A imagem mostra a imagem de divulgação da nova linha de gpu da intel. Intel lança placa de vídeo dedicada intel arc

Conheça Intel Arc, a nova linha de GPUs dedicadas da Intel

Avatar of ricardo buçard
A Intel lança placas de vídeo dedicadas chamadas Intel Arc. São 3 linhas: Intel Arc 3, Arc 5 e Arc 7, semelhante aos processadores da empresa.

Nesta quarta-feira, 30 de março, a Intel lança placas de vídeo dedicadas chamadas Intel Arc A-Series, entrando de vez neste segmento do mercado. A primeira linha de produtos a chegar aos mercados é a família Intel Arc A-Series mobile graphics, focados em notebooks ultrafinos de categoria intermediária. Placas de vídeo mais avançadas serão lançadas durante o verão americano, em meados de 2022.

Em um mercado dominado por apenas duas concorrentes, Nvidia e AMD, a entrada da Intel é uma ótima notícia para consumidores e também para a indústria de modo geral, oferecendo mais concorrência e competição para entregar hardware melhores e mais baratos. A empresa, até este momento, só desenvolvia placas de vídeo integradas aos seus processadores Intel Core.

Intel Arc A-Series: série de lançamento das GPUs da Intel

A Intel optou por uma nomenclatura das diferentes famílias de placas de vídeo semelhante à já utilizada pela empresa no ramo de processadores: Intel Arc 3, para aparelhos de entrada e intermediários, Intel Arc 5, para intermediários de maior qualidade e com alto custo-benefício, e Intel Arc 7, para os usos mais pesados e computadores Premium. Todas as placas de vídeo da Intel Arc A-Series vêm com unidades dentro da placa para processamento de Ray Tracing.

Imagem de divulgação da intel lança placas de vídeo dedicadas intel arc divididas em 3 segmentos para jogos: intermediário, avançado e de altíssima perfomance
Os segmentos da nova linha de GPU dedicada da Intel para jogos: intermediário, avançado e de altíssima perfomance (Divulgação: Intel)

As primeiras GPUs da Intel lançadas serão as A350M e A370M, da linha Intel Arc A-Series Mobile Graphics, a primeira focada em notebooks ultrafinos e a segunda para oferecer mais performance em notebooks finos e leves. A família de placas de vídeo Arc 3 têm por objetivo oferecer uma experiência aprimorada para jogos e criação de conteúdo, com a A370M chegando a alcançar resoluções FullHD (1080p) a 60fps em vários jogos populares em testes realizados pela empresa.

As placas de vídeo para notebooks das famílias Arc 5 e Arc 7 também terão esse foco em jogos de última geração com gráficos perto do máximo e criação de conteúdo para edição de vídeo, imagens e renderização 3D, com uma performance muito acima da Arc 3, com mais unidades de processamento de Ray Tracing, memória GDDR6 maior e mais núcleos de processamento gráfico, os Xe-cores.

A imagem mostra as linhas de placa de vídeo dedicadas da intel, a intel arc a series mobile graphics
Comparação entre as famílias de placa de vídeo da Intel Arc A-Series para notebooks (Divulgação: Intel)

Enquanto a linha Arc 3 entrega baixo consumo para uma placa de vídeo de 4GB e com suporte ao Ray Tracing, a família Arc 5 entrega o dobro de capacidade de memória e dobro de unidades de processamento e a Arc 7 entrega até placas de vídeo de até 32GB de memória GDDR6 com a A770M. Para termos de comparação, as placas Nvidia de maior tamanho de memória são a Nvidia GeForce RTX 3090 e a MSI RTX 3090 Gaming X Trio, ambas com 24GB GDDR6.

Notebooks equipados com a família Arc 3 de placas de vídeo já estão em pré-venda nesse momento, enquanto os notebooks equipados com Arc 5 e Arc 7 serão lançados no começo do verão dos Estados Unidos (entre os meses de junho e agosto) e produtos Intel Arc para desktops serão lançadas provavelmente mais próximo de agosto.

A imagem mostra a imagem de divulgação da placa integrada de vídeo intel arc para desktops
Imagem de divulgação da Intel para a Intel Arc para desktops a ser lançada no verão americano (entre junho e agosto de 2022) (Divulgação: Intel)

A segunda geração de placas de vídeo para desktops, apelidada de Battlemage, já está em desenvolvimento e, segundo estimativas da própria empresa, somente na terceira geração de GPUs dedicadas da Intel, a Celestial, que a empresa vai atingir o público “ultra-entusiasta”, que desejam as melhores placas de vídeo disponíveis no mercado. Portanto, é esperado que as placas de vídeo da linha Intel Arc ainda fiquem atrás dos lançamentos deste ano da Nvidia e AMD.

Comparação com outras placas de vídeo

A Intel não forneceu nesse lançamento testes de benchmark comparando o desempenho das suas novas GPUs dedicadas com suas concorrentes da Nvidia, AMD ou até mesmo a GPU dos MacBooks com processador M1, também voltadas para criação de conteúdo, design e edição de vídeos em dispositivos leves. A única comparação de desempenho feita foi entre a placa de vídeo integrada Intel Iris Xe e a Intel Arc A370M, com a placa dedicada tendo um desempenho consideravelmente melhor, como é o esperado.

A imagem mostra uma imagem de divulgação da intel comparando a placa integrada intel iris xe graphics e a placa dedicada intel arc a370m
Em comparação entre o desempenho da Intel Iris Xe Graphics e a Intel Arc 370M com gráficos em nível intermediários, a placa dedicada da Intel tem desempenho acima de 60fps em resolução 1080p (Divulgação: Intel)

Como esperado, a placa de vídeo dedicada de entrada da Intel Arc A-Series é capaz de rodar a maior parte dos acima dos 60fps em resolução de 1080p, porém com configurações interemediárias para jogos mais pesados e apenas altas em alguns jogos, sendo bem melhor que a placa integrada. Isso significa que um jogador menos exigente com gráficos podem investir nesta placa e ser capaz de rodar jogos recentes.

A imagem mostra a comparação entre a intel iris xe graphics e a intel arc a370m para jogos competitivos
Em jogos competitivos multiplayer online, em que quanto maior a taxa de quadros por segundo melhor, a placa de vídeo dedicada Intel Arc A370M entrega bons números, acima dos 90fps (Divulgação: Intel)

Para jogos multiplayer online, a altíssima performance é uma necessidade para ter um gameplay melhor e ser capaz de competir com outros jogadores com computadores de última geração. Neste setor, o Intel Arc 370M se saiu muito bem também com configurações medianas, com mais de 90fps em resolução 1080p.

A imagem mostra a comparação entre placas intel iris xe graphics e intel arc a370m para tarefas de edição de imagem e vídeo
Para tarefas de edição de imagem e vídeo, a placa dedicada Intel Arc A370M com a Iris Xe chega a ser mais de 2x mais rápida do que a integrada Intel Iris Xe (Divulgação: Intel)

Para os usuários que buscam um computador leve para se transportar e continuar trabalhando em edição de imagens e vídeos, o conjunto de Intel Arc 370M e Iris Xe se sai muito melhor que computadores apenas com a placa de vídeo integrada, chegando a ser 2,4x mais rápida para Adobe Premiere Pro na tarefa de Scene Edit Detect.

Primeiros notebooks com a linha Arc 3

Os primeiros laptops ultrafinos já em pré-venda com placas de vídeo Intel Arc 3 são da linha Samsung Galaxy Book2, que inclui o Samsung Galaxy Book2 360, um 2 em 1 que vem acompanhado com uma S pen, o Samsung Galaxy Book2 Pro, mais focado em desempenho e performance em um aparelho leve e fino, e o Samsung Galaxy Book2 Pro 360, que junta os dois conceitos em um só. Os aparelhos estão disponíveis por valores a partir de US$ 899,99, R$ 4285,12 em conversão direta na cotação atual.

Novos galaxy book2 pro
Novos modelos da linha Galaxy Book2 Pro chegam ao mercado em abril com GPU dedicada da Intel, a Intel Arc (Divulgação: Samsung)

Recursos disponíveis da Intel Arc A-Series

A Intel divulgou também diversos recursos criados pela empresa para sua nova linha de placas de vídeo, bem como a arquitetura dos processadores dentro das GPU. É importante destacar que nem todos esses recursos estarão disponíveis na data de lançamento, sendo lançados no começo do verão dos Estados Unidos, segundo a empresa.

Tecnologia de upscaling por IA XeSS

A tecnologia de upscaling por inteligência artificial XeSS foi um dos destaques da apresentação, prometendo ser uma competidora com a DLSS (Deep Learning Super Sampling) da Nvidia, que também faz upscaling por IA e a FidelityFX Super Resolutions da AMD, que fornece resultados similares com outras técnicas de upscaling.

O objetivo por trás desse tipo de tecnologia é ser capaz de entregar resoluções 4K, sem perda de qualidade e com altas taxas de framerate, sem os requisitos muito mais pesados de processamento, energia e resfriamento necessários para rodar 4K de verdade em tempo real. Para o jogador ser capaz de desfrutar desta tecnologia, o jogo precisa ser otimizado para ela e a empresa já anunciou alguns jogos que receberão essa otimização logo no começo, entre eles estão jogos como Death Stranding: Director’s Cut, Shadow of the Tomb Raider, Ghostwire Tokyo, Hitman 3, entre outros.

A imagem mostra jogos otimizados para a xess, tecnologia de upscaling das placas de vídeo dedicadas da intel, intel arc a-series
Death Stranding, Shadow of the Tomb Raider e outros jogos receberão tecnologia de upscaling por IA no final de 2022 (Divulgação: Intel)

Outro ponto interessante é que a empresa construiu a XeSS em uma forma mais aberta, sendo capaz de ser suportada por muitos jogos, outros hardware da Intel e até mesmo placas de vídeo de concorrentes. Para isso, é necessário que a placa de vídeo suporte Shader Model 6.4, compatível com muitas placas de vídeo. É importante destacar que a empresa não vai disponibilizar esta tecnologia imediatamente, tendo uma previsão apenas de ser lançada no começo do verão americano, entre junho e julho de 2022.

A imagem mostra a comparação da resolução com a xess ligada e desligada para upscaling para 4k em um jogo
Comparação entre um gráfico de um jogo com a XeSS ligada e desligada para upscaling para 4K (Divulgação: Intel)

Uma das novidades deste anúncio foi a tecnologia Deep Link (elo profundo, em tradução livre) com compartilhamento dinâmico de poder de processamento entre a CPU e as GPU da linha Intel Arc A-Series. Desta forma, caso uma tarefa precisa de mais processamento por parte da CPU, a tecnologia roteia mais poder para CPU e vice-versa para tarefas com mais processamento da GPU, como jogos e renderização 3D.

Além do compartilhamento de processamento, a Deep Link oferece edição de conteúdo com inteligência artificial, como aumentar resolução de imagens, e conversão de vídeos rápida. Essas features mostram o foco dessas placas de vídeo em produtividade e trabalho profissional também, não apenas jogos. Neste tipo de tarefas, a placa de vídeo integrada e dedicada são usadas simultaneamente para entregar melhores resultados.

Melhor qualidade de stream com AV1

A Intel é primeira fabricante de placas de vídeo dedicadas a produzir GPUs que aceitam a tecnologia de compressão de vídeos AV1, mais eficiente que a H.264 que as placas Nvidia e AMD suportam nativamente, permitindo que imagens de melhor qualidade e resolução tenham o mesmo tamanho que imagens de pior qualidade do codec H.264. Outra vantagem do AV1 é o fato de ser um software aberto, utilizado pelas principais plataformas de streaming de conteúdo, como Youtube e Netflix.

Para demonstrar a melhoria nas streamings, a Intel mostrou o jogo Elden Ring da Fromsoftware rodando em uma livestream de demonstração a 1080p, com a mesma qualidade de sinal de internet, um com o codec H.264 e outro com o codec AV1. É possível notar claramente que o gráfico do cenário ao redor do jogador é bem mais detalhado e nítido com o AV1, em comparação com o codec das concorrentes da GPU da Intel.

A imagem mostra um vídeo de demonstração do codec av1 suportado nativamente pelas gpu da intel, a intel arc a-series
No vídeo de demonstração da Intel, os cenários são muito mais detalhados no codec AV1, suportado nativamente apenas por placas de vídeo Intel Arc A-Series atualmente (Divulgação: Intel)

Fontes: Intel

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados