Android Q: todas as novidades do novo Android até momento

Android Q: todas as novidades até agora
Em fase beta, o Android Q já tem recursos que tornarão o uso cotidiano mais agradável

O Android Q está entre nós, em sua versão beta para desenvolvedores! Menos de um mês após o lançamento, os desenvolvedores já vasculharam todo o sistema operacional, descobrindo novos recursos e muitos bugs. Mas só terão as novidades. Listamos aqui recursos que o Android Q trará em sua versão, até o momento.

Aparência

Quem tinha Windows Phone se lembra como era divertido mudar o tema e cores do sistema. No Android Q, vai ter algo semelhante, já que será possível mudar a cor principal do sistema. Atualmente, as opções são limitadas as cores branca, preto, verde e roxo. A cor escolhida será exibida em diversos locais da interface do sistema, como nos atalhos da barra de notificações.

Android Q: todas as novidades até agora
Opções de cores no Android Q (Créditos: Marques Brownlee)

Os ícones dos aplicativos e central de ações podem ser personalizado em 4 formas: padrão, gota, retângulo arredondado e squircle.

Android Q: todas as novidades até agora
Opções de formas para ícones do sistema (Créditos: Marques Brownlee)

O tema escuro também chegou ao Android Q, mas não do jeito que esperávamos. Até o momento, ele não é uma opção unicamente de aparência, pois somente é acionado junto ao modo de economia de bateria. Houve mudança também na densidade do efeito de blur (desfoque) em uma capa de álbum de música na tela de bloqueio.

Ainda na tela de bloqueio, ao bloquear o aparelho, a tela continua a exibir a hora e ícones de notificação por alguns segundos até apagar completamente. Por último, a alteração de aparência mais contraditória: as curvas da tela e o vazio do notch ficam presentes nas screenshots.

Privacidade

Alguns aplicativos precisam de diversas permissões para funcionar, desde o SMS até a sua própria localização. No Android Q é possível ter maior controle sobre essas permissões com a opção “permitir apenas enquanto o aplicativo estiver em uso”. Assim, aplicativos em segundo plano não podem obter dados de seu celular enquanto você faz outras coisas.

Android Q: todas as novidades até agora
Usuário terá maior controle sobre a coleta de dados de sua localização (Créditos: Marques Brownlee)

O número de aplicativos com acesso a clipboard (área de transferência) diminuirá consideravelmente. No Android Q, por questões de segurança, apenas aplicativos de método de entrada (ex: apps de teclados) e alguns aplicativos em primeiro plano terão acesso ao clipboard.

O Google está dando um alerta aos desenvolvedores que ainda não atualizaram seus apps para os requisitos de privacidade do Android 8 Oreo. Na primeira vez que o usuário abrir esses aplicativos mais antigos, será apresentada uma tela do sistema com todas as permissões que o app pede, podendo ser concedidas manualmente.

O beta 2 do Android Q traz o armazenamento com escopo (Scoped Storage). Esse recurso permite que aplicativos gravem dados no celular apenas dentro de uma sandbox, sem afetar outros arquivos; mas exige permissão do usuário para liberar acesso às fotos, vídeos e áudios. Esse recurso traz maior segurança, pois o aplicativo rodará de maneira isolada: ele não fará alterações no sistema e todos os arquivos gerados são temporários.

Sistema

No Android Q, as notificações são dispensadas apenas deslizando para a direita. O intuito é que o deslizar para esquerda mostre as opções de “adiar” e “configurações” da notificação. É uma alteração que se assemelha ao iOS.

Android Q: todas as novidades até agora
Menu de compartilhamento está sutilmente melhorado (Créditos: Marques Brownlee)

Um estresse de se compartilhar pelo Android é a demora de carregar os destinatários frequentes. Isso pode atrapalhar a fluidez da ação e fazer com que, muitas vezes, prefira-se abrir o aplicativo desejado e fazer o próprio envio. No Android Q, na interface de compartilhamento, os destinatários recentes aparecem instantaneamente, junto a um endereço de link no topo que se pode copiar.

Notificações em bolhas são incorporadas nativamente ao sistema. Esse recurso é característico do Facebook Messenger. Desde o Android 8 Oreo, as chamadas em segundo plano ficam em uma bolha para executar ações. O Google está introduzindo agora a notificação em bolhas de modo nativo, para o recurso ser facilmente utilizado por desenvolvedores. Alguns aplicativos do sistema já utilizam o recurso no beta 2 do Android Q.

Android Q: todas as novidades até agora
Notificações surgem como bolhas para uso do aplicativo

O gerenciador de arquivos do sistema também está atualizado, com um visual melhor, mais filtros e novos recursos. Nas configurações da bateria, é possível ativar uma função que diz até que horas a bateria deve durar. A informação fica no topo da central de notificações, ao lado do ícone de bateria.

Android Q: todas as novidades até agora
Previsão de duração de bateria terá melhor visualização (Créditos: Marques Brownlee)

Ao se excluir um ícone ou widget de app da tela inicial, surgirá um botão para desfazer a ação.

O recurso de gravar tela está presente no Android Q, com gravação de voz e exibição de toques. Porém, há um bug que impede encerrar, pausar ou cancelar a gravação. A tela pisca, todos os aplicativos são fechados e o usuário é encaminhado para a tela de bloqueio. Para resolver, é necessário reiniciar o smartphone e nenhum arquivo de gravação é salvo.

Android Q: todas as novidades até agora
Em estado inicial, o gravador de tela tem erro crítico (Créditos: Marques Brownlee)

Quer experimentar o Android Q? Calma lá!

Até o momento, o beta do Android Q só está disponível para dispositivos Google Pixel. Smartphones de outras fabricantes devem ser incluídos, dentre elas a Samsung, Motorola, Xiaomi e LG.

Diante dos sérios bugs, que impedem a inicialização de aplicativos e jogos, além de uma diversos problemas que atrapalham atividades cotidianas, como redução da duração da bateria, não é recomendado atualizar seu único smartphone para o beta do Android Q. Serão seis fases do beta até o lançamento, portanto haverá versões mais estáveis a se testar.

  • Beta 1 (March 13, 2019);
  • Beta 2 (atualização de incrementações, beta, começo de abril 2019);
  • Beta 3 (atualização de incrementações, beta, começo maio 2019, coincidindo com o Google I/O);
  • Beta 4 (APIs finais e SDK oficial, beta, começo de junho 2019);
  • Beta 5 (teste com usuários no terceiro trimestre de 2019);
  • Beta 6 (último teste com usuários no terceiro trimestre 2019);
  • Lançamento final programado para o terceiro trimestre de 2019.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta

Receba notícias por e-mail