Homem realizando óculos de realidade virtual

Óculos de Realidade Aumentada da Apple chegará em 2022

Avatar of victor pacheco
Modelo terá dois processadores, dois visores com resolução 4K e será independente de iPhone e MacBooks

Que tal um óculos de Realidade Aumentada da Apple? Com o metaverso e experiências de realidade aumentada (RA) ficando mais populares durante a pandemia de COVID-19, um analista confiável afirma que veremos um lançamento para este mercado. Sem nome ou nem mesmo um protótipo revelado, se sabe que o produto terá dois processadores, com desempenho semelhante ao que vemos nos notebooks lançados pela empresa.

Ainda não se sabe, entretanto, se a Apple irá utilizar o chip M1 que está presente nos MacBooks apresentados em 2020, mas é certeza que o lançamento acontecerá apenas no ano que vem. Veja o que já se sabe sobre os óculos da Apple que devem mudar o mercado de realidade aumentada.

Pronto para ver os Apple Glasses?

Muitas pessoas estavam se perguntando quando a fabricante do iPhone entraria no mercado de realidade aumentada e/ou realidade virtual, visto que grandes companhias como o Meta e até mesmo a Microsoft já estavam realizando o lançamento de soluções para o metaverso. Bem, parece que isso não deve levar muito tempo para acontecer.

Possível óculos da apple
Possível óculos da Apple será lançado no ano que vem.
Foto: MacMagazine

De acordo com informações do analista Ming-chi Kuo, a empresa da maçã deve chegar a este mercado em 2022 com um produto que já está sendo desenvolvido. Ainda não se sabe a aparência que um possível óculos da Apple teria, mas o vazamento feito por Kuo confirma que haverão dois painéis microvisores 4K desenvolvidos pela Sony.

O headset RA da Apple requer um processador separado, pois o poder de computação do sensor é significativamente maior do que o do iPhone. Por exemplo, o fone de ouvido RA requer pelo menos de 6 a 8 módulos ópticos para fornecer simultaneamente serviços de RA de vídeo contínuo e transparente aos usuários. Em comparação, um iPhone requer até 3 módulos ópticos rodando simultaneamente e não requer computação contínua.

Analista Ming-chi Kuo

Mercado de realidade aumentada será transformado

Apesar dos preços serem altos no Brasil, um fato é que a Apple tem o poder de mudar a indústria de tecnologia com seus lançamentos. Podemos explicar isso com uma simples volta no tempo: em 2018, apesar de não aparecer pela primeira vez nos modelos da Apple, o notch ou entalhe na tela começou a ficar ainda mais famoso depois de ser implantado no iPhone X.

Desde então, se você realizar uma conferência em lançamentos a partir de outubro daquele ano, vai perceber que o notch realmente foi mais optado pelas empresas fabricantes de smartphones.

Menino utilizando óculos de realidade virtual
Apple deve, mais uma vez, provocar mudança no mercado que está presente
Foto: O Globo

Citando notícias mais recentes, lembra quando a empresa da maçã foi a primeira empresa a deixar de enviar carregadores para seus smartphones? Apesar de ser bastante criticada na época, grandes nomes no mercado de celulares, como Samsung, hoje em dia fazem o mesmo.

Analistas apontam que o design do MacBook Pro, que está sendo vendido no Brasil por até R$ 80.799, deve influenciar a aparência dos modelos de outras marcas. Além de ser extremamente fino, o entalhe na tela também está presente neste lançamento da empresa. Com isso em mente, se espera que tudo que a Apple fizer, independente do mercado para qual o lançamento seja direcionado, será uma tendência.

Os óculos de realidade aumentada da Apple, que terão dois processadores e dois painéis com resolução 4K, devem fazer com que esta indústria realmente siga um novo padrão.

Óculos de Realidade Aumentada da Apple não funcionará com iPhone

Muitas fabricantes, como a Samsung, até lançam modelos de óculos de realidade virtual, mas estes são mais focados como um acessório de celular do que como um dispositivo único. Os óculos de Realidade Aumentada da Apple não serão nem um pouco parecidos com isso e aparentemente eles terão seus próprios ecossistemas.

A empresa fabricante do iPhone está trabalhando em um modelo que funciona de forma independente, para que mesmo que uma pessoa não tenha um smartphone da empresa, ainda consiga ter acesso às funcionalidades. Essa decisão explicaria a inclusão dos dois painéis 4K ao invés de um celular ser utilizado como fonte de mídia.

Possível lançamento óculos da apple para o mercado de realidade aumentada
Designer imaginou possível produto da Apple para o mercado de realidade aumentada Foto: MacRumors

O analista Ming-chi Kuo também cita que não será necessário ter um Macbook para que os óculos sejam utilizados de forma prática. Até podemos esperar que os possíveis óculos de realidade aumentada da Apple tenham compatibilidade com os celulares lançados pela marca, mas isso não será uma necessidade única. A empresa, inclusive, tem planos de substituir o iPhone nos próximos dez anos por meio deste lançamento. Uma alta gama de aplicativos também já está sendo especialmente desenvolvida para os óculos de realidade aumentada da Apple.

Poder de processamento de chip M1

Apresentado pela primeira vez em 2020, o M1 é o processador da Apple que foi desenvolvido pela empresa apenas para ser inserido nos Macbooks lançados no mesmo ano. A casa da maçã optou por deixar sua parceria com a Intel de lado para, então, ter um maior controle de seu ecossistema. O grande conceito deste lançamento é entregar alta performance sem que um alto gasto de energia seja necessário.

Chip m1 da apple
Processador foi responsável por acabar com parceria da empresa com Intel
Foto: Apple

Há dois anos, quando lançou o chipset, a Apple chegou a citar que este era “o modelo de melhor performance por watt do mundo num computador pessoal.” Em 2021, com o lançamento de um novo Macbook Pro, esta linha de processadores ganhou duas novas versões, nomeadas como M1 Max e M1 Pro.

Assim que chegaram ao mercado, os testes apontaram que os chipsets criados pela empresa da maçã possuem o dobro de performance do Intel Core i9, que está presente em computadores de alta potência. Com isso em mente, se os óculos de realidade aumentada da Apple tiverem um processador que possui este mesmo poder que é focado em entregar produtividade sem que a bateria acabe em pouco tempo, podemos esperar uma grande revolução.

Quando o óculos de realidade aumentada da Apple deve ser lançado?

Ainda em desenvolvimento, estas são todas as informações sobre os possíveis óculos da Apple para o mercado de realidade aumentada. O analista aponta que os produtos deverão ser lançados durante o final do ano que vem, ainda sem uma data específica definida. A Apple possui o hábito de sempre apresentar suas novidades no segundo semestre, então realmente faz sentido pensar que veremos os possíveis óculos de realidade virtual durante esta parte do ano.

Possível lançamento óculos da apple para o mercado de realidade aumentada
Veremos modelo da empresa apenas no final de 2022
Foto: Nova Era Online

Possíveis preços sobre os óculos também não foram revelados, mas não espere pagar pouco em um modelo que conta com dois processadores e duas telas 4K.

O que você achou deste possível lançamento da empresa? Diga sua opinião pra gente nos comentários!

Veja também

Uma empresa que também está investindo bastante no lançamento de produtos interativos é o Meta e luvas para a realidade virtual foram apresentadas. Confira detalhes:

Fontes: The Verge, MacRumors e MS Power User

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados