no Series 3.

Como é o uso do Apple Watch?

watchs3 launch palo alto watchs3 call listen - REVIEW: Apple Watch Series 3, o wearable do momento

Já na terceira versão, o Apple Watch Series 3 é o primeiro a entregar uma experiência rápida, suave e que traz praticidade quando o usuário precisa dar uma olhada no horário ou nas notificações.

Com um processador dual-core S3, 70% mais rápido do que a geração passada, e o novo chip W2 da Apple, que promete maior estabilidade na conexão bluetooth e Wi-Fi, este é o Apple Watch que você pode finalmente dizer “vou comprar”.

Não que tenha algo de errado com o relógio original ou a versão seguinte, mas o Series 3 é rápido o suficiente para atender a sua demanda instantaneamente.

Diferente do iPhone, que foi feito para longas interações, o relógio não. Ele vibra, você olha. Quer chamar um Uber? Pede para a Siri. Quer começar um exercício? Dá três toques e pode começar a correr.

watch series 3 walking wristshot - REVIEW: Apple Watch Series 3, o wearable do momento

Graças ao novo processador, as interações citadas acima acontecem praticamente de maneira instantânea. Quanto ao meu uso pessoal, o relógio serve para ver as notificações do iPhone quando estou longe do celular, responder mensagens e ainda me ajudar a manter os três círculos de atividades completos.

Uma das coisas mais interessantes do relógio é que mesmo que você não o use para ser fitness, ainda assim ele vai te ajudar a manter um mínimo de movimento: seja para esticar um pouco as pernas, respirar após uma atividade estressante ou até te motivar a se exercitar pelo menos 30 minutos ao dia.

Leia mais:

Vale a pena comprar um Apple Watch em 2018?

Para economizar bateria, o Watch fica com a tela OLED desligada o tempo todo, ao menos que você levante o pulso ou toque na tela. Mesmo com o sol contra o relógio, graças ao seu brilho de 1000 nits, é muito fácil enxergar uma notificação, horário ou evento.

Uma coisa que acontece seja jogando Pokémon GO ou após terminar um exercício é que você consegue ter todas as informações desse exercício, seja pela distância caminhada, calorias gastas e como estavam os seus batimentos cardíacos.

O Apple Watch Series 3 também “inaugura” novos sensores, como o altímetro barômetro, que consegue dizer quando você está subindo ou descendo uma escada, o que também ajuda para a inclusão de novos exercícios reconhecidos pela Apple no novo relógio.

watchOS 4: fácil assim?

watchs3 launch iphone pairing 5th ave nyc - REVIEW: Apple Watch Series 3, o wearable do momento

Confesso que essa foi a primeira vez que usei um Apple Watch por tanto tempo e, diferente do Mac, iPhone ou Apple TV, não achei tão simples assim como o aparelho funciona.

Primeiro é necessário descobrir a Watch Face mais indicada para você. No meu caso, preferi por muito tempo usar a da Siri, que traz os próximos eventos, horário, fotos marcantes, e a música que estou ouvindo no momento. Depois de um mês decidi passar para frente e usar um relógio mais tradicional, que se chama “Utilitário”, com o horário analógico, temperatura, ícone de música e a data.

São diversas as customizações, apesar de que desenvolvedores não podem criar novas, apenas a Apple. Se você gosta de se exercitar, algo mais mínimo ou até mais bonitinho, como os personagens de Toy Story, é possível encontrar no relógio da Maçã.

Uma coisa interessante é que você pode fazer todas essas customizações pelo iPhone. Os três apps essenciais são: Watch, Exercícios e Saúde, para customizar o relógio, ver como você está cumprindo as metas e o funcionamento do seu corpo ao longo do dia.

watch4 - REVIEW: Apple Watch Series 3, o wearable do momento

Como disse acima, após se acostumar com o relógio, é uma experiência muito fluida, mas durante as primeiras semanas, eu acabava me perdendo com a coroa digital, o botão lateral e as interações com o toque.

Por exemplo, eu achava que ao dar dois toque na coroa, eu automaticamente abria o preview de música que estava tocando, mas na verdade essa função abre o aplicativo anterior – que coincidia em sempre ser o Apple Music. É necessário um toque no botão lateral para abrir a tela de apps. Com três toques nele, você abre o menu de multitarefas. Em alguns casos, girar a coroa é igual a deslizar o dedo, outras vezes não.

Ao meu ver, o relógio deixa claro que é feito para poucas interações. Foram mínimas as vezes que eu abri um aplicativo que não fosse o de exercício, Pokémon GO ou Apple Music, e mesmo esses não são abertos com tanta frequência, já que o Watch, para mim, foca no horário e notificações.

Ou seja, o relógio, obviamente, varia no uso de dono para dono. Ele não vai ser tão simples de se acostumar como um iPhone, mas não é nada desesperador. Com uma semana já está tudo funcionando ok.

Muita bateria

watch 3 - REVIEW: Apple Watch Series 3, o wearable do momento

Com o Apple Watch Series 3 eu me senti sentando na janelinha do trem, pois não tive nenhum problema com a bateria – pelo contrário. Li e vi tantas vezes que os modelos anteriores mal duravam um dia inteiro, ou se você usasse durante o dia, teria que tirá-lo à noite para carregar, que eu fiquei surpreso com o Series 3 durando tranquilamente dois dias completos.

Inclusive, caso você queria arriscar, é possível ficar um terceiro dia sem carregar o relógio, colocando-o na tomada apenas de noite, para você ver que o smartwatch realmente tem uma eficiência energética ímpar. A Apple fala oficialmente em 18 horas de autonomia, mas dois dias não é exagerar.

Ou seja, se você quiser acompanhar os seus movimentos ao longo do dia e a sua noite de sono, já é possível fazer isso sem problemas.

Preço e considerações finais

watch series 3 music airpods - REVIEW: Apple Watch Series 3, o wearable do momento

O Apple Watch Series 3 chega ao Brasil por R$ 2.599 no modelo de 38 mm e R$ 2.849 no modelo de 42 mm. E como você talvez tenha percebido, a versão com LTE/4G, que permite levar o relógio para qualquer lugar sem o iPhone por perto não é comercializada no país e muito menos funciona com as operadoras nacionais.

Outros comentários muito importantes a serem feitos sobre o relógio são: este é o primeiro Watch resistente à água, até 50 metros, então você pode fazer natação ou até mesmo entrar no mar com ele, que não há problema nenhum. É claro, nesses casos, é aconselhável que você use uma pulseira de silicone para não desgastar a de couro. Depois de nadar, é só abrir a central de controles do relógio, apertar o símbolo de gota e girar a coroa digital para tirar a água de dentro do relógio. É bem bacana.

A Central de Controles traz também um “Modo Teatro” assim, melhor que o “Não perturbe”, não importa se você movimentar o braço ou olhar o relógio, que a tela não vai acender.

watch5 - REVIEW: Apple Watch Series 3, o wearable do momento

Um ponto que a Apple não comenta, mas também não é algo que vá afetar o uso diário de quem comprar o relógio, é que ele tem 8 GB de armazenamento interno. Ou seja, o Watch usa esse espaço para armazenar os seus aplicativos e se você achar de bom tom, é possível baixar algumas listas de músicas para quando você quiser conectar os AirPods diretamente no relógio inteligente da Apple.

Como citado no artigo “se vale a pena comprar o relógio inteligente da Maçã”, a resposta é sim – mesmo se você não for um atleta ou alguém preocupado em ir na academia todos os dias. O Apple Watch Series 3 mostra que a Apple tem acertado em como fazer um relógio inteligente e graças as pulseiras, ele se mostra mais que um eletrônico, mas sim um objeto pessoal e com estilo próprio.

Especificações técnicas

Modelo

  • Series 3 GPS
    • Apple Watch
      Caixa de alumínio com pulseira esportiva
    • Apple Watch Nike+
      Caixa de alumínio com pulseira esportiva Nike

Chip

  • Processador dual core mais rápido
  • Chip sem fio Apple

Características

  • GPS e GLONASS integrados
  • Altímetro barométrico
  • Resistente à água (50 metros)1
  • Sensor de frequência cardíaca
  • Acelerômetro
  • Giroscópio
  • Sensor de luz ambiente
  • Siri fala
  • Capacidade: 8 GB
  • Traseira em material composto

Conectividade

  • Wi?Fi (802.11b/g/n 2,4 GHz)
  • Bluetooth 4.2

Tela

  • Tela Retina OLED de segunda geração com Force Touch
  • Duas vezes mais brilhante (1.000 nits)
  • Vidro de Íon X (reforçado)
  • 272 x 340 pixels (38 mm)
  • 312 x 390 pixels (42 mm)

Energia e bateria

  • Bateria interna recarregável de íon de lítio
  • Até 18 horas2
  • Carregador magnético
  • Carregador USB

Dimensões

  • Alumínio – 38 mm
    • Altura: 38,6 mm
    • Largura: 33,3 mm
    • Espessura: 11,4 mm
    • Peso da caixa: 26,7 g
  • Alumínio – 42 mm
    • Altura: 42,5 mm
    • Largura: 36,4 mm
    • Espessura: 11,4 mm
    • Peso da caixa: 32,3 g
watch - REVIEW: Apple Watch Series 3, o wearable do momento

Comentários do Facebook

Receba Notícias por E-mail:

Share via