REVIEW: Logitech MX Anywhere 3, o multifacetado mouse sem fio

Review: logitech mx anywhere 3, o multifacetado mouse sem fio. Com diferencial de um scroll que pode variar a resistência e atalhos customizáveis, o mx anywhere 3 agradará todos que procuram por um mouse sem fio
Com diferencial de um scroll que pode variar a resistência e atalhos customizáveis, o MX Anywhere 3 agradará todos que procuram por um mouse sem fio

Você tem um desktop principal, mas deixa seu notebook/tablet sempre à mão quando precisa de mais mobilidade? E se você tivesse um mouse que se conectasse de maneira descomplicada a estes e outros dispositivos? Digo mais: e se ele te deixasse copiar o texto de um computador para o outro? Pois essa é a proposta do mouse sem fio Logitech MX Anywhere 3. Pude testá-lo por duas semanas e te conto aqui neste review a experiência de uso no trabalho e em momentos de lazer.

Destaques e design

Moldado a partir de protótipos em argila, o MX Anywhere 3 tem perfil ergonômico e compacto, sendo similar ao MX Master 3 – mesmo que o primeiro seja menor. O nome “Anywhere“, que em tradução do inglês significa “em qualquer lugar”, existe devido a dois destaques de uso: ele é compatível com praticamente qualquer dispositivo (Android, macOS/iPadOS, Windows, Linux e ChromeOS) e em qualquer superfície (madeira, vidro, papel e plástico).

Mx anywhere 3
Ergonômico e compacto, o MX Anywhere 3 segue estilo no topo e na base.(Divulgação/Editada)

Acompanhado do dongle padrão da Logitech chamado Unifying Receiver, que possibilita a conexão de periféricos compatíveis, o mouse funciona também via Bluetooth. Falando em conexões, ele traz a porta USB-C na parte da frente para carregar a bateria (com duração de 70 dias!) e, na embalagem, temos o cabo USB-A para C.

Com cores e design despretensiosos, o mouse traz a tecnologia MagSpeed no scroll (a rodinha) – “Mag” vem de magnético. Na prática, você tem tanto a opção de rolagem infinita (como se fosse uma roda de carro em miniatura) ou a rolagem em etapas (como mouses tradicionais, provavelmente igual ao que você usa no dia-a-dia). Quem mais pode tirar vantagem deste feedback tátil é o usuário de mouses que trabalha com programas de edição ou design gráfico, onde “zoom” e navegação por linhas do tempo tornam-se essenciais para maior produtividade.

Review: logitech mx anywhere 3, o multifacetado mouse sem fio. Com diferencial de um scroll que pode variar a resistência e atalhos customizáveis, o mx anywhere 3 agradará todos que procuram por um mouse sem fio
A “rodinha” reluzente chama a atenção!

O seletor que dita a resistência fica logo abaixo do scroll, sendo um dos quatro botões extras do MX Anywhere 3. Nas laterais, o periférico tem revestimento de silicone para melhorar a pegada e, do lado esquerdo, vemos dois botões multifunção (que explicaremos melhor abaixo), além do quarto botão na base, que permite conectar o mouse a até três dispositivos em simultâneo, alternando quando você bem quiser.

Conectividade e software

A conexão com os aparelhos pode ser feita por Bluetooth ou pelo Unifying Receiver. Nos testes, emparelhei o MX Anywhere 3 ao desktop e só depois conectei ao dongle. O segundo dispositivo foi o notebook. Por via das dúvidas, testei a conexão com o smartphone (Bluetooth) e ele funcionou perfeitamente em um Android 8.0. Outra conexão um pouco aleatória foi com o Xbox Series X, pelo dongle, onde pude inclusive jogar Call of Duty Warzone sem nenhum problema.

Review: logitech mx anywhere 3, o multifacetado mouse sem fio. Com diferencial de um scroll que pode variar a resistência e atalhos customizáveis, o mx anywhere 3 agradará todos que procuram por um mouse sem fio
Na base, vemos os seletores de dispositivos conectados, tanto Bluetooth como pelo dongle USB

Propositalmente exagerando em cenários imagináveis (afinal, este é um teste de desempenho do produto), levei o MX Anywhere 3 do notebook onde o dongle estava conectado até o outro lado do cômodo. Fiquei boquiaberto por passar de 4,5 metros e só então o mouse começou a perder sinal. Entre eles havia cerca de 5 divisórias de madeira e uma parede. Isso prova que você pode utilizá-lo mesmo em setups mirabolantes, como quem utiliza o PC conectado na TV e deixa o desktop mais escondido no ambiente.

O botão do meio, logo abaixo do scroll, serve como atalho para a função de gestos. Lembrando o que acontece com trackpads modernos, você pode atribuir a ação para navegar por uma página, ver configurações do sistema operacional ou ter controle de mídia. Neste terceiro cenário, basta apertar o botão para dar play/pause e segurá-lo para ativar os gestos: voltar a música (ir com o mouse para a esquerda), ir para a próxima música (direita), aumentar (cima) e diminuir (para baixo) o volume do que estiver tocando.

Lista de atalhos personalizados
O Logitech Options dá uma lista de atalhos muito útil para personalizar de acordo com o seu uso.

Assim que conectei o mouse ao computador (primeiramente via Bluetooth), o MX Anywhere 3 sugeriu a instalação do Logitech Options, software parceiro para comunicação com periféricos da fabricante. Há uma lista enorme com funções e atalhos, separadas por utilidades de navegação, produtividade, comandos do sistema e controle de mídia, por exemplo.

A função Flow do software possibilita copiar informações de um computador para o outro, utilizando o mesmo mouse. Fiquei impressionado com o quão simples foi. Basta copiar um texto, apertar o seletor na base, ir para o outro computador e colar. Quem trabalha com desktop e notebook pode desfrutar dessa facilidade (contanto que o outro dispositivo também tenha Flow, claro).

Uso na rotina

Por trabalhar com edição de áudio e vídeo, o que mais me chama atenção ao falar sobre periféricos é o scroll. Navegar por linhas do tempo com precisão torna-se um pilar de quem deseja um bom fluxo de trabalho. Nestes cenários, o MagSpeed se provou bem preciso. Curioso que pode-se aplicar mais força à velocidade e ele automaticamente fica com rolagem infinita.

Uma proposta que fiquei curioso para testar desde o anúncio dessa tecnologia (antes deste mouse) foi que a rodinha pode “descer até 1,000 linhas em menos de 1 segundo“, coisa que para quem trabalha com textos ou Excel pode vir a calhar muito bem. Então abri uma planilha qualquer e me surpreendi, pois a proposta é 100% verdadeira. Para efeito de comparação, um mouse gamer intermediário, com mais resistência do que o scroll do MX Anywhere 3, conseguiu descer apenas um décimo disso no mesmo tempo.

Botões laterais do mouse que podem ser personalizados
Botões laterais (também com atalhos personalizáveis) servem de grande ajuda em vários cenários.

Assim como outros mouses, o MX Anywhere 3 vem pré-configurado com os atalhos da dupla de botões laterais e se adapta a diversos programas. Eles terão as funções de avançar/voltar as páginas, quando o usuário estiver com navegadores de internet e outros softwares, por exemplo. Além disso, em programas de texto (Word) e edição (Photoshop), eles servem como desfazer/refazer ações.

Outra função dos botões (também de fábrica) te permite segurar um deles junto ao scroll para navegar na horizontal. Por eu já estar acostumado a segurar o Shift esquerdo sempre que quiser ir para os lados (em aplicativos como Adobe Audition e Premiere, nas linhas do tempo), eu não vi tanto conforto e praticidade, mas com certeza é uma função útil a quem estiver disposto a se acostumar – arrisco dizer que tem potencial de viciar.

Mouse mx anhywhere 3 em diversas superfícies.
Em superfícies diferentes, o MX Anywhere 3 é consistente em ser preciso.

O nome “Anywhere” faz sentido ao entender melhor a versatilidade do produto, que traz a tecnologia Darkfield. Propositalmente, coloquei o MX Anywhere 3 em diferentes superfícies: madeira crua, granito, vidro e o mousepad. Em todas, ele performou de maneira uniforme. Quem já utilizou mouses com sensores e/ou sensibilidades diferentes, sabe muito bem a importância da fluidez de navegação.

Mais uma surpresa foi a duração da bateria. O MX Anywhere 3 segue com a mesma capacidade do que a geração anterior, aguentando estimadas 70 horas de uso. Outro destaque que se provou verdadeiro foi o carregamento ultrarrápido: 1 minuto conectado resulta em mais de duas horas ativas.

Mesmo que o tamanho não me agrade muito (estou acostumado com mouses mais estreitos e com corpo maior, como muitos modelos gamers) e não comporte perfeitamente a minha mão, é questão de costume até adaptar-se à ergonomia do MX Anywhere 3. Trocar entre notebook e desktop se provou muito útil e com certeza isso ajuda a conciliar trabalho e entretenimento, em especial para quem possui mais de uma máquina em casa para cada atividade.

Conclusão

Mouse em superfície laranja
Prático e com ótimo design, este é o MX Anywhere 3!

Para todo lugar e todo perfil de usuário, o Logitech MX Anywhere 3 proporciona praticidade e conforto. Em todas as superfícies e sistemas testados, ele performou como pretendido. As funções do software estendem as capacidades do produto e tornam-no um investimento ainda melhor. Disponível nas cores cinza, grafite e rosa, o mouse Logitech MX Anywhere 3 pode ser encontrado por R$499 em lojas como a Amazon e a loja oficial da Logitech.

E aí, o que achou do versátil mouse sem fio Logitech MX Anywhere 3? Conte para a gente nos comentários abaixo!

Especificações técnicas do Logitech MX Anywhere 3

FabricanteLogitech
CorGrafite
Altura do produto3.4 centímetros
Largura do produto6.5 centímetros
Interface de comunicaçãoBluetooth
Tecnologia de conexãoBluetooth
Quantidade de botões5
Número de portas USB 2.01
Número de portas USB 3.01
Fonte de alimentaçãoFunciona com bateria
Plataforma de hardwarePC, Portátil, Televisão
Sistema operacionalWindows
Conteúdo de energia da bateria de lítio500 Watt-hora
Pacote da bateria de lítioPilhas contidas no equipamento
Número de células ou pilhas de íon de lítio3
Peso do produto99 g

Logitech MX Anywhere 3
  • 10/10
    Conectividade - 10/10
  • 10/10
    Bateria - 10/10
  • 10/10
    Customização - 10/10
  • 9/10
    Design - 9/10
9.8/10

Logitech MX Anywhere 3

Compacto e confortável, o Logitech MX Anywhere 3 funciona em vários sistemas operacionais e tem opções de customização para quem utilizará para trabalho ou para games. Ideal para todo perfil de usuário – contanto que goste de mouses pequenos, claro.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário