REVIEW: Apple Watch Series 5 torna o que era bom ainda melhor

Capa do review do Apple Watch Series 5
Novo Apple Watch Series 5 chega para tentar ampliar a liderança da Apple no segmento de smartwatches; confira nosso review

O smartwatch mais bem-sucedido do mercado está de volta. Em setembro de 2019, a Apple revelou o Apple Watch Series 5, quinta geração do relógio inteligente que conquistou os pulsos de milhões de usuários ao redor do mundo, e que está disponível no Brasil desde o último mês de outubro.

No geral, o Apple Watch Series 5 não trouxe grandes novidades comparado ao Series 4, mas há pelo menos um recurso que deve causar inveja nos donos das versões anteriores do relógio e convencer aqueles que a aguardavam para finalmente adquiri-lo: a tela sempre ativa.

Tela

Finalmente é possível ver a hora no Apple Watch o tempo todo, sem precisar levantar o braço, tocar na tela ou girar a Digital Crown. Outras marcas de smartwatches, é claro, fazem isso há muito tempo, mas o Apple Watch chegou lá e essa melhoria é muito bem-vinda.

Chamada pela empresa de tela Retina Sempre Ativa, o display reduz significativamente o brilho nos momentos em que o Apple Watch não está sendo utilizado, mas mantém partes do mostrador iluminadas, como os ponteiros, para que seja possível ver o horário. Ao levantar o pulso, a tela se acende e todas as informações são exibidas e atualizadas.

Maior novidade do Apple Watch Series 5, a tela Retina Sempre Ativa mantém o mostrador visível durante os exercícios.
Maior novidade do Apple Watch Series 5, a tela Retina Sempre Ativa mantém o mostrador visível durante os exercícios

As informações exibidas nos mostradores, cujo nome oficial é “complicações”, como status da bateria, previsão do tempo e calendário, são atualizadas com menor frequência enquanto a tela não está sendo utilizada.

O mesmo vale para as métricas no app Exercícios; durante uma corrida, por exemplo, são exibidos os minutos e segundos o tempo todo, mas os milissegundos apenas quando o usuário levanta o braço. Aplicativos de terceiros, contudo, são cobertos por um mostrador com a hora atual quando o usuário está com o pulso abaixado.

A Apple tomou algumas decisões para minimizar o impacto que uma tela ligada o tempo todo possui na duração da bateria. A principal delas é o uso da tecnologia LPTO aliada a um novo driver de energia e sensor de luminosidade, conforme explica o site oficial:

“A nova arquitetura de pixels com tecnologia LTPO permite que a taxa de atualização da tela diminua, passando da nitidez de 60 Hz ao consumo mínimo de 1 Hz quando o relógio estiver inativo.”

Quando o pulso do usuário está abaixado, a tecnologia LPTO (Low-temperature Polysilicone and Oxide) faz com que a tela atualize somente os pixels que exibem informações essenciais, como o horário, mantendo as demais áreas do display intocadas, o que economiza energia.

Apple Watch Series 5 Edition com a caixa em cerâmica branca.
Apple Watch Series 5 Edition com a caixa em cerâmica branca

Design

É praticamente impossível discernir o Apple Watch Series 5 do antecessor, pois o tamanho, espessura e design são idênticos.

Contudo, esse ano a Apple voltou a oferecer a linha Apple Watch Edition, produzida com materiais mais sofisticados e resistentes: cerâmica branca, usada também no Series 3, e titânio, que é uma novidade.

Os acabamentos convencionais em alumínio e aço inoxidável (dourado, prateado e cinza-espacial) continuam sendo oferecidos e pela primeira vez são fabricados com alumínio 100% reciclado, algo digno de elogio.

Assim como nos últimos anos, o Apple Watch continua resistente à água até 50 metros e pode ser usado no banho, na piscina e até no mar.

App de bússola do Apple Watch Series 5
App de bússola do Apple Watch Series 5

Outra novidade invisível, mas digna de nota, é a inclusão de uma bússola no Apple Watch Series 5. Em apps como o Mapas a bússola indica em qual direção o aparelho está apontando, facilitando a navegação. Soma-se isso ao fato da Apple ter disponibilizado (com 7 anos de atraso) a navegação ponto a ponto no Brasil e o relógio torna-se um guia urbano bastante satisfatório.

Por último, um agrado para quem gosta de carregar uma biblioteca de músicas parruda no pulso: o espaço de armazenamento do Apple Watch Series 5 agora é de 32 GB, o dobro da geração anterior.

Apple Watch Series 5 exibem os novos mostradores Meridiano e Numerais Mono
Apple Watch Series 5 exibem os novos mostradores Meridiano e Numerais Mono

Bateria

Com o Apple Watch Series 4, lançado em 2018, a Apple superou as expectativas dos usuários com uma bateria que aguentava até 2 dias longe da tomada, algo inédito para um relógio da marca até então. Contudo, uma tela sempre ligada terá necessariamente algum impacto sobre o consumo de energia e é exatamente isso que ocorre com o Apple Watch Series 5.

Enquanto com o Series 4 costuma chegar ao final do dia com aproximadamente 60% de carga disponível, o Series 5 fica entre 40% e 50%. A diferença não é gritante e o usuário tem a opção de desligar a tela sempre ativa caso valorize a duração da bateria mais que tudo, mas é bom ter em mente que o Apple Watch Series 5 deverá ir pra tomada a cada noite.

watchOS 6

O sistema operacional watchOS 6 é o que dá vida ao hardware do Apple Watch Series 5. Esse ano a atualização focou em melhorias que facilitam o uso do aparelho no dia a dia ao invés de recursos revolucionários.

Entre as principais estão os novos mostradores, uma eterna birra tanto dos donos quanto dos detratores do relógio da Apple. Não, ainda não é possível instalar mostradores desenvolvidos por terceiros no Apple Watch Series 5, mas as sete novas opções de faces, somadas às diversas existentes, oferecem alternativas suficientes para os que preferem desde designs minimalistas até a maior quantidade possível de atalhos e informações na tela.

Uma novidade bastante alardeada pela Apple, mas que ainda não faz uma grande diferença, é a chegada da App Store ao watchOS. Embora buscar e instalar aplicativos diretamente no Apple Watch sem precisar recorrer ao iPhone soe como algo interessante, na prática há poucos apps na loja que provavelmente já não estejam instalados no telefone do usuário.

Aplicativo Calculadora no watchOS 6.
Aplicativo Calculadora no watchOS 6.

A Apple também trouxe do iOS 13 para o watchOS os apps utilitários Gravador, Calculadora e o redesenhado Lembretes. Vale notar que o watchOS 6 está disponível não apenas no Apple Watch Series 5, mas também em todos os modelos do Apple Watch com exceção do original (2015).

Dentre os apps de terceiros, a falta de suporte pelo WhatsApp é a mais notável. Apesar de receber as notificações de novas mensagens, não é possível visualizar as conversas nem respondê-las diretamente pelo Apple Watch. O mesmo vale para conversas via Direct do Instagram.

Outras fontes de frustração são o aplicativo Apple Podcasts e a assistente digital Siri. No caso dos Podcasts, o download de novos episódios para o Apple Watch é feito – teoricamente – durante o período de carregamento da bateria. Mas por diversas vezes deixei o relógio carregando durante toda a noite para descobrir na manhã seguinte que nenhum podcast havia sido baixado.

Já a Siri continua sem agregar valor à experiência do usuário. Por vezes nem me lembrei de que a assistente está presente no Apple Watch, pois a dependência de conexão à internet para tarefas básicas e as limitações no uso de comandos na língua portuguesa geram muita frustração (é praticamente impossível pedir, por exemplo, uma música em inglês quando a Siri está configurada para falar e ouvir em português).

Algo inegável, contudo é o excelente desempenho do Apple Watch, graças ao casamento entre o processador S5 com o watchOS 6. O carregamento dos apps e a fluidez do sistema contribuem muito para a experiência de uso do aparelho.

Saúde e Exercícios

No campo dos cuidados com a saúde, a Apple finalmente percebeu que metade da população mundial menstrua e incluiu um novo aplicativo no watchOS 6 chamado Acompanhamento de Ciclo focado na saúde reprodutiva feminina.

Esse app permite que a mulher registre no Apple Watch o período menstrual, nível do fluxo, cólicas e outros sintomas. O aplicativo usa esses dados para fazer uma previsão de quando será a próxima menstruação ou período fértil e notifica a usuária. Uma página de suporte da Apple explica como essa previsão é calculada e alerta que o Acompanhamento de Ciclo não deve ser usado como método anticoncepcional.

Novo aplicativo para acompanhamento do ciclo menstrual.
Novo aplicativo para acompanhamento do ciclo menstrual.

A Apple garante que essas informações não são compartilhadas com terceiros e não podem ser acessadas nem mesmo pela própria Apple. Todos os dados de saúde são processados no aparelho e, caso a integração com o iCloud esteja ativada, são criptografados antes de serem enviados à empresa para armazenamento.

Para compradores do Apple Watch Series 5 com conexão 4G (GPS + Cellular), a Apple também passou a disponibilizar o serviço de ligações de emergência internacionais. Isso significa que o relógio pode ser usado para pedir ajuda em situações de emergência “na maioria dos países”, de acordo com a empresa, sem precisar estar conectado a um iPhone ou de um plano de dados ativo.

A ligação de emergência é iniciada automaticamente em caso de detecção de queda ou pode ser ativada manualmente segurando o botão lateral.

Serviços de emergência internacionais disponíveis para todos os Apple Watches com conexão 4G.
Serviços de emergência internacionais disponíveis para todos os Apple Watches com conexão 4G.

Uma grande novidade lançada no Apple Watch Series 4 e que também está presente no Series 5, mas ainda não pode ser usufruída pelos usuários brasileiros é o Eletrocardiograma (ECG). A liberação do recurso depende da aprovação das autoridades de saúde dos países em que é disponibilizada e a Apple demorou para entrar em contato com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Contudo, em dezembro de 2019 a agência brasileira confirmou ao site MacMagazine que representantes da Apple no Brasil se reuniram com a equipe técnica da Anvisa e foram informados dos requisitos para regularizar o ECG do Apple Watch Series 5 (e Series 4) no país. Se tudo der certo a função pode ser liberada ainda no primeiro semestre de 2020.

Tendências do Apple Watch Series 5
Tendências do Apple Watch Series 5

Não há muitas novidades no campo dos exercícios físicos tanto no watchOS quanto no Apple Watch este ano, mas uma adição interessante foi a seção de Tendências no aplicativo Atividade. Nas palavras da Apple, as Tendências mostram “o aumento ou diminuição das suas métricas com o passar do tempo, incluindo minutos de exercícios, velocidade ao correr e condicionamento cardiovascular. Assim, você sabe se mantém o ritmo ou se precisa mudar os hábitos”.

Preço

O preço do Apple Watch varia consideravelmente a depender do tamanho (40mm ou 44mm), material da caixa (alumínio, aço inoxidável, cerâmica ou titânio) e também da pulseira (nylon, couro, etc.) escolhidos.

Belíssimos e caríssimos: parceria da Apple com a grife Hermès segue firme com o Series 5.
Belíssimos e caríssimos: parceria da Apple com a grife Hermès segue firme com o Series 5.

Dito isso, o mínimo cobrado pela Apple por um dos novos modelos é R$ 3.999. Esse valor compra o Apple Watch Series 5 na versão GPS (sem conexão 4G), caixa de alumínio 40mm e pulseira esportiva.

A versão GPS + Cellular possui um e-SIM para conexão 4G compatível com as operadoras Vivo e Claro, mas é necessário contratar um plano de dados específico para utilizá-lo.

Conclusão

Se você tem um iPhone, não existe smartwatch melhor, pois nenhum outro é capaz de competir com tudo o que o Apple Watch faz e da forma como ele faz.

O Apple Watch Series 5 possui um ótimo sistema operacional com apps nativos ricos e a melhor biblioteca de apps de terceiros, inúmeras opções de modelos e designs, um ecossistema de acessórios, bateria competente, desempenho excelente e uma tela vibrante.

Quase tudo o que você deseja em um smartwatch (desde que você também tenha um iPhone)
Quase tudo o que você deseja em um smartwatch (desde que você também tenha um iPhone)

Existem também problemas, a começar pelo valor não muito acessível, a falta de compatibilidade com smartphones Android e algumas omissões e bugs no software (análise de sono inexistente, detecção automática de exercícios lenta, falta de suporte de alguns apps, etc.), mas os prós definitivamente superam os contras.

Para os que já possuem um Apple Watch Series 4, a atualização para o Series 5 não é urgente. A tela sempre ligada é ótima, mas dificilmente justifica um novo investimento em tão pouco tempo. Para donos de Apple Watches mais antigos porém, essa é provavelmente a atualização que vocês estavam esperando.

Gostou do Apple Watch Series 5? Ele está disponível em diversas opções por a partir de R$ 3.519 na nossa loja oficial do Showmetech no Magazine Luiza.

Apple Watch Series 5 torna o que era bom ainda melhor
  • Design - 9.5/10
    9.5/10
  • Tela - 10/10
    10/10
  • Sistema - 9/10
    9/10
  • Bateria - 9/10
    9/10
  • Preço - 9/10
    9/10
9.3/10

Considerações finais e pós e contras

Há muito o que gostar no relógio da Apple… e algumas coisas para desgostar também.

Pros

  • Tela Sempre Ativa;
  • Design com acabamentos arrojados;
  • Resistência à água até 50 metros;
  • Bússola e navegação por turnos melhoram significativamente a experiência do Mapas;
  • Aplicativos e recursos do watchOS 6;
  • Desempenho excelente.

Cons

  • Bateria menor que a geração anterior;
  • Preço inicial salgado;
  • Nada de mostradores de terceiros, por enquanto;
  • Falta de suporte pelo WhatsApp e Instagram.
Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter