Review: Samsung Galaxy Tab S4, um poderoso tablet para todas as ocasiões

Review: Samsung Galaxy Tab S4, um poderoso tablet para todas as ocasiões 4

Tablets continuam sendo a melhor opção para aqueles que procuram um meio-termo entre um computador e um smartphone. Sabendo disso, a Samsung continua investindo em sua linha de primeira classe de tablets com o novo Galaxy Tab S4. O dispositivo une um hardware robusto com as facilidades da nova S-Pen.

A Samsung cedeu um Galaxy Tab S4 ao Showmetech para testes e, após algumas semanas de uso, trazemos a vocês uma análise completa do dispositivo, destacando suas principais qualidades e alguns atributos que poderiam ser melhorados para garantir uma melhor experiência do usuário.

Design e tela

O Galaxy Tab S4 é um pouco mais grosso que seu antecessor, mas somente quando comparados lado a lado. O dispositivo possui 7 mm de espessura e não é pesado de se segurar por longos períodos de tempo. Atualmente, ele é comercializado nas cores cinza e preto metálico.

Galaxy Tab S4

Percebe-se um grande cuidado da Samsung no design do tablet, já que as lacunas entre os materiais são muito uniformes e firmes. Ao olhar de longe, parece que o dispositivo é composto por apenas uma peça.

A disposição dos botões de volume e power sofre o mesmo problema mencionado na review do Galaxy Tab A: devido à sua proximidade na lateral superior direita do aparelho é muito comum pressionar algum dos botões por engano. É estranho a Samsung insistir nessa escolha design em sua linha de tablets, uma vez que nos seus smartphones a disposição é diferente e causa menos problemas.

Outro ponto fraco no design do Tab S4 é sua traseira feita de material glossy. Mesmo que o acabamento dê um toque mais refinado ao aparelho, ele prejudica a experiência do usuário ao não proporcionar muita segurança ao segurar o tablet, tornando-o muito escorregadio. Além disso, marcas de digitais são inevitáveis nesse tipo de material.

Galaxy Tab S4

O Tab S4 tem uma tela Super AMOLED de 10,5 polegadas com uma taxa de proporção de 16:10, que é executado em uma resolução nativa de 2560×1600 e tem uma densidade de pixels de 288 PPI. A tela parece visivelmente maior em comparação com o Tab S3, graças nàs molduras reduzidas do Tab S4.

É interessante que a Samsung tenha incluído suporte a HDR no Tab S4, mas a tela não fica brilhante o suficiente para aproveitar ao máximo os benefícios que a tecnologia oferece. No entanto, as cores parecem ricas e há pretos profundos graças à sua tecnologia de exibição AMOLED.

A Samsung incluiu um scanner de íris para autenticação biométrica, embora isso nem sempre funcionasse durante os testes e levava alguns segundos para desbloquear o dispositivo.

Por esse motivo, muitas vezes recorremos ao uso do código PIN. A ineficácia do scanner da íris nos faz imaginar o porquê de a Samsung não optar pela inclusão de um sensor biométrico simples.

Áudio

Mais uma vez, a Samsung colaborou com a AKG e a Harman para criar os quatro alto-falantes do Tab S4. Os alto-falantes ajustam-se automaticamente à orientação em que o tablet é mantido para uma experiência de som consistente, o que funciona bem na prática.

Os alto-falantes são ótimos, embora haja uma notável falta de graves. Nosso dispositivo de teste reproduz bem os tons médios profundos que ajudam a criar uma qualidade de som impressionante em geral. Os alto-falantes soam alto no volume máximo, mas parecem um pouco mais baixo do que os alto-falantes do Tab S3.

O Tab S4 também suporta saída de áudio com ou sem fio usando o conector de 3,5 mm e o Bluetooth 5.0, respectivamente. O último suporta aptX e LDAC, que garantem boa qualidade de som através de Bluetooth.

Conectividade

O Galaxy Tab S4 suporta cartões microSD de até 400 GB de acordo com a Samsung, especificamente, cartões SD, SDHC e SDXC. O dispositivo só pode formatar cartões microSD como armazenamento externo e só salvará aplicativos em sua memória interna por padrão; isso pode ser alterado nas “Opções do desenvolvedor”.

A Samsung vende o Tab S4 com 64 GB de armazenamento interno na maioria das regiões, mas também vende uma versão Wi-Fi de 256 GB nos Estados Unidos por uma valor maior.

Galaxy Tab S4

O tablet tem uma porta USB Tipo-C que suporta tanto o USB On-The-Go (OTG) quanto a saída de vídeo com fio. Ele também utiliza principalmente o último recurso com seu modo DeX para projetar em um monitor externo, mas o dispositivo também suporta espelhamento de exibição com ou sem fio, caso você precise usá-lo.

A Samsung não incluiu um chip NFC no Tab S4,  mas a empresa equipou o dispositivo com um modem de suporte Bluetooth 5.0.

Hardware e games

A Samsung equipou o Tab S4 com um processador Qualcomm Snapdragon 835, um chip de sucesso de 2017 que está fora de lugar em um dispositivo móvel premium lançado por um fabricante estabelecido em 2018.

A Samsung complementa o processador com 4 GB de RAM, o que também não é digno de nota para um dispositivo high-end 2018, já que alguns smartphones de alto nível como o OnePlus 6T têm até 8 GB de RAM.

Em todos os testes de benchmark realizados com o Antutu Benchmark, o desemepenho do hardware do Tab S4 foi muito bom, mantendo-se acima dos 60% e com uma carga mínima de uso da CPU e de seus núcleos.

Galaxy Tab S4

Na classificação do app, o Tab S4 fica na 40º posição, logo atrás do Samsung Galaxy S8. Além disso, durante nossos testes pudemos conferir que o sistema funciona de forma fluida, rápida e sem problemas para a realização de multitarefas e com vários apps abertos.

Galaxy Tab S4

O Snapdragon 835 integra uma GPU Qualcomm Adreno 540, que ainda é uma poderosa GPU pelos padrões de hoje, apesar de ter mais de 18 meses de idade. A GPU combina bem com a grande tela de alta resolução do Tab S4 e seus alto-falantes quad para oferecer uma ótima experiência de jogo.

Infelizmente, os jogos só são jogáveis no modo tablet, o que exclui o uso do DeX para jogar jogos como o PUBG Mobile em um monitor externo com mouse e teclado, por exemplo. Esta limitação é lamentável, pois o Tab S4 renderiza até mesmo jogos complexos em taxas de quadros jogáveis.

Galaxy Tab S4

Nosso dispositivo de teste alcançou taxas de quadro estáveis utilizando o app GameBench para medição. Além de PUBG Mobile, testamos Shadow Fighter 3 e durante a jogatina o tablet mostrou bom desempenho ao executar o jogo.

Galaxy Tab S4

Talvez a única desvantagem de jogar no Tab S4 é o seu tamanho, o que pode ser complicado quando se joga enquanto segura o aparelho na mão por um período prolongado. Em PUBG, por exemplo, o cansaço no braço é inevitável, sendo preciso encostar o tablet em alguma superfície para prosseguir na partida.

Software

O Galaxy Tab A executa a versão 8.1 (Oreo) do Android, porém, com mudanças de e ajustes de softwares característicos dos aparelhos da Samsung. A interface executa o Samsung Experience 9.5. Apesar de esse programa de interface oferecer diversas configurações adicionais ao aparelho, a navegação é muito similar a que usuários Android já estão acostumados.

Galaxy Tab S4

Além disso, o aparelho vem com os apps obrigatórios do Google, assim como uma seleção de apps da Microsoft como Word, Excel e Skype. Por último, ainda existe o pacote de apps da Samsung como gerenciador de arquivos e a app store Galaxy Apps.

Galaxy Tab S4

Se você deslizar para a direita a partir da home screen você irá acessar o Bixby Home, um outro app já instalado no tablet que oferece uma compilação de notícias, avisos, informações de clima e outras atividades que você pode customizar. Você ainda pode conectar suas redes sociais como Facebook, Twitter ou Instagram para receber atualizações diretamente pela interface do Bixby Home.

Galaxy Tab S4

A Samsung também inclui suporte ao DeX, um recurso que a empresa reservou anteriormente para uso com seus smartphones da linha Galaxy premium e um DeX pad ou uma estação de acoplamento compatível.

O Tab S4 pode simplesmente mudar para o modo DeX sob demanda, o que dá ao tablet uma sensação real do laptop quando usado com o teclado opcional. O DeX é particularmente útil para multitarefas, pois funciona como o de um sistema operacional de desktop, em vez do modo de tela dividida que o Android e o iOS suportam atualmente.

Importante ressaltar que, durantes os testes com o aparelho não foram encontrados bugs ou falhas na execução de apps nativos ou instalados, nem na interface do software. Mover ícones ou mudar de telas é rápido e simples, sem nenhum tipo de “engasgos”, mesmo quando vários programas estão suspensos em segundo plano.

Câmeras

Infelizmente esse é um elemento do tablet que deixa muito a desejar. O Galaxy Tab S4 tem câmeras básicas que não são apropriadas para um dispositivo de sua categoria. As câmeras são decepcionantes em comparação com os sensores que a Samsung usou no Galaxy S8 ou S9.

Galaxy Tab S4

A câmera frontal é composta por um sensor Sony IMX320 de 8 MP. A câmera usa foco fixo e produz fotos que parecem desbotadas. A câmera frontal suporta adesivos e um modo de beleza, o que ajuda a tornar as selfies mais interessantes. Ela também pode gravar vídeos em até Full HD, mas o sensor não possui estabilização de imagem.

Galaxy Tab S4

Já a câmera traseira possui um sensor Samsung S5K2L2SA de 13 MP. A câmera é nominalmente igual à do Galaxy S8, mas sua qualidade de imagem é consideravelmente pior. As fotos têm apenas uma faixa dinâmica medíocre, enquanto as problemas cromáticos são rapidamente visíveis ao observar de perto as fotos.

Galaxy Tab S4

A câmera também funciona mal em condições de pouca luz e só pode produzir fotos que são sobrecarregadas pelo ruído da imagem. A câmera principal também pode gravar vídeos em até Ultra HD a 30 FPS e faz uso de estabilização eletrônica de imagem (EIS) para estabilizar vídeos.

Galaxy Tab S4

S-Pen

O Galaxy Tab S4 possui uma tela de toque capacitiva multitouch de 10 pontos que é conectada a um visor de vidro brilhante. O monitor é fácil de usar e reproduz com precisão entradas dos nossos dedos ou a S-Pen incluída. A caneta não tem bateria e possui os mesmos recursos que a que a Samsung incluiu no Galaxy Tab S3.

Galaxy Tab S4

Acessar as funcionalidades extras da S-Pen é simples: basta aproximar a caneta da tela do tablet para que um menu do lado direito se expanda. Além disso, uma dos recursos mais úteis continua sendo poder fazer anotações com a tela do Tab S4 desligada.

Galaxy Tab S4

Escrever com o S-Pen é ótimo, mas não é melhor que a experiência do seu antecessor. Além disso, a caneta parece barata e simples demais, o que é uma pena, considerando o quão caro é o Tab S4.

Galaxy Tab S4

Bateria

O Galaxy Tab S4 tem uma bateria de 7.300 mAh, que é significativamente maior que a bateria de 6.000 mAh encontrada em seu antecessor. O novo tablet tem menor consumo de energia sob carga. No entanto, nosso dispositivo de teste consome mais energia, em média, do que o Tab S3 em modo inativo, devido à exibição de resolução maior.

A Samsung incluiu o mesmo carregador que o Tab S3. Previsivelmente, a bateria maior demora mais para carregar: nosso dispositivo de teste leva cerca de duas horas e meia para recarregar totalmente com o carregador incluído.

Galaxy Tab S4

O Tab S4 tem boa vida útil da bateria, embora comparativamente decepcionante em relação ao seu principal concorrente, o iPad Pro. Mesmo assim, durante os testes, o tablet durou em média 9 horas utilizando recursos como vídeo e Wi-Fi (não foram realizados testes utilizando conexões de dados móveis, como 4G).

Além disso, pode-se verificar uma otimização no consumo da bateria, pois após assistir um vídeo em HD de 90 minutos em tela cheia, notou-se apenas uma queda de 12% na bateria do dispositivo.

Considerações finais e preço

O Samsung Galaxy Tab S4 é atualmente o tablet Android mais forte do mercado. A grande tela de Super AMOLED é particularmente convincente, enquanto a sua integração com o DeX é excelente para produtividade, embora existam limitações na sua utilização para jogos e multimédia.

Os 64 GB de armazenamento e 4 GB de RAM são abundantes também, embora seja uma pena que a Samsung não venda os 256 GB em mais regiões e atualmente limita-a apenas à versão Wi-Fi. A S-Pen sem bateria continua sendo uma ótima ferramenta também.

No entanto, a Samsung errou ao tentar criar um tablet high-end com uma sensação de qualidade superior. A empresa colocou o Tab S4 com o carro chefe do ano passado, enquanto seu armazenamento, RAM e câmeras são mais condizentes com um smartphone de nível médio do que um aparelho principal de 2018.

Galaxy Tab S4

A S-Pen de plástico e a capa de teclado opcional apenas aumentam a nossa impressão de que a Samsung poderia ter ido mais longe ao oferecer uma experiência de tablet em nível de destaque.

O Galaxy Tab S4 pode ser encontrado nas principais varejistas de eletrônicos do Brasil a partir de 3 mil reais, sendo o tablet com Android mais caro atualmente no mercado e seus acessórios opcionais são difíceis de encontrar. Portanto, pense bem antes de realizar tal investimento.

Especificação técnica do Galaxy Tab S4

SIM Apenas um cartão NanoSIM
Tipo de Tela 10,5″ Super AMOLED (2560 x 1600)
CPU e GPU Qualcomm MSM8998 Snapdragon 835 (4 x 2.35 GHz Kryo & 4 x 1.9 GHz Kryo) e Adreno 540
SO Android 8.1 Oreo
RAM 4 GB
Armazenamento 64 GB (expansível até 400 GB através de MicroSD)
Resolução da Tela 2560 x 1600 pixels
Câmera  13 MP; flash LED único; HDR
Câmera Frontal 8 MP
Wi-Fi 802.11 A/B/G/N
GPS GPS, A-GPS, GLONASS
Áudio 4 alto falantes AKG
Saídas USB Tipo-C 2.0, Type-C; P2 (3.5mm) para fones de ouvido
Bateria 7300 mAh (Fast charging)
Rádio Rádio FM
Peso do Produto 529g (Wi-Fi), 534g (LTE)
Dimensões 249.3 x 164.3 x 7.1 mm
Cores  Preto e Branco
4G LTE Cat4 de até 150 Mbps


Samsung Galaxy Tab S4
  • 9/10
    Design - 9/10
  • 10/10
    Desempenho - 10/10
  • 7/10
    Câmeras - 7/10
  • 8/10
    Som - 8/10
  • 9/10
    Bateria - 9/10
8.6/10

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta

Receba Notícias por E-mail:

Receba notícias no seu e-mail
Holler Box