Proteção para seu IP: saiba como proteger seus dados de hackers na internet

IP Proteção - Capa
O IP é o número de identificação dos PCs, por isso é importante que o usuário conheça suas propriedades e o proteja para se prevenir de ataques online

Acessar a internet exige uma enorme quantidade de informações que muitos usuários desconhecem. Entre essas informações, o IP, ou Internet Protocol (“protocolo de internet”, em tradução literal) é uma das mais importantes. Basicamente, o IP é um número de identificação que cada computador tem ao se conectar à internet, podendo ser identificado por praticamente qualquer site. 

O problema é que pessoas menos experientes no ambiente virtual podem acabar caindo em truques e fraudes por não entenderem a importância da proteção do IP. Por isso, é necessário saber como funciona a internet, evitando que seus dados caiam nas mãos de cibercriminosos. Uma dessas soluções é o uso de uma VPN, ou Virtual Private Network (“Rede Privada Virtual”, em tradução literal), que pode ajudar a proteger, além do IP, seus dados mais importantes.

Como o IP funciona?

Assim que você acessa uma página na internet, seu número de identificação (IP) é enviado para o site. Com esse dado, os sites de venda, por exemplo, podem oferecer produtos de acordo com a região do usuário, pois, assim como o código, a localização também é informada.

O Internet Protocol serve como o RG do computador
O IP (Internet Protocol) serve como o RG do computador

Enquanto navega, provavelmente você já deve ter se deparado com propagandas de lojas da sua região. Isso acontece porque os sites usam seu IP para descobrir até o provedor do serviço de internet contratado. Quem criou essa propaganda não é um hacker incrível, já que é uma informação que está pouco protegida e disponível. De qualquer maneira, isso não é bom, ainda mais em uma era onde o vazamento de dados se multiplica e eles são comercializados sem que as pessoas saibam. 

Se as pessoas sabem meu IP, eu corro perigo?

A resposta é não, até porque cada site acessado possui o número do IP de seus visitantes. Se isso fosse suficiente para um vazamento, a internet não seria um local seguro para ninguém. Felizmente isso não é verdade, e existem métodos eficazes para se proteger, evitando que pessoas de má-fé possam roubar seus dados importantes.

Ao acessar um site, ele automaticamente tem acesso à informações como localização e provedor de internet do visitante
Ao acessar um site, ele automaticamente tem acesso à informações como localização e provedor de internet do visitante

Saber mais sobre o seu IP é o primeiro passo para evitar ataques de hackers. E também não se deve confiar apenas em proteções básicas, como o firewall, por exemplo.

Entenda o golpe mais comum envolvendo o IP

Hackers podem aproveitar IPs desprotegidos para aplicar golpes virtuais
Hackers podem aproveitar IPs desprotegidos para aplicar golpes virtuais

Citamos o roteador pois ele é justamente uma porta de entrada para ataques cibernéticos. O criminoso pode usar o DNS, ou Domain Name System (“Sistema de Nomes de Domínio”, em português), que é uma ferramenta que “traduz” o IP para o site que você acessa pelo navegador.

Caso o seu roteador não tenha uma senha ou tenha vazado, um hacker pode mandar um DNS malicioso que fará seu acesso a um site do banco, rede social ou algo de valor ser redirecionado para uma página pirata que imita o verdadeiro. Sem perceber, os usuários acabam inserindo suas senhas e dados pessoais, que serão copiados e o golpe estará pronto para ser consumado. Esse crime é chamado de “Sequestro de DNS” e pode dar uma dor de cabeça enorme.

Os benefícios do VPN na segurança virtual

A VPN é um programa similar ao antivírus, mas com uma função diferente: ele protege a sua navegação ocultando dados, como o próprio IP. Você pode, inclusive, colocar como localização de sua entrada na internet uma cidade diferente ou até país.

Poder navegar de forma oculta é algo bastante positivo. Além disso, você pode acessar sites e plataformas como se fosse de outro país, podendo utilizar serviços online disponíveis somente no exterior. Os preços costumam ser bastante acessíveis e planos pagos de forma semestral e anual ficam ainda mais em conta.

Mais dicas para evitar golpes

Há várias dicas neste campo que podem ser dadas para você não sofrer um possível golpe na internet, que infelizmente se avolumam. Além de contratar uma VPN para ter uma navegação mais segura, é preciso certificar-se que a senha da internet é forte. Use maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais como exclamação, jogo da velha ou interrogação.

IP Proteção - 3
Use caracteres especiais na senha do Wi-fi

Isso porque, além do golpe citado acima, um hacker pode perfeitamente entrar na sua rede e ver quais são os dispositivos conectados. Isso facilita o vazamento de informações, seja via celular, videogame, tablet ou computador.

Não esqueça de mudar as senhas com frequência e confie em programas que ajudam a levantar a proteção de dispositivos e navegação, como uma VPN. Também deixe seu firewall em dia, fazendo as atualizações necessárias. Seguindo essas dicas, você navega na internet  com mais tranquilidade, sabendo que seus dados estarão seguros.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe um comentário: