Facebook Messenger ganha funções do Zoom e videochamada com 50 pessoas

MessengerRooms Desktop Colored scaled
Além do Messenger Rooms com 50 pessoas em videochamada, a empresa anunciou outras novidades para o Instagram, Facebook e WhatsApp
Anúncio
Facebook Messenger ganha funções do Zoom e videochamada com 50 pessoas

O Facebook apresentou neste mês o Messenger Rooms (ou Salas do Messenger). Trata-se de um novo recurso que permite criar grupos e fazer videoconferência com até 50 amigos ao mesmo tempo. Ele funciona como um “grupo de vídeos”, onde qualquer pessoa pode assistir, mesmo aquelas que não possuem conta na rede social. Conforme explica o Facebook, o Messenger Rooms chegará a alguns países em breve, porém a lista das regiões não foi revelada. 

A companhia explica que o recurso poderá ser usado para organizar celebrações, passar o tempo com os amigos, ou criar um clube da leitura. O Messenger Rooms chega durante o boom das transmissões ao vivo nas redes sociais devido ao isolamento. A plataforma também é mais uma opção aos usuários e irá concorrer diretamente com o Zoom, Skype, Google Meet, entre outras.

Com os escândalos de privacidade envolvendo o Zoom, e também como uma estratégia de já possuir uma grande base de usuários, o Facebook está lançando diversos recursos de videochamadas para o Messenger. Além do serviço de mensagens, a empresa anunciou atualizações para o Instagram e o WhatsApp. Confira as novidades compartilhadas e veja como fazer chamada de vídeo com mais pessoas. 

Como o Messenger Rooms funciona 

Telas do Messenger Rooms
O Facebook está lançando o Messenger Rooms

Agora é possível criar salas de videochamadas no Messenger ou Facebook e convidar pessoas para participar. O objetivo do Facebook é permitir que o usuário crie salas de videochamadas para incluir até 50 participantes. Diferente do Instagram, o Messenger Rooms não terá limite de tempo. 

Quando a sala for criada, você consegue definir quem pode ver e participar, além de escolher se o grupo será aberto para qualquer pessoa da rede social ou privado. Ao utilizar o recurso, a pessoa terá acesso às configurações: trancar (para ninguém entrar sem autorização); remover um participante; bloquear um participante; denunciar; e sair (mesmo se a sala estiver trancada, você consegue deixar de participar). 

O organizador conseguirá compartilhar a sua sala no feed do Facebook, em grupos e eventos. Além disso, a experiência pode ficar ainda mais divertida com os filtros interativos de Realidade Aumentada (AR) e os novos recursos de Inteligência Artificial (AI), como um cenário de 360 graus.

Para usar o Messenger Rooms, não há a necessidade de baixar programa: basta utilizar o próprio Facebook ou Messenger pelo aplicativo. Em breve, a empresa anunciou que irá liberar a criação de salas no WhatsApp e no Direct do Instagram.

Para as crianças, o Facebook está trazendo para o Brasil (e outros 70 países) o Messenger Kids. Com o aplicativo (disponível para Android e iOS), os pequenos vão fazer lives com amigos e familiares em um ambiente totalmente lúdico. O acesso é controlado pelos pais. 

Messenger Kids
Messenger Kids chegou ao Brasil

Para os apaixonados que não podem marcar encontros, é possível manter a conversa com o parceiro/parceira graças ao Facebook Dating. Você só precisa marcar a conversa com a pessoa no aplicativo e depois fazer uma videochamada através do Messenger

Chamadas de vídeo no WhatsApp com até 8 pessoas

WhatsApp 8 pessoas
A empresa está permitindo criar videochamadas no WhatsApp com 8 pessoas

Outra novidade anunciada é o aprimoramento das chamadas de vídeo no WhatsApp. O popular mensageiro já oferece videochamadas há um certo tempo e, em breve, será viável fazê-las com até oito participantes. O Facebook ressalta que a função continuará segura (com criptografia de ponta-a-ponta) mesmo com mais pessoas participando.

A companhia não compartilhou quando a função estará disponível, mas a possibilidade de videochamadas com até oito pessoas deve chegar na versão mais recente do app para Android e iOS em breve.

Facebook e Instagram ganham novidades de vídeo

O Facebook está trazendo de volta a função Live With (ou “ao vivo com”, numa tradução livre), onde você poderá fazer lives com outras pessoas. A ferramenta geralmente é usada para entrevistar especialistas, celebridades, entre outras.

Os eventos do Facebook agora podem ser marcados como “online” e, para isso, a empresa está disponibilizando nos próximos dias o Facebook Live, para você fazer as suas transmissões ao vivo. Para ajudar os criadores de conteúdo e pequenas empresas, o organizador terá a opção de cobrar para que as pessoas tenham acesso à live.

Live no Facebook
Facebook está ganhando uma séries de novidades para você fazer lives na plataforma

Para os gamers, a rede social recomenda o uso da plataforma Facebook Gaming (o aplicativo está disponível apenas para Android). Nela, os usuários acompanham seus streamers favoritos, dentre outras atividades. 

Pensando na quantidade de pessoas online devido ao isolamento social, durante as lives, você poderá desativar a exibição do vídeo e ativar apenas o áudio. O recurso será útil naqueles momentos em que a sua internet estiver instável.

Por fim, o Instagram ganhou novidades significativas. A partir de agora, fica disponível assistir lives do Instagram pelo computador. Assim, o usuário poderá acompanhar as transmissões em tela maior e fazer outras atividades ao mesmo tempo (pelo celular). Além disso, através do PC, você consegue comentar nas lives. 

A segunda novidade tem a ver com a disponibilidade do conteúdo ao vivo. Antes, era permitido deixá-lo por 24 horas no Stories. Agora, você consegue também salvar o vídeo no IGTV para que todos possam assistir em outro momento.

Instagram Live no PC
Agora é possível ver lives do Instagram no PC

As novidades anunciadas pelo Facebook devem ser liberadas nos próximos dias. Assim como tem feito o Google, a companhia de Mark Zuckerberg aproveita o aumento do uso das plataformas para aprimorar e manter os usuários ativos. Isso acontece principalmente após o Zoom Meetings conquistar 100 milhões de contas durante a crise do coronavírus (COVID-19).

Com a pandemia, o Facebook sentiu a demanda aumentar em todos os seus serviços digitais. Diariamente 700 milhões de usuários do Messenger e do WhatsApp fazem chamadas, revelou a empresa. Em alguns países, a visualização de vídeos nessas plataformas sofreu um aumento significativo. O mesmo aconteceu em março passado no Facebook e no Instagram Live.

Fonte: Facebook; ITPro.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter