Pessoas da missão inspiration 4

SpaceX leva 4 civis ao espaço na missão Inspiration4

Avatar of victor pacheco
Com nome de Inspiration 4, missão espacial leva civis comuns para a órbita da Terra. Veja detalhes

A última missão realizada pela SpaceX se chama Inspiration4 e tem um detalhe interessante: esta foi a primeira a ser realizada com cidadãos que não são astronautas profissionais. Mas não pense que isso foi feito apenas como uma ação de luxo.

Todos os três civis comuns possuem uma história importante que os levaram a ganhar um lugar no foguete Falcon 9, mais especificamente na cápsula Crew Dragon. Apesar de a ideia ter sido idealizada pelo bilionário Jared Isaacman, há uma história envolvendo assuntos beneficentes. Entenda a importância da mais recente missão da empresa de Elon Musk que apenas neste ano, conseguiu realizar três viagens ao espaço com foco em turismo aeroespacial.

A missão Inspiration4 é a primeira realizada sem astronautas profissionais

Apesar de ter sido comprada por um preço não revelado, a mais recente visita ao espaço por meio do foguete Falcon 9 conta com bastidores interessantes. Idealizada por Jared Isaacman, bilionário de 38 anos que também é fundador da empresa de pagamentos Shift4 Payments, a Inspiration4 foi decorrente de uma arrecadação para o hospital de pesquisa infantil que leva o nome de St. Jude, localizado no estado de Tennessee, EUA.

Com o sonho de ver o espaço desde pequeno, ele citou que gostaria de fazer um voo sem astronautas profissionais. Então, pessoas comuns, mas com histórias especiais, ocupariam os três lugares vagos na espaçonave.

Tripulação da missão inspiration 4
Missão espacial não conta com astronautas na equipe e pilotagem foi feita de forma remota.

Para que tudo acontecesse da forma mais segura, os especialistas da empresa de Elon Musk fizeram toda a pilotagem do Falcon 9 daqui da Terra, isso de forma remota. Mas todos que estavam no foguete receberam treinamento no caso de qualquer anormalidade que não pudesse ser contornada pela equipe no planeta Terra.

Quem são as pessoas que estão participando da missão Inspiration4 da SpaceX?

Como dissemos, quatro pessoas estavam como integrantes da Inspiration4. Apesar de serem pessoas comuns e que nunca haviam pensado em ir ao espaço, estas possuem histórias de vida tocantes. Além do bilionário Jared Isaacman, há uma profissional da medicina, um veterano da força aérea dos EUA e até mesmo uma geóloga. Conheça cada um deles agora mesmo.

Jeremy Isaacman: idealizador da primeira missão sem astronautas profissionais

Com a ideia de realizar uma missão espacial em que apenas comuns estivessem dentro do foguete, o fundador da empresa de pagamenteos Shift4 Payments financiou todo o voo, que, apesar de ser realizado pela SpaceX (de ninguém menos que Elon Musk), não teve seu valor de compra revelado.

Jeremy isaacman, idealizador da missão inspiration4
Jeremy optou por levar pessoas comuns para o espaço pela primeira vez na história.

Ao mesmo tempo, Jeremy não gostaria de chamar atenção apenas por gastar dinheiro com turismo aeroespacial, então também optou por realizar uma arrecadação para o hospital de pesquisa St. Jude. Uma maior conscientização sobre o trabalho dos profissionais também era foco do bilionário. Neste local, diversas crianças tratam casos de câncer. Mas quem estava no mesmo foguete que Isaacman?

Hayley Arceneaux

Sendo uma paciente do hospital de infantil St. Jude ainda quando era muito nova, a primeira pessoa escolhida para entrar no Falcon 9 foi Hayley Arcenaux. Com 29 anos hoje, ela também trabalha na linha de frente do mesmo local onde se tratou, fazendo trabalho de assistente médica.

Hayley arceneaux, uma das integrantes da missão inspiration4
Se tratando no hospital Saint Jude quando era muito nova, Hayley foi a primeira a ganhar um lugar na missão Inspiration4.

A mesma também foi a primeira pessoa a visitar a órbita do planeta Terra com uma prótese no corpo, já que tem uma haste de metal em sua perna que foi inserida após uma cirurgia para combater o câncer. Enfrentando o câncer ósseo com 10 anos, Arceneaux é um verdadeiro símbolo de que apesar de todos os problemas, nossa vida ainda pode preparar experiências incríveis.

Chris Sembroski: o veterano da força aérea dos EUA que conseguiu chegar ao espaço

Conseguindo entrar na missão Inspiration4 por um leilão que conseguiu arrecadar US$ 13 milhões (cerca de R$ 69 milhões), Chris Sembroski possui 42 anos e foi ao espaço sem nem mesmo pagar o valor dito no leilão. Isso porque o mesmo conseguiu o lugar no foguete através de seus amigos, que deram a vaga para ele. Estas pessoas doaram o valor e por algum motivo, não conseguiram viajar ao espaço.

Chris sembroski, que participou da missão inspiration4
Veterano conseguiu lugar na missão espacial devido a amigos.

Também trabalhando como engenheiro na empresa aeroespacial Lockheed Martin, localizada nos EUA. Importante lembrar que o mesmo seria útil no caso de qualquer problema que não pudesse ser resolvido pela equipe da SpaceX aqui na Terra.

Sian Proctor: geóloga

Apesar da Inspiration4 ser uma missão que não conta com astronautas profissionais, Sian quase se tornou uma astronauta em 2009, mas acabou não sendo selecionada na etapa final. Ela conseguiu o último lugar no foguete por meio de um concurso parecido com o programa de TV “Shark Tank”, onde empresários precisam vender suas ideias de negócios.

Neste caso da disputa, quem estava na conquista de uma vaga então precisava ofertar uma loja que se disponibilizaria para conseguir arrecadações para o hospital St. Jude. Sian conseguiu o último espaço devido a ter um empreendimento focado em vender artesanato e poesias.

Sian proctor, geologista que participou da missão inspiration4
Sian Proctor quase se tornou astronauta em 2009.

Com 51 anos, ela também é geologista e comunicadora de ciências. Também citou que pensou em fazer uma pintura enquanto saía da órbita da Terra. Vale lembrar que a Inspiration4 não foi uma ida ao espaço semelhante aos voos de Blue Origin, de Jeff Bezos, e da Virgin Galactic, de Richard Branson, ambas acontecendo em julho. A missão realizada no mês de setembro realmente foi mais alto do que as duas primeiras e foi possível ver a Terra de cima, como se tudo fosse uma grande exibição.

Duração e trajetória da Inspiration4

Realizada com o apoio do Falcon 9, além da cápsula Crew Dragon, as quatro pessoas ficarão a 575 km acima da Terra, onde é possível visualizar o planeta de forma completa. Apesar de estarem mais alto do que os bilionários que compraram uma viagem em julho deste ano, esta não é a distância mais alta que a raça humana alcançou.

Em 1997, a tripulação que estava no ônibus espacial que leva o nome de STS-82 chegou a ir um pouco mais alto que isso, quando estavam indo ao espaço para trabalhar no Telescópio espacial Hubble. Confira o momento do lançamento:

Os quatro ficarão sobrevoando a órbita da Terra por aproximadamente três dias e como o lançamento aconteceu ontem (15) pela noite, se espera que a cápsula Crew Dragon aterrisse entre os dias 18 e 19. Importante dizer que esta mesma linha de cápsulas já foi utilizada anteriormente por quatro tripulações (existem três no total: Crew Dragon Endeavour, uma nave de carga Dragon e Dragon Resilience), contando as pessoas da missão Inspiration4. Isaacman será o comandante da missão, assim como Proctor será copiloto e as duas outras pessoas serão especialistas da missão, atuando também como suporte para qualquer problema.

Tripulação da missão espacial sem astronautas
Cápsula utilizada também foi redesenhada para permitir visualização da Terra.

Apesar de não pilotarem a cápsula, todos que foram para a órbita da Terra receberam um treinamento especial da SpaceX para agirem no caso de qualquer problema. Aqueles que estão no espaço neste momento possuem autonomia para assumir o controle da cápsula Crew Dragon no caso de qualquer acontecimento que não seja contornado pela equipe de pilotagem remota. Os mesmos também foram testados, passando 30 horas consecutivas no simulador de viagem, onde foram colocadas diversas situações para eles saberem o que fazer.

Além disso, foi necessário que as 4 pessoas que foram ao espaço sem astronautas profissionais no mesmo veículo fossem analisadas de diversas formas. Exames, ultrassons e demais procedimentos para saber como o corpo se comportaria quando estivessem fora da Terra foram feitos. O monitoramento do oxigênio no sangue, assim como o pulso e frequência cardíaca, também devem ser usados para que os profissionais aprendam ainda mais como a microgravidade está afetando o corpo humano. E o que fazer no caso de adversidades.

Falcon 9 e Crew Dragon

A tripulação é a quarta na contagem geral a usar a linha Crew Dragon, originalmente construída pela SpaceX para transportar astronautas para a Estação Espacial Internacional. Mas antes disso, a mesma foi selecionada pela NASA até 2011 para a mesma finalidade, onde a cápsula dependia da nave russa com o nome de Soyuz. Como não exige piloto para realizar o trajeto, a cápsula Dragon Resilience voou pela primeira vez em 2020 para a Estação Espacial Internacional, onde dois astronautas da NASA estavam a bordo e tiveram sucesso. Isso permitiu que os voos regulares fossem realizados com uma frequência crescente.

Falcon 9
Lançamento foi feito de forma remota.

Como você sabe, apenas a cápsula acaba indo para a órbita da Terra. 12 minutos após a decolagem, a separação da Falcon 9 aconteceu, sendo a primeira vez em que espaçonaves da mesma linha estavam em órbita ao mesmo tempo. Este também foi o 128º voo Falcon 9 e o segundo em uma mesma semana, onde o foguete estava de volta à Terra sem danos.

Ao mesmo tempo, este é o 92º pouso bem-sucedido da SpaceX. Importante dizer que a empresa de Elon Musk possui três navios drones, projetados para serem plataformas de pouso flutuantes. Dois estão na costa leste dos EUA e o outro está na Costa Oeste, também dos EUA. Todos possuem o tamanho de um campo de futebol.

O que isso significa para o futuro do turismo espacial?

Apesar de ser uma ação fora da realidade de muitas pessoas, se sabe que já é possível viajar para a órbita da Terra sem necessariamente ser um astronauta. Tudo fica ainda melhor quando as naves são comandadas de forma remota como na Inspiration4, onde vai ser preciso apenas que as pessoas passem por treinamentos e exames para saberem se estão aptas a viajar ao espaço e admirar a Terra de cima.

Equipe da missão espacial inspiration 4
Em breve, poderemos todos fazer uma visita ao espaço e Inspiration4 foi essencial para isso.

A SpaceX também está atuando para que as visitas ao espaço sejam cada vez mais acessíveis. Uma das práticas é o desenvolvimento de foguetes como o Falcon 9, mais baratos e confiáveis. Dessa forma, muitas pessoas podem usar o turismo como uma forma de entretenimento.

Você acha que isso será uma realidade cada vez mais próxima com a realização da Inspiration4? Diga abaixo nos comentários!

Veja também

Você sabia que Jeff Bezos foi ao espaço no sétimo mês de 2021? Confira todos os detalhes em nossa matéria especial sobre o caso!

Fontes: IstoÉ, Space.com e BBC News.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados