Os melhores jogos de nintendo switch (2022)

Os melhores jogos de Nintendo Switch (2022)

Avatar of joão pedro boaventura
O Showmetech montou uma lista com os melhores jogos de Nintendo Switch em homenagem aos cinco anos do console no mercado. Confira!

O lançamento do Nintendo Switch completa cinco anos em 2022 e, desde então, conseguiu montar com o tempo um catálogo de respeito que se aproveita muito bem da característica de portabilidade de um console que também tem como atributo a possibilidade de ser conectado à televisão.

Para comemorar esse quinto aniversário, o Showmetech montou uma lista com os melhores jogos de Nintendo Switch, considerando a diversão proporcionada, a importância para o aparelho e a solidez da experiência oferecida pelo portátil.

Ressaltamos que nossa listagem com os principais jogos do Switch não está em um ranking pré-determinado (como em um Top 20), mas em ordem alfabética, sem categorização específica. Confira os melhores jogos de Nintendo Switch:

Animal Crossing: New Horizons

Nota no Metacritic: 90 | Lançamento: 20 de março de 2020

Nosso primeiro grande destaque dentre os games do Switch é Animal Crossing: New Horizons, o simpático jogo de simulação de vida desenvolvido e publicado pela Nintendo. Por conta de seu aspecto social e de elementos no estilo “Faça Você Mesmo”, o título se tornou um fenômeno por ter seu lançamento coincidido justamente durante o ápice do período de distanciamento social, fazendo com que ele ganhasse notoriedade por ser a alternativa mais segura de encontrar os amigos e participar de comemorações durante a pandemia do COVID-19.

Além disso, o jogo é atualizado constantemente para trazer eventos sazonais e outras novidades — o que o justifica como o segundo mais vendido dentre os games do Switch, com 38 milhões de unidades vendidas.

Astral Chain

Nota no Metacritic: 87 | Lançamento: 30 de agosto de 2019

Astral Chain tem o pedigree dos jogos de ação da PlatinumGames, uma das desenvolvedoras mais renomadas do meio. Trazendo uma aventura cyberpunk singular, o título mescla sequências de combate visceral, bastante características do estúdio, com momentos de investigação criminal.

Sua mecânica diferencial envolve a utilização dos Legion, uma espécie de entidade invocada de outro plano e que pode ser controlada em paralelo com o investigador das forças especiais Neuron. Apesar do começo lento, Astral Chain logo se torna um dos games mais interessantes do Switch.

Cadence of Hyrule: Crypt of the NecroDancer featuring The Legend of Zelda

Nota no Metacritic: 85 | 13 de Junho de 2019

Uma lista digna dos 15 melhores jogos do Nintendo Switch não poderia deixar Zelda de fora, não é mesmo? Então vamos de Cadence of Hyrule: Crypt of the NecroDancer featuring The Legend of Zelda. Não se assuste com o nome longo, mas a verdade é que esse roguelite é bastante intuitivo e divertido, se mostrando um casamento extremamente harmônico, dada a afinidade de ambas as marcas com a musicalidade.

Tal combinação virtuosa mistura os elementos de ritmo atrelados ao combate de NecroDancer com a icônica ambientação da série Zelda. Um dos crossovers mais inteligentes da história dos games e um dos melhores jogos de Nintendo Switch por direito.

Celeste

Nota no Metacritic: 92 | Lançamento: 25 de janeiro de 2018

Celeste é um dos jogos mais aclamados dos últimos anos e isso o torna um dos principais jogos do Switch. Trazendo uma desafiante aventura em plataforma, o título consegue trazer também uma história envolvente que, ao lado de um level design de exímia qualidade, mostra que ainda há muito espaço para se trabalhar com o gênero em questão, que mesmo após anos sendo explorado, ainda consegue se reinventar.

Dragon Quest XI S: Echoes of an Elusive Age – Definitive Edition

Nota no Metacritic: 91 | Lançamento: 27 de setembro de 2019

Dragon Quest é uma das franquias de maior sucesso comercial e cultural no Japão e integrante da cota de RPGs do Switch. A despeito de sua estrutura de jogo clássica, não se engane: a ambientação e a história de Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Age estão entre as melhores da franquia em uma jornada heroica digna do nome que carrega, trazendo um mundo extremamente carismático, imersivo, e expansivo, atributo cada vez mais valorizado na indústria de hoje, mas ainda difícil de ser feito com sabedoria.

Dragon Quest XI, especificamente, pode ser muito tradicional, mas é uma das melhores aplicações modernas de características clássicas do gênero e um dos melhores games do Switch.

Ender Lilies: Quietus of the Knights

Nota no Metacritic: 84 | Lançamento: 22 de junho de 2021

Mesclando elementos do estilo cunhado como soulslike e do tradicional subgênero metroidvania, Ender Lilies: Quietus of the Knights é uma pérola dentre os games do Switch. Embora não esteja reinventando a roda, este sidescroller é extremamente competente na construção de sua melancólica ambientação e certamente é um prato cheio para aqueles que estão atrás de desafio unido a uma atmosfera envolvente e singular construída através de uma impressionante identidade artística e uma trilha sonora digna de sua indicação ao The Game Awards.

Fire Emblem: Three Houses

Nota no Metacritic: 89 | Lançamento: 26 de julho de 2019

Se você está atrás de RPGs do Switch que sigam para o estilo tático, Fire Emblem: Three Houses é uma recomendação bastante segura para seu gosto. A mais recente iteração da franquia traz como ambientação um ambiente escolar medieval que serve como fio condutor para se focar nos relacionamentos entre o protagonista e suas unidades, que podem ser perdidas permanentemente caso sejam derrotadas em combate, dependendo do modo de jogo.

Ao todo, são quatro linhas de história onde podemos presenciar pontos de vista diferentes a respeito da guerra envolvendo as três casas do título, o que o torna um dos games do Switch mais rentáveis em relação a horas de jogatina, tempo suficiente para valorizar o vasto elenco do título.

Hades

Nota no Metacritic: 93 | Lançamento: 17 de setembro de 2020

Hades faz um trabalho tão incrível em todos os quesitos possíveis para seu gênero que mesmo quem não é fã de roguelike tem uma alta probabilidade de se apaixonar. A variedade de armas, inimigos, desafios e personagens que encontramos durante a fuga de Zagreus das garras de seu pai, o Deus do Submundo, é impressionante. O jogo passou quase dois anos em acesso antecipado, corrigindo bugs e adicionando conteúdo às versões anteriores. É um dos melhores indies dos últimos anos e um dos melhores jogos de Nintendo Switch.

Luigi’s Mansion 3

Nota no Metacritic: 86 | Lançamento: 31 de outubro de 2019

Luigi’s Mansion 3 é um dos games do Switch onde podemos encontrar uma alta dose de criatividade e diversão. O game mistura elementos de quebra-cabeças com exploração de cenários e insere alguns sustos entre uma sala e outra para poder quebrar o gelo de um jeito único. No título, Luigi é bastante autêntico, reagindo de formas inesperadas durante a aventura, e merece ser respeitado como um personagem carismático e independente.

Mario + Rabbids: Kingdom Battle

Nota no Metacritic: 85 | Lançamento: 29 de agosto de 2017

Mario + Rabbids: Kingdom Battle pode parecer uma piada de péssimo gosto, mas é um casamento improvável que traz uma das aventuras do encanador que mais receberam a paixão de seus desenvolvedores durante sua concepção.

É um título incomum dentre os RPGs do Switch, pois consegue entreter os mais versados no gênero da mesma maneira acessível para os iniciantes. Os coelhos da Ubisoft são característicos por um humor que hoje até dá para chamar de ultrapassado, mas o título, como um todo, ainda é um dos mais cativantes da história do encanador e certamente um dos melhores games do Switch.

Mario Kart 8 Deluxe

Nota no Metacritic: 92 | Lançamento: 28 de abril de 2017

Mario Kart 8 Deluxe é um dos relançamentos de um jogo original de Wii U. Mesmo assim, o título de corrida mais recente protagonizado por Mario e sua turma é o mais vendido do Nintendo Switch, chegando à casa dos 45 milhões antes de completar cinco anos de idade.

Com o diferencial de trazer pistas que desafiam as leis da gravidade, Mario Kart 8 Deluxe é a epítome do Switch como um console multiplayer. Ainda, o título recebeu um novo gás com a recente confirmação de 48 pistas adicionais que chegarão por DLC e que retornam de jogos antigos da franquia. Sem dúvidas, um dos mais essenciais dentre os games do do Switch.

Mario Party Superstars

Nota no Metacritic: 80 | Lançamento: 29 de outubro de 2021

Não é nenhum segredo que a série Mario Party, embora adorada ao redor do mundo, vem apresentando bastante inconsistência na qualidade de seus lançamentos nos últimos tempos. Como remediar isso? Fazendo um pot-pourri com os principais destaques da franquia em seus vinte e tantos anos de existência.

Em uma nota paralela, Mario Party Superstars é um dos poucos títulos first party produzidos pela Nintendo com localização completa em português. Trata-se, obviamente, de uma versão definitiva de um título que é o crème de la crème da IP e um dos melhores jogos de Nintendo Switch no que diz respeito ao multiplayer descompromissado.  

Metroid Dread

Nota no Metacritic: 88 | Lançamento: 8 de outubro de 2021

Continuação de Metroid Fusion, Metroid Dread é um excelente retorno da caçadora de recompensas Samus Aran após uma considerável ausência sentida desde sua última aparição inédita, além do remake Return of Samus, no 3DS. Sendo mais um dos games do Switch que fazem questão de mostrar que o gênero plataforma ainda vive, o título consegue trazer elementos tradicionais para a franquia enquanto traz novos recursos e características para se adaptar à modernidade da indústria, tendo sucesso em manter a marca Metroid ainda relevante para o mercado atual.  

Monster Hunter Rise

Nota no Metacritic: 88 | Lançamento: 26 de março de 2021

Nos últimos anos, a Capcom tem entregado títulos excelentes em várias plataformas — e não foi diferente com Monster Hunter Rise. O game de caçar monstros em áreas abertas é um pouco mais complexo do que o sucesso multiplataforma Monster Hunter: World, mas a recepção de público e de crítica foi bastante positiva, algo que logo o tornou em um dos principais jogos do Switch. O destaque fica com as possibilidades de exploração e combate quando montamos no chamado palamute, nosso fiel companheiro canino. Se você curte multiplayer, aqui estão centenas de horas de diversão garantidas.

New Pokémon Snap

Nota no Metacritic: 79 | Lançamento: 30 de abril de 2021

Depois de anos sendo praticamente implorada pelos fãs do original, a sequência de Pokémon Snap, do Nintendo 64, finalmente está entre nós. Aproveitando muito do potencial do original ao explorá-lo com as novas tecnologias em desenvolvimento vigente, New Pokémon Snap é singularmente uma sequência impecável. A premissa ainda é tirar foto de Pokémon em um shooter on rails disfarçado, mas a inclusão de caminhos alternativos e sistema de horários diferentes para as rotas pré-estabelecidas foram inclusões brilhantes que tornam o título facilmente um dos melhores, senão o melhor, da franquia no console — incluindo os principais games do Switch desenvolvidos pela Game Freak.

Pokémon Legends: Arceus

Nota no Metacritic: 83 | Lançamento: 28 de janeiro de 2022

Pokémon Legends: Arceus é o respiro pelo qual os fãs da franquia ansiaram por tantos anos. Aproveitando um título paralelo para colocar ideias em prática, o título subverte completamente as estruturas da franquia em prol de mais liberdade oferecida ao jogador, a despeito de uma história simplista.

Isso é porque Legends tem como único mote a ideia mais básica da franquia, trazida da forma mais sucinta e objetiva possível: Temos Que Pegar. Pokémon Legends Arceus traz um belo frescor e se destaca não só como um dos principais RPGs do Switch, mas também por sua proposta singular aplicada à série Pokémon, vítima história de tantos maneirismos considerados até ultrapassados para o mercado moderno.

Sakuna: Of Rice and Ruin

Nota no Metacritic: 80 | Lançamento: 10 de novembro de 2020

Sakuna: Of Rice and Ruin é facilmente uma graça e um dos jogos mais interessantes do Switch. Trazendo uma pitada da simulação e elementos de crafting característicos de Story of Seasons para o gênero de platformer hack and slash, a jovem deusa da colheita precisa explorar a ilha dos demônios e tentar voltar para a realidade dos Deuses, de onde foi banida.

Sakuna é um dos títulos de ação mais cativantes e subestimados do console, bebendo da riquíssima influência da mitologia japonesa sem dever em nada para outros representantes mais parrudos que carregam a mesma atmosfera oriental consigo, como Okami ou Muramasa: The Demon Blade.

Shin Megami Tensei V

Nota no Metacritic: 84 | Lançamento: 12 de novembro de 2021

Se você está a procura de um representante dentre os RPGs do Switch que seja mais soturno e mecanicamente desafiador, nossa recomendação é Shin Megami Tensei V. O mais recente título da franquia de capturar e fundir demônios está recheado de conteúdo, podendo garantir mais de 100 horas de diversão em uma única campanha, tornando-o um dos mais longos games do Switch a serem considerados.

Mesmo sendo uma série conhecida pela dificuldade, o jogo se destaca por ser mais acessível tanto na quantidade de sistemas relacionados à evolução dos personagens quanto por entender sua posição em uma plataforma popular capaz de atingir públicos novos e bastante diversos.

Splatoon 2

Nota no Metacritic: 83 | Lançamento: 21 de julho de 2017

Splatoon 2 é a entrega da Nintendo no que diz respeito à representatividade dos shooters dentre os games do Switch. Sequência do original de Wii, lançado em 2015, o título tem como carro-chefe o Turf War, a modalidade principal coloca quatro Inklings em uma disputa pela maior área da fase pintada com tinta.

Além disso, ele também traz novidades, como o Salmon Run, um modo cooperativo em que os jogadores precisam se unir contra chefes bastante criativos no elenco de ameaças. O terceiro jogo da série tem previsão ainda para 2022, mas o segundo título ainda tem uma comunidade ativa e continua bastante sólido na experiência oferecida dentre os principais jogos do Nintendo Switch.

Super Mario 3D World + Bowser’s Fury

Nota no Metacritic: 89 | Lançamento: 12 de fevereiro de 2021

Super Mario 3D World + Bowser’s Fury é imbatível e, mesmo sendo um jogo originalmente do Wii U, também realizou a façanha de se colocar dentre os principais jogos do Switch, sendo a melhor aventura do encanador no console.

O original já trazia um esquema de quatro jogadores muito divertido — embora ainda seja competentíssimo no single player—, mas o que a expansão adiciona ao pacote merece aplausos. O controle de câmera e o objetivo de pegar um total de 100 Cat Shines são os destaques da nova e desafiadora aventura, Bowser’s Fury. São praticamente dois games do Switch excelentes em um só pacote, então vale a pena adquirir quando possível.

Super Mario Odyssey

Nota no Metacritic: 97 | Lançamento: 27 de outubro de 2017

Da mesma forma que Super Mario 64 definiu o escopo do Nintendo 64 para todos os desenvolvedores que vieram depois, Super Mario Odyssey foi um dos games do Switch que ajudou a determiná-lo como um console que é, ao mesmo tempo, portátil e “de mesa”.

Isso se deve à estrutura do título que, embora remeta a seus antecessores como Galaxy e Sunshine, fez com que a coleta das Luas se adequasse tanto a jogatinas rápidas, como as de transporte público, quanto a longas sessões em que o jogador simplesmente se entrega ao mundo oferecido. Os títulos de Mario têm esse hábito, de se adequar com perfeição à proposta de seus consoles — e com Odyssey, não é diferente.

Super Smash Bros. Ultimate

Nota no Metacritic: 93 | Lançamento: 7 de dezembro de 2018

Chegando com o status de ser a edição definitiva do party brawler que é, Super Smash Bros. Ultimate realiza um feito e tanto ao decidir trazer todos os lutadores e estágios das edições passadas da franquia, que a cada edição já vinha se expandindo de maneira constante e alcançava voos cada vez mais altos. No caso de Ultimate, o elenco, que já era ridículo, continuou em expansão, trazendo personagens ainda mais improváveis e interessantes para o elenco, como Terry Bogard, Sephiroth, o herói de Dragon Quest e Steve, de Minecraft. Conteúdo é o que não falta neste que é um dos principais jogos do Switch.

Tetris 99

Nota no Metacritic: 83 | Lançamento: 13 de fevereiro de 2019

Tetris 99 foi um experimento bastante interessante dentre os games do Switch que contrariou toda a lógica por trás do ditado que diz que “não se pode ensinar novos truques a um velho cão”. No caso, falamos de uma reinvenção online e multiplayer do clássico puzzle soviético em que o jogador precisa enfrentar, em simultâneo, outros 98 oponentes em tempo real enquanto tenta impedir que seus blocos e acumulem, eliminar linhas e mandá-las para a tela de seus adversários até ser o único sobrevivente da partida. Trata-se de um caótico free to play (para os usuários do Nintendo Switch Online) que trouxe uma nova definição ao “viciante”.  

The Legend of Zelda: Breath of the Wild

Nota no Metacritic: 97 | Lançamento: 3 de março de 2017

Um dos principais jogos do Switch é um dos games mais influentes dos últimos anos, vencedor de dezenas de prêmios em 2017 e mais um excelente representante de uma franquia que não se cansa de reinventar: esse é The Legend of Zelda: Breath of the Wild.

Em matéria de mundo aberto, o game dá um show completo com sua magnitude, ambientação e das opções de exploração, definindo tendências que se repetem até hoje, como em Genshin Impact e Immortals: Fenyx Rising. Ainda, seu potencial é tão absurdo que até mesmo a Nintendo decidiu continuar explorando-o ao dar sinal verde para uma sequência direta, algo que não é exatamente uma novidade na franquia, mas ainda bem longe de ser a norma.

Xenoblade Chronicles: Definitive Edition

Nota no Metacritic: 89 | Lançamento: 29 de maio de 2020

O Xenoblade Chronicles original do Wii é um dos clássicos irredutíveis do aparelho, mas sofreu muito por ter sido lançado em tiragens baixíssimas logo no fim da vida útil do console, tornando-o bastante inacessível por conta das altas cifras cobradas no mercado de usados — algo que amenizou muito com o tempo, ainda bem!

Embora ele tenha recebido uma edição de menor escala no 3DS, foi no Switch que o primeiro Xenoblade, o representante da Nintendo no gênero de JRPG, finalmente trouxe a aventura de Shulk em sua jornada sobre os ombros dos Titãs contra a ameaça dos Mechon em uma acessível e competentíssima edição definitiva que consegue seu posto dentre os melhores RPGs do Switch.

Colaboração à lista: Arthur Pieri

Veja também

Confira também outros conteúdos relacionados no Showmetech. Não deixe de acessar o especial que preparamos a respeito da trajetória dos cinco anos do Nintendo Switch, do lançamento à atualidade.

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados