Calcule sua idade em Marte e em outros planetas do sistema solar

idade em Marte
Além de revelar sua idade em Marte, ferramenta também calcula quando seria seu aniversário em todos os planetas do sistema solar

A calculadora de tempo, criada pelo museu Exploratorium, permite descobrir qual seria sua idade em Marte, Plutão, Saturno, entre outros. Além de mostrar quantos anos você teria em cada um dos planetas do sistema solar, a ferramenta também mostra quando seria seu aniversário. 

Os anos terrestres são calculados de acordo com tempo que a Terra leva para realizar o movimento de translação, ou seja, dar uma volta completa ao redor do Sol. Mas cada planeta se move em uma velocidade diferente. Enquanto por aqui você precisaria esperar 365 dias para comemorar mais um ano de vida, em Mercúrio você faria aniversário a cada 88 dias. A calculadora é bem simples de usar. Tudo que você precisa fazer é inserir a data do seu nascimento para saber qual seria sua idade em outro planeta. 

Mesmo não sendo possível viver em outras realidades de tempo no espaço, descobrir as variações de cada planeta é no mínimo interessante. Mas vale lembrar que apesar de a espécie humana ainda não ser interplanetária, visionários como Elon Musk, CEO da SpaceX, trabalham para que isso aconteça no futuro. A SpaceX, inclusive, foi a primeira empresa privada a enviar um voo espacial tripulado ao espaço. Pois é, se Elon Musk não fosse terráqueo ele teria 26 anos de idade em Marte, planeta onde ele pretende construir a primeira cidade marciana autossustentável. Já aqui na Terra ele tem 49 anos.

Idade em Marte
Com 26 anos de idade em Marte, Elon Musk seria um bebê em Plutão e um ancião em Mercúrio

Por que a idade em Marte e outros planetas diferente da Terra?

Não existem regras que determinam as taxas de translação ou rotação, por isso os dias e anos não são lineares em todo o sistema solar. No caso da translação, a gravidade e a massa de cada planeta são as principais responsáveis pelas diferenças de tempo. A força gravitacional do Sol atua com maior intensidade em planetas mais próximos ao astro. Além disso, quanto maior for a massa de um planeta, maior será a força de atração. E quanto mais longe ou menos massa ele tiver, menor será a atração. Isso significa que planetas mais leves e próximos ao Sol demoram menos tempo para completar o movimento de translação. Já aqueles mais afastados e pesados podem demorar algumas centenas de anos terrestres para completar uma volta completa ao redor do Sol, como é o caso de Plutão que pode levar até 248 anos. 

Também é preciso considerar o movimento de rotação, ou seja, o tempo que cada planeta leva para dar uma volta em torno dele mesmo. A rotação é responsável pela passagem dos dias. A Terra, por exemplo, demora 24 horas para girar em torno dela mesma, mas Vênus pode demorar até 243 dias para girar uma única vez. Enquanto em Júpiter os dias podem passar mais depressa, afinal, o gigante pode girar em seu próprio eixo a cada 10 horas terrestres. Basicamente, são os movimentos de translação e rotação os responsáveis por fazer a contagem de tempo nos planetas variar tanto.

A seguir, confira quanto tempo cada planeta demora para completar um ano:

  • Mercúrio: 87,97 dias
  • Vênus: 224,7 dias
  • Terra: 365,26 dias 
  • Marte: 1,88 ano
  • Júpiter: 11,86 anos
  • Saturno: 29,46 anos
  • Urano: 84,01 anos
  • Netuno: 164,79 anos
  • Plutão: 248,59 anos

Fonte: Exploratorium; Aventuras na História; UOL

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter