Confira 5 dicas essenciais para melhorar suas videoconferências

Pessoas em videoconferencia
A quarentena impulsionou a popularidade das videoconferências, e nós mostramos dicas essenciais para tirar melhor proveito dessa experiência

Em tempos de COVID-19, as relação de trabalho modificaram-se e, com elas, as videoconferências tornaram-se essenciais para muitos, que encontraram no recurso a oportunidade perfeita para continuarem ativos trabalhando em casa. Conversar através da câmera tornou-se rotineiro e, nada melhor do que coletar algumas dicas para tornar a experiência mais confortável para todos.

Parece pouca coisa, mas com a luz ideal e a melhor qualidade de som poupam-se, e muito, vários contratempos. Pensando nisso, separamos algumas dicas que são essenciais para melhorar a qualidade de vídeo e som. Confira como dar um aspecto mais profissional às suas videoconferências:

Antes de tudo, encontre o aplicativo que é a sua cara

Aplicativos de videoconferência em várias telas
O aplicativo ideal para sua videochamada pode depender de qual aparelho você vai estar conectado, e também de recursos adicionais

Para uma videoconferência, o primeiro passo é encontrar o aplicativo que atenda suas necessidades. E, sabe-se que existem muitas opções. Muitas destas opções, inclusive, estão disponíveis tanto para aplicativos em seu smartphone quanto para o seu navegador, o que pode ser uma boa, já que dispensa a necessidade de download.

Nomes como Skype destacam-se em meio à multidão devido ao seu pioneirismo. Opções como chamadas de voz, vídeo, ligações locais e compartilhamento de arquivos são todas contempladas aqui. É uma boa para aqueles que desejam estar em vídeo em um grupo de poucas pessoas, por exemplo.

Se você estiver procurando um aplicativo robusto para comportar reuniões de trabalho, talvez o Hangouts Meet, Microsoft Teams ou Zoom Meetings consigam satisfazer as possíveis demandas para um grupo maior de participantes. O Zoom, inclusive, é capaz de comportar até 10 mil pessoas para seminários online, que podem apenas visualizar, como em uma palestra. Além disso, podem compartilhar apresentações e outros conteúdos da tela do seu computador.

Aplicativos mais cotidianos também oferecem opções para videochamadas. É o caso do WhatsApp, Facebook Messenger e Instagram. No último, inclusive, é possível realizar uma chamada enquanto acompanha simultaneamente outros conteúdos da rede social. Entender primeiro qual o seu tipo de chamada de vídeo já ajuda e muito eventuais contratempos.

A chave de uma boa videoconferência é a qualidade do som

Mulher realiza videoconferência com fone de ouvido frente à uma mesa
Usar fones de ouvido nas videoconferências é essencial para minimizar efeitos de interferências externas

Nem sempre podemos contar com a melhor qualidade de conexão e, por isso, escutar e ser escutado é o primeiro grande passo para uma videoconferência de sucesso. O som ambiente pode tornar-se o seu maior vilão nestes momentos, então o ideal sempre é aderir aos fones de ouvido. Headset ou não, é essencial que eles possuam microfone. E por microfone, entende-se que eles devem ser superiores ao microfone oferecido por seu notebook, por exemplo.

Outra dica de ouro talvez seja certificar-se de desligar outros sons adjacentes. Rádio, televisão, evitar sons exteriores. Escolha o lugar mais silencioso de sua casa para tornar-se sua sala de conferência. Com isso, pode e vai evitar eventuais pausas ao longo das chamadas por causa de interferência externa.

Vale lembrar que, caso você não esteja com a palavra, mute a videochamada. Deste modo, toda e qualquer interferência externa não vai afetar efetivamente a ligação de vídeo. É essencial, no entanto, que seja desativado o microfone do aplicativo em questão, que muitas vezes está disposto de maneira intuitiva. Caso optar por silenciar o microfone de seu smartphone ou computador, o resultado não será como o esperado.

Confira uma lista de fones de ouvido selecionados e testados pelo Showmetech:

headset da plantronics sobre sua base, em uma mesa de madeira
Voyager Focus UC é um headset ideal para videochamadas

O enquadramento é fundamental

Coloque sempre a câmera na altura dos olhos. Muitas vezes, acabamos por cair no erro ao posicionar o computador ou celular de maneira errada. Não é muito difícil entrar em videoconferência com imagens cortadas, muitas vezes com apenas o topo da cabeça aparecendo ou vice-versa. Não ter uma visão completa do rosto pode atrapalhar a comunicação, uma vez que as expressões também são essenciais para a interação humana. Mas isso pode ser facilmente contornado, e uma boa opção é utilizar uma webcam que pode ser posicionada da melhor maneira possível.

Sempre que possível, opte por colocar o dispositivo sobre uma superfície plana e, caso ainda não esteja muito alto para conseguir captar com exatidão o seu rosto utilize um suporte ou pedestal, ou improvise com livros e revistas.

Confira 5 dicas essenciais para melhorar suas videoconferências
Um bom enquadramento deve mostrar seu rosto inteiro, e completamente de frente

Emoldurar seu rosto é um passo importante para uma videochamada de sucesso, logo sempre faça um teste de vídeo antes de iniciar. Também é possível fazer ajustes em seu dispositivo para que informações supérfluas sejam desativadas da tela de chamada. Dependendo do aplicativo de sua escolha, é possível realizar este passo de maneira simples e intuitiva.

Outra dica importante é minimizar a sua imagem na tela de chamada: assim, você evita ficar se olhando e se distraindo tentando arrumar seu penteado ou caimento da roupa.

Confira uma seleção de câmeras para você se destacar nas videoconferências:

Razer Kiyo se destaca frente a notebook
Razer Kiyo é uma webcam que se destaca já que tem como foco público gamer, logo, videoconferências é um de seus principais focos

Luz é fundamental

Mulher grava vídeo com luz direto em seu rosto
Optar por um foco de luz direto ao rosto é um recurso utilizado por youtubers para valorizar o rosto

Outra dica essencial reside exatamente na iluminação. Aliado ao enquadramento, tão fundamental, a preocupação com a iluminação perfeita também auxilia e muito no sucesso de sua videochamada. Certifique-se, antes de tudo, para que não tenha luz ao fundo que se destaque mais do que seu próprio rosto.

É necessário ter mais luz iluminando seu rosto do que o fundo da sua tela, tente garantir que tenha um aparato que o ilumine. Opções como key lights e ring lights tem como objetivo fazer com que o objeto em destaque (ou você!) pareça bem em tela. É um recurso muito utilizado para criadores de conteúdo como youtubers, por exemplo. Recomendamos o uso de uma ring light com tripé e alimentação USB, que pode ser feita pelo seu computador ou carregador de celular.

Mas claro, nem todos podemos ou conseguimos dispor do melhor equipamento para iluminação, então existe alguns truques simples que podem te auxiliar na hora do aperto como, por exemplo, a própria luz natural do ambiente. Se possível, tente posicionar-se próximo a uma janela, caso a sua videochamada seja feita durante o dia. Luminárias também fazem bem o serviço. Lembre, a iluminação precisa estar em seu rosto e não ao seu fundo, a ideia aqui é contornar as sombras.

De novo, não há problema algum em fazer alguns testes antes e, junto com o enquadramento, certifique-se que não tenha muitas informações extras no quadro geral. Vale lembrar que a luz em direção ao seu rosto deve ser harmoniosa. De nada adianta colocar um projetor de luz em nossos rostos de modo a somente valorizar sombras que, de quebra, acaba por minar de vez as nossas expressões. A ideia aqui é suavizar o resultado, com foco sempre na fácil comunicação.

Em busca do plano de fundo perfeito

Mulheres em videoconferência com fundo desfocado
Em aplicativos como Skype, já é possível desfocar o fundo

Por fim, o fundo. Apesar de você ser a estrela de sua videoconferência, muitas vezes o que acontece atrás pode roubar todo o foco da chamada e, de quebra, desvalorizar o que você tem a dizer.

Opte por locais em que há poucas informações, onde as cores devem ser mais neutras. Caso isso não for possível, tente manter o objeto de destaque o mais longe possível do fundo, o que pode acabar por ajudar a desfocar e ajuda a dar um senso de profundidade. Existe um recurso no Skype que promove o efeito blur do fundo, o que pode ajudar bastante caso opte por esse aplicativo para as videoconferências. Outro aplicativo que aplica efeitos ao fundo é o polêmico Zoom, em que você pode substituir um fundo neutro por uma imagem de sua preferência.

Vale lembrar que a máxima também vale para paredes simples, já que, se muito próximos, podem se formar sombras indesejadas. Entenda que as pessoas podem se distrair em algum momento na videochamada, então, minimizar os focos de atenção ao fundo ajudam sempre. Certificar-se de estar bem no vídeo também é um bônus. O sucesso da sua videoconferência é um resultado natural quando se minimiza os contratempos.

O que você achou das dicas? Vai aplicá-las na sua próxima videoconferência? Compartilhe conosco nos comentários as suas impressões.

Fonte: The Next Web e The Verge

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter