Site do ministério da saúde foi hackeado, conectesus também. Até o momento, não há como comprovar vacinação pelo aplicativo conectesus. O ministério da saúde ainda não se posicionou sobre o assunto

Site do Ministério da Saúde foi hackeado, ConecteSUS também

Avatar of césar marcos
Até o momento, não há como comprovar vacinação pelo aplicativo ConecteSUS. O Ministério da Saúde ainda não se posicionou sobre o assunto

Na madrugada de hoje, o site do Ministério da Saúde foi hackeado e o grupo que assumiu o ataque supostamente “copiou e excluiu” os dados. Como efeito colateral, o aplicativo ConecteSUS foi afetado, deixando de exibir o comprovante de vacinação de todos os brasileiros imunizados.

Segundo o aviso que deixou de aparecer por volta de 7h da manhã, o grupo excluiu 50 terabytes de dados do Ministério da Saúde e o o grupo hacker pede que entrem em contato para devolverem os dados.

O ataque é grave, as informações de vacinação não estão sendo exibidas mais no aplicativo do ConecteSUS e até o momento não tem como os brasileiros comprovarem vacinação.

Ao abrir o aplicativo, os usuários se deparam com uma tela sem o histórico de vacinação:

Ministério da saúde foi hackeado e comprovante de vacinação deixa de aparecer no conectesus
Aplicativo do ConecteSUS não mostra o comprovante de vacinação contra a COVID-19 (Imagem: Twitter)

Muito provavelmente se trata de um ataque “ransomware”, no qual os dados são sequestrados em troca de um pagamento.

Esse tipo de ataque tem se tornado comum, inclusive, realizado contra pessoas normais. Entrevistamos o Rafael Pereira, vítima de um ataque ransomware e contamos como se proteger de um ataque de ransomware.

O Ministério da Saúde ainda não deu nenhum posicionamento.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
11
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados