Franquias de tecnologia e a tendência para o futuro

Franquias de tecnologia e a tendência para o futuro

Avatar of vitta
Entenda como as franquias de tecnologia se tornaram uma tendência lucrativa e vantajosa no mundo dos negócios

Com o cenário atual da economia do país e no mundo, é normal que muitos investidores estejam receosos de investir em empreendimentos pouco confiáveis e com altos riscos de fracasso. As possibilidades de crescimento de um negócio é o que enchem os olhos das pessoas que pretendem aumentar sua renda e até mesmo alcançar altos patamares, como por exemplo franquias de tecnologia, que foram impulsionada pela alta transformação digital que ocorreu nos últimos anos.

Franquias de tecnologia e a tendência para o futuro
O investimento em franquias de tecnologia pode ser um bom negócio (Imagem: DepositPhotos)

Os investimentos não pararam, entretanto, há uma busca muito maior por negócios que oferecem menos riscos e até mesmo mais retorno a curto prazo, o que é uma grande vantagem. Porém, há um nicho muito bom que já está no mercado há muito tempo e que vem mostrando cada vez mais potencial: as franquias.

São opções práticas de negócio, com poucos riscos e que apresentam retorno relativamente rápido, o que tranquiliza o investidor. Aliado a este movimento, não podemos deixar de notar que todo o ramo que envolve tecnologia está crescendo exponencialmente. Pensando nisso, não seria interessante unir tecnologia e franquia?!

Neste artigo, vamos discutir sobre as franquias do futuro e como estão se apresentando como negócios promissores no país. Confira!

O que é uma rede de franquias? 

A franquia é um modelo de negócio vantajoso pois está diretamente ligada à uma marca em específico. O investidor tem o trabalho de apenas efetuar a compra, uma vez que a franquia já possui marca, infraestrutura, logotipo, símbolos, modelos de negócio, produtos, marketing e suporte.

Franquias de tecnologia e a tendência para o futuro
O mercado de tecnologia é um dos diversos setores disponíveis para franquias (Imagem: DepositPhotos)

Além disso, é possível abrir uma franquia em qualquer lugar, dependendo apenas do estilo e ramo a que se refere. O negócio pode ser um restaurante, uma loja de roupas, maquiagens, franquias na área de tecnologia, entre outros ramos, e conta com uma dinâmica composta por franqueado e franqueador.

Franqueado e Franqueador

O franqueado é quem compra a franquia e recebe todos os suportes necessários do franqueador, que é quem detém, de fato, a marca e é o dono da matriz (loja principal).

O franqueador oferece todo o suporte necessário, bem como treinamentos, consultorias, capacitações, suportes, materiais, embalagens e produtos.

Qual o dever do franqueado?

Neste caso, ele deve prestar algumas contas ao franqueador, bem como uma porcentagem de valor para arcar com as despesas e poder utilizar o nome da marca. Essa parceria é conhecida como “ganha, ganha”.

O setor de franchising no Brasil

O termo franchising significa a concessão dos direitos de uso da marca e/ou patente ao comprador da franquia. É um modelo um pouco diferente do que conhecemos, pois não engloba apenas o uso dos materiais e produtos da marca, mas também uma concessão da patente.

Franquias de tecnologia e a tendência para o futuro
Esse modelo de negócio, que envolve rede de franquias, está dentro dos termos legais (Imagem: DepositPhotos)

Todo franchising no Brasil é regulado pela lei 8.955/94 que se baseia na transparência dessa parceria, gerando a segurança jurídica para quem está fornecendo e para quem está comprando. Ou seja, é um modelo de negócio escalável, já estruturado e que já foi testado e aprovado.

Segmentos de franquia

As franquias e franchising podem ser de diversos segmentos, não há limitações em relação a isso. No Brasil, atualmente, temos diversos setores, tais como:

  • Casa e construção
  • Alimentação;
  • Comunicação;
  • Informática;
  • Eletrônicos;
  • Entretenimento e Lazer;
  • Bem-estar;
  • Hotelaria e turismo;
  • Limpeza e conservação;
  • Moda e acessórios;
  • Saúde e beleza;
  • Franquia tecnologia.

E muitos outros. Alguns investidores, inclusive, buscam tendências internacionais para trazer ao país e apostar em novos mercados. A maioria desses negócios conseguem fincar raízes e conquistar o público – outros, nem tanto. Vale sempre fazer um estudo de mercado.

Franquias de tecnologia e a tendência para o futuro
O estudo de mercado é essencial para investir em franquias (Imagem: DepositPhotos)

Tipos de franquias

  • Microfranquia: para investidores que possuem poucos recursos, com cerca de R$ 10.000 é possível abrir uma; 
  • Franquia Unitária: essa franquia pode ser comprada pelo investidor, porém quem definirá o local em que ficará situado será o próprio franqueador. O franqueado pode ter mais de uma, acontece muito com franquias de tecnologia baratas; 
  • Franquia Master: esta franquia é indicada para lugares com densidade demográfica grande, onde há várias pessoas e que o franqueado por abrir “franquias”, receber parte das taxas e os royalties dos seus franqueados; 
  • Franquia de Desenvolvimento: o franqueado terá a missão de desenvolver uma certa região, podendo abrir mais de uma franquia em um período de tempo para trabalhar melhor o segmento.

O crescimento do mercado de franquias de tecnologia

Assim como o desenvolvimento tecnológico, que está avançando exponencialmente, o negócio relacionado a este ramo também. Podemos considerar a tecnologia como a mina do tesouro deste século.

Franquias de tecnologia e a tendência para o futuro
A transformação digital das franquias ampliaram a margem para lucros maiores (Imagem: DepositPhotos)

Apostar em franquia de tecnologia significa investir em um negócio altamente lucrativo sem riscos de prejuízos ou que sejam muito baixos. No exterior, já é possível analisar um crescimento significativo em franquias de tecnologia também, ainda que as startups estejam muito populares.

Segundo a associação brasileira das empresas de software, a indústria de tecnologia no Brasil cresceu 22,9% e investiu cerca de R$200,3 bilhões.

Quais são as vantagens em abrir uma franquia de tecnologia?

As vantagens em abrir uma franquia de tecnologia são diversas. É um mercado que cresce a cada dia, muitas empresas precisam de suportes tecnológicos, a manutenção das ferramentas é super necessária.

Além de adquirir uma marca que já está pronta e que faz sucesso no mercado de tecnologia, tem a vantagem de ter treinamentos e consultorias únicas. Entretanto, é importante avaliar alguns pontos antes de fechar negócio com alguma marca.

Franquias de tecnologia e a tendência para o futuro
O mercado de tecnologia oferece várias oportunidades para negócios em franquias (Imagem: DepositPhotos)

O ideal é que haja um estudo de mercado, que leve em consideração o tempo da marca, os concorrentes que ela possui e como ela se sai perante à eles, qual o capital que ela administra e, consequente, você também administra, qualidade dos produtos e serviços oferecidos, quais os suportes do pós-venda e tipo de franquia que a matriz disponibilizará.

Vale ressaltar também que muitas pessoas acham que ao abrir uma franquia, elas poderão utilizar o CNPJ da franqueadora, mas não é bem assim que funciona. Sua empresa precisará ter sua própria razão social, afinal de contas, será uma companhia diferente da franqueadora.

Veja também

Entenda o que é NFT e como investir

Trabalho híbrido: dicas e ferramentas para colaboração online

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
45
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados