Carro autônomo da Uber se envolve em acidente com vítima fatal

Carro autônomo da Uber se envolve em acidente com vítima fatal
Segundo autoridades, o veículo autônomo contava com um motorista atrás do volante; pedestre atingido não resistiu aos ferimentos

uber tempe 720x403 - Carro autônomo da Uber se envolve em acidente com vítima fatal

De acordo com informações da emissora ABC, a Uber decidiu retirar todos os seus carros autônomos das ruas após um dos veículos se envolver num acidente fatal na noite de ontem (18). O ocorrido foi na cidade norte-americana de Tempe, no Arizona.

Por volta das 10 da noite de ontem (18), Elaine Herzberg caminhava próximo à Mills Avenue, uma das mais importantes de Tempe, quando foi atingida por um dos veículos auto-dirigíveis da Uber. Embora tenha sido levada com vida para o hospital, a pedestre de 49 anos morreu horas depois, em decorrência dos ferimentos.

Veículo contava com motorista humano

gettyimages 609845726 720x422 - Carro autônomo da Uber se envolve em acidente com vítima fatal

Segundo informações cedidas pelo departamento de polícia de Tempe, o veículo da Uber, assim como manda a legislação, contava com um motorista humano por trás do volante. Ainda assim, o fato de Elaine estar caminhando fora da calçada contribuiu para que ela fosse atingida.

À imprensa, um dos porta-vozes da companhia declarou que, no momento da batida, apenas uma a motorista da empresa estava dentro do carro. A Uber se reservou no direito de não revelar as informações da funcionária; o veículo, no entanto, ainda está sob posse do departamento de polícia, que deve verificar cada um dos diversos sensores e câmeras espalhados pelo carro para determinar as causas do acidente.

Apesar de haver um motorista humano no carro, o veículo operava de forma totalmente independente no momento da batida. Isto faz de Elaine uma das primeiras vítimas fatais de um veículo autônomo.

Como resposta, a Uber ainda removeu todos os seus veículos autônomos em operação na América do Norte. Até então, os carros eram testados na região de Tempe, São Francisco, Pittsburgh e em Toronto, no Canadá.

CEO da Uber comentou o caso

A manhã de hoje foi marcada por diversas menções ao acontecimento no Twitter, incluindo uma mensagem do CEO da empresa, Dara Khosrowshahi.

Além de ser uma enorme dor para os familiares da vítima, o ocorrido também deve reacender o debate acerca dos veículos autônomos nos EUA. Atualmente, boa parte dos americanos se mantém receosa quanto ao uso de tecnologias 100% autônomas no trânsito.

Nos últimos meses, o governo norte americano tornou mais duras as exigências para que carros autônomos possam ser testados na rua.

Este, no entanto, não é o primeiro acidente do gênero no qual a Uber se envolve: no ano passado, um dos Volvos XC90 da empresa foi atingido em um cruzamento. O veículo autônomo chegou a tombar, mas nenhum passageiro sofreu ferimentos.

dims 720x472 - Carro autônomo da Uber se envolve em acidente com vítima fatal

Coincidentemente, este acidente também ocorreu em Tempe, no Arizona, e o Uber decidiu por paralisar temporariamente os testes. Desta vez, no entanto, a fatalidade pode fazer com que a empresa reduza os testes a zero. Principalmente se a repercussão deste caso for negativa à sua imagem.

Como ainda é muito cedo para realizar afirmações, só nos resta esperar para saber qual será o futuro dos carros autônomos do Uber.

Com informações de: The Verge 

 

Comentários do Facebook

Receba Notícias por E-mail:

Share via