Sumiço da Mi Store Brasil na web deixa prejuízo de mais de 1 milhão de reais

mistorecapa
Com o sumiço da Mi Store Brasil, que vendia produtos da Xiaomi no país, a estimativa é de que o prejuízo seja de mais de R$ 1 milhão acumulado
Anúncio
Sumiço da Mi Store Brasil na web deixa prejuízo de mais de 1 milhão de reais

A Mi Store Brasil, loja online não-oficial da Xiaomi, sumiu do ar e deixou pedidos que foram realizados desde o ano passado em aberto. Estima-se que o prejuízo tenha sido de R$ 1,2 milhão (calculados da média de 1,2 mil reais para cerca de mil clientes afetados). Apesar da popularidade por aqui, a loja não tinha vínculo nenhum com a empresa.

Uma rápida olhada na página da loja no site Reclame Aqui já consegue dar uma noção dos principais problemas em relação ao serviço – ou melhor, a falta dele. A última atuação da empresa, por exemplo, foi a uma reclamação respondida em janeiro de 2019. Foram acumuladas 151 reclamações não respondidas.

xiaomi mistore brasil reclame aqui
Página da Mi Store Brasil no Reclame Aqui (Reprodução)

Além disso, as redes sociais da tal loja também sumiram (Facebook e Instagram) e eles deixaram de atender via telefone (SAC). Assim, quem fez compras da Black Friday para cá e ainda não tinha recebido os produtos, também não conseguirá ter o dinheiro de volta, como informam comunicados com múltiplas hashtags expressando manifestações nas redes sociais – além já citado fluxo recente de reclamações via Reclame Aqui.

De acordo com informações do Yahoo!, somente no mês de novembro do ano passado a Secretaria Estadual da Fazenda e Planejamento de São Paulo “apreendeu 30 mil produtos da Xiaomi na Black Friday”. Os aparelhos vinham do Paraguai sem documentação e eram revendidos na internet. Além disso, sem citar explicitamente o nome, um dos alvos da investigação foi uma própria representante oficial da Xiaomi.

Sumiço da Mi Store Brasil: o que fazer?

Alguns perfis de compradores inclusive recomendam: se você fez pedidos via PayPal, a companhia de pagamentos americana pode resolver seu problema, analisando sua situação e conferindo a possibilidade de estornar sua compra. Para isso, basta entrar em contato com o serviço de atendimento deles. Para compras que você tiver feito no Mercado Livre, por exemplo, a melhor saída imediata é entrar em contato com a companhia do seu cartão de crédito.

Os problemas com a legalização do serviço podiam ser percebidos de diversas maneiras por quem queria comprar na Mi Store: o nome justificado nos pagamentos em boleto pertencia a um certo grupo, o que era acusado na fatura do cartão dos clientes era de outro grupo e a própria Mi Store era de um terceiro (Action Sales Companhia Digital LTDA).

Xiaomi oficial

A Xiaomi atua oficialmente aqui desde a metade do ano passado – as atividades começaram em junho, tanto a loja física em São Paulo como o comércio online. Na chegada ao país, eles reconheceram a presença da Mi Store Brasil (até tentaram derrubá-la) e deixaram um aviso: qualquer item adquirido por meios não-oficiais não terão assistência e não são de responsabilidade da empresa.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter