Rastreador da Apple permitirá localizar objetos perdidos ou furtados

Encontre seu Mac de maneira mais fácil com o novo aplicativo Busca
Apple estaria preparando acessório rastreador para ajudar usuários a encontrar objetos perdidos usando o iPhone

Uma investigação do site MacRumors identificou referências a um rastreador de itens que estaria sendo desenvolvido pela Apple para auxiliar os usuários a encontrarem objetos perdidos ou possivelmente furtados. 

Imagem do rastreador Bluetooth da Apple encontrada no iOS 13
Imagem do rastreador Bluetooth da Apple encontrada no iOS 13

A descoberta foi feita pelo site em uma versão interna (ainda não distribuída publicamente pela Apple) da nova versão do sistema operacional do iPhone, o iOS 13, que deve ser liberado oficialmente pela empresa em setembro, pouco após o anúncio dos novos iPhones no dia 10/9. 

Rastreador de objetos usa Bluetooth

O acessório é redondo, branco e tem o logo da Apple no centro. É similar às tags Bluetooth vendidas por outros fabricantes e poderá ser anexado a virtualmente qualquer objeto, como chaves, carteiras, bolsas, mochilas e até bicicletas para permitir a localização desses itens caso o dono perca-os de vista.

O rastreador de itens poderá será anexado a vários objetos, como chaves, malas e bicicletas
O rastreador de itens poderá será anexado a vários objetos, como chaves, malas e bicicletas

O vazamento indica que o rastreador da Apple usará baterias removíveis redondas, similares às usadas em relógios e outros pequenos eletrônicos.

Aplicativo Buscar

No código-fonte do iOS 13 foram encontradas mensagens que indicam como o acessório integra-se ao aplicativo Buscar (que no novo sistema unifica os apps “Buscar Meu iPhone” e “Buscar Amigos” e foi rebatizado como “Find My” em inglês). 

Uma nova aba chamada “Itens” será exibida no Buscar – ao lado das abas Pessoas e Dispositivos – e nela serão listados os objetos pessoais nos quais o rastreador foi anexado. Assim como nas outras abas, é provável que os objetos sejam exibidos sobre um mapa.

A localização dos itens rastreados será feitas pelo novo aplicativo Buscar
A localização dos itens rastreados será feitas pelo novo aplicativo Buscar

Quando o usuário for afastado de um dos itens rastreados, receberá uma notificação no iPhone e poderá acionar um botão pra que o acessório emita um alerta sonoro, facilitando a localização do objeto. 

Caso o usuário não deseje ser constantemente notificado, poderá definir lugares específicos considerados “seguros”. Nestes locais, mesmo que o objeto seja afastado do dono, o alerta não será emitido automaticamente.

Se de fato o item tiver sido perdido ou furtado, o dono poderá usar o app Buscar para colocá-lo no “Modo perdido”. Esse modo permite que outros usuários de iPhones entrem em contato com o dono do objeto via telefone ou mensagem, caso o encontrem. 

Realidade Aumentada 

Outro recurso curioso encontrado pelo MacRumors no código-fonte do iOS 13 diz respeito a artefatos de realidade aumentada, como balões coloridos que a Apple poderá utilizar para indicar o paradeiro dos objetos anexados ao rastreador.

O rastreador usará realidade aumentada para ajudar o dono a localizar objetos perdidos
O rastreador usará realidade aumentada para ajudar o dono a localizar objetos perdidos

Por exemplo: imagine que um usuário tenha perdido as chaves em algum cômodo da casa e o chaveiro possua o rastreador anexado. Para localizá-las o usuário poderá abrir o modo de realidade aumentada e com a câmera do celular em mãos procurar por um balão vermelho e chamativo, o que é muito mais simples de achar do que as diminutas chaves.

Preço e disponibilidade

A versão do iOS 13 analisada pelo MacRumors e de onde as informações acima foram obtidas data do mês de junho desse ano, portanto não se sabe como está o desenvolvimento do rastreador e quais dos recursos de fato serão incluídos na versão oficial do sistema. 

É provável, contudo, que a Apple use o evento de revelação dos novos iPhones 11 na próxima semana para anunciar o nome, disponibilidade e preço do acessório. A principal marca desse segmento nos Estados Unidos chama-se Tile e custa a partir de 25 dólares a unidade (R$ 103,61) até 140 dólares (R$ 580,23) em um pacote com 8 rastreadores.

Dado o histórico da Apple, não seria uma supresa se o preço cobrado pela empresa seja mais alto que o da concorrência.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta