REVIEW: ROG Phone 2 é mais do que um ótimo smartphone gamer

Imagem destacada do ROG Phone 2
Com 6.000mAh de bateria, as melhores especificações técnicas e uma tela espetacular de 120Hz, o ROG Phone 2 também é ótimo para o dia a dia

A ASUS e a Republic of Gamers (ROG) lançaram no Brasil, em outubro, o smartphone mais rápido do mundo – até o momento. Trata-se do ROG Phone 2, um modelo completamente pensado e desenvolvido para os gamers mais ávidos. Mas ele é muito mais do que um poderoso smartphone para jogos, e nesta análise completa você vai conferir tudo o que achamos dele.

Mesmo com um designer gamer, o ROG Phone 2 também é para outros tipos de usuários
Mesmo com um designer gamer, o ROG Phone 2 também é para outros tipos de usuários

Visão geral

Pode parecer exagero, mas o mercado de jogos para dispositivos móveis é o que mais rende atualmente. Segundo uma pesquisa realizada pela NewZoo, empresa de mídia em estatística, a indústria de games se encontra no momento com 45% do todo representando os smartphones e tablets.

Pesquisa realizada pela NewZo

Com tanto dinheiro movimentando esse mercado em crescimento, fabricantes de smartphones passaram a produzir celulares com design, desempenho e acessórios focados em games. A ROG, departamento de gaming da ASUS, já lançou uma geração do modelo, e nesta nova versão promete entregar a melhor experiência mobile gaming já lançada.

Para se diferenciar dos smartphones topo de linha, o ROG Phone 2 é equipado com uma versão do Snapdragon 855 focado em games, tela enorme com 120Hz de taxa de atualização, uma bateria gigante para aguentar horas de jogatina e um ecossistema de acessórios que otimizam a experiência para quem o melhor.

Mas além de tudo isso, o ROG Phone 2 também pode ser uma ótima opção para quem não é um gamer de plantão mas gostaria de um celular que dure, no mínimo, 3 anos, sem passar a apresentar problemas de desempenho.

Construção e design

O ROG Phone 2 tem uma construção robusta e um designer característico dos gamers
O ROG Phone 2 tem uma construção robusta e um designer característico dos gamers

O design do ROG Phone 2 é perfeito, mas não é feito para todos. O smartphone é todo construído em vidro Gorilla Glass 6 e metal nas laterais. Sua aparência é aquilo que esperamos de um produto gamer: na parte de trás você encontra um design de polarização linear, onde as linhas fixas passeiam por todo corpo do smartphone de forma fixa. No meio dele há o logo da Republic of Gamers em LED RGB – a sensação é a mesma de quando você vê seu setup gamer todo colorido!

Ainda na traseira, você encontra as duas câmeras e uma saída de ar para haver uma troca externa de calor com o interior do dispositivo.

Parte traseira traz um logo em LED RGB muito característico
Parte traseira traz um logo em LED RGB muito característico

O smartphone se destaca também na parte frontal, indo na contramão da tendência atual de “quanto menos, melhor”. Por exemplo, as bordas inferiores e superiores são maiores, mas evita que o ROG Phone 2 tenha um notch, facilita a saída de som, já que evita que o usuário abafe enquanto joga, além de minimizar toques acidentais, o que é um grande problema em smartphones topo de linha com bordas curvas, etc.

O formato do display é de 19,5:9, o que acabou tornando o ROG Phone 2 um pouco mais comprido. Mas isso não chega a ser um ponto negativo: mesmo não sendo possível encostar na outra ponta do celular na vertical, na horizontal é mais fácil para encostar em todas as extremidades enquanto joga.

Formato 19,5:9 faz dele ser bem cumprido, mas a pegada é muito boa
Formato 19,5:9 faz dele ser bem cumprido, mas a pegada é muito boa

A pegada é realmente muito firme e boa, apesar do celular ser pesado. São 240 gramas, um mais pesados do mercado atualmente. Seu peso é justificado, porém, pela bateria gigante de 6.000mAh. Durante uma rotina comum de uso, o ROG Phone 2 não pesou nas mãos e tampouco incomodou durante a jogatina.

Portas e conexões

O ROG Phone 2 é o único smartphone do mercado equipado com três portas USB-C, sendo duas nas laterais e uma no local tradicional na parte inferior. Os motivos são nobres e muito bem-vindos: se você estiver navegando normalmente e quiser parar para recarregar o celular, a porta tradicional é a opção mais “correta”. As duas outras portas servem para quando você estiver jogando na horizontal e precisar de carga; basta plugar em uma porta e você não é atrapalhado por fios enquanto continua jogando. Vale mencionar que uma dessas portas USB-C são dedicadas para os acessórios ROG, que falaremos mais para frente.

Continuando nas entradas, não poderia faltar um conector de 3.5mm para fones de ouvido, localizada ao lado da porta USB-C, e os botões de volume e Liga/Desliga ficam dispostas na lateral direita.

Tela/Display

O display do ROG Phone 2 tem 120Hz e 1ms de tempo de resposta
O display do ROG Phone 2 tem 120Hz e 1ms de tempo de resposta

O display do ROG Phone 2 não é revolucionário ou inovador, porém faz muito bem o seu trabalho dentro da categoria. Ele tem 6,59 de tamanho no formato 19,5:9, 1ms de tempo de resposta e taxa de atualização de 120Hz – um sonho de qualquer gamer para qualquer monitor para jogos. Os benefícios desses números se estendem às telas dos smartphones: quanto menor for o tempo de resposta, mais instantâneo será a execução do seu comando.

Já a taxa de atualização de 120Hz melhora tanto os jogos quanto a própria navegação do sistema. Navegar pelo ROG Phone 2 é uma experiência quase mágica. Não é possível ver fantasmas na tela e as transições são extremamente suaves. Em jogos, você garante gráficos mais bonitos, lisos e hipnotizantes.

As transições são suaves e não é possível ver fantasmas
As transições são suaves e não é possível ver fantasmas

E não é só isso. O smartphone traz um sensor de toques na tela que trabalha a 240Hz – para efeitos de comparação, os novos iPhone 11 trazem 120Hz. Na prática, aliado ao 1 milissegundo de tempo de resposta, você tem respostas mais rápidas em jogos online, principalmente.

Em relação à qualidade da tela, não podemos reclamar do ROG Phone 2. As 6,59 polegadas tem resolução Full HD+ e tecnologia de painel AMOLED, exibindo 391ppi de densidade e ocupando cerca de 80% da área frontal. A tela suporta HDR10 e tem padrão DCI-P3 108%. Devido ao AMOLED, o contraste é intenso e os pretos são realmente pretos, o que ajuda na imersão em conteúdos multimídia, por exemplo.

A falta de uma resolução maior não fez falta, apesar de ser muito bem-vindo
A falta de uma resolução maior não fez falta, apesar de ser muito bem-vindo

O brilho também é bastante alto, sendo ideal para visualização mesmo sob a luz do sol. Por ser um smartphone acima dos topos de linha, o ideal para uma tela tão grande seria uma resolução, no mínimo, 2K (Quad HD+). À princípio, parecia que o Full HD+ seria um problema maior, mas na prática não foi possível enxergar pixels na tela e a experiência em jogos foi bastante satisfatória.

Som

O som é outro departamento onde o ROG Phone 2 surpreendeu logo de cara. Ele traz dois alto-falantes estéreo com amplificador dedicado, e tanto jogos quanto vídeos no YouTube são reproduzidos com uma potência que nunca ouvi antes em um smartphone.

Não só a altura, mas a sua qualidade sonora é digna de nota. Os graves são muito fortes e o som é brilhoso e limpo mesmo no volume máximo. O sample que recebemos para testes não veio com fones de ouvido na caixa, mas não se preocupe que a versão final acompanha um par de fones de boa qualidade, segundo uma pesquisa rápida. Entretanto, para ter uma experiência mais profissional, vale a pena optar por um headset mais potente.

Hardware e desempenho

A versão Plus do Snapdragon 855 é focada em games e inteligência artificial
A versão Plus do Snapdragon 855 é focada em games e inteligência artificial

Se você chegou até aqui e pensou “Nossa, que smartphone perfeito”, é que você nunca ouviu falar do seu verdadeiro diferencial: desempenho.

Como é de se esperar, e cansei de comentar ao longo deste review, ele é equipado com o que há de mais recente em hardware atualmente: processador Snapdragon 855+, da Qualcomm, uma versão “turbo” com foco em games e inteligência artificial que é 15% mais rápida em GPU em relação ao Snapdragon 855, 12GB de memória RAM LPDDR4X, armazenamento UFS 3.0 e memória interna de 512GB.

12GB de memória RAM é um exagero para um smartphone e a maioria dos desktops mais “tradicionais” possuem, em média, 8GB. Então para que colocar tanta memória RAM em um dispositivo tão “pequeno”? Como comentei mais acima, mesmo se você não for um gamer de plantão, o ROG Phone 2 é um excelente smartphone para o dia a dia, e essa quantidade de RAM é a garantia de que nada, mas absolutamente nada, vai travar pelos próximos 3 ou 4 anos – isso se não acontecer uma revolução até lá.

E a sensação de jogar no ROG Phone 2? Simplesmente excepcional. Todo design, funções, ergonomia foi pensado para esse momento, e não há nenhum smartphone hoje no mercado que possibilite tamanha satisfação ao jogar.

O ROG Phone 2 acompanha alguns recursos únicos e especiais que melhoram e muito essa sensação ao jogar. O que mais se destaca são os AirTriggers, que são botões de disparo sensíveis à pressão localizados na parte onde repousa o dedo indicador quando em modo horizontal. Dessa forma, você tem uma experiência bastante semelhante a um gamepad. Segundo a ASUS/ROG, a nova geração melhorou a latência, que passou para 20ms, o que melhora a precisão em jogos online, onde a ação é mais instantânea. Além disso, é possível configurar esses botões para cada jogo específico.

Botões AirTriggers são de pressão e adicionam botões gatilhos em jogos
Botões AirTriggers são de pressão e adicionam botões gatilhos em jogos

Ecossistema ROG

A ASUS/ROG leva à sério o conceito de “dispositivo gamer”, e o ROG Phone 2 não foi lançado sozinho. Na caixa do smartphone vem somente o AeroActive Cooler II, um acessório que você pluga na porta USB-C lateral, que serve como uma ventoinha extra para manter o ROG Phone 2 resfriado enquanto roda jogos. A conexão é feito com muita facilidade e não atrapalha a jogatina.

REVIEW: ROG Phone 2 é mais do que um ótimo smartphone gamer

O ROG Kunai Gamepad é um joystick que traz duas funções principais: servir como um joystick tradicional para smartphones; ou acoplar ao ROG Phone 2 para se tornar uma espécie de Nintendo Switch. O gamepad pode ser conectado por Bluetooth ou também via USB-C, tem bateria de oito horas e carrega via USB-C. O sample que recebemos para testes não trazia estes acessórios extras.

Novo controle para o ROG Phone 2 pode ser desassociado para virar uma espécie de Switch
Novo controle para o ROG Phone 2 pode ser desassociado para virar uma espécie de Switch (Reprodução: GeekCulture)

A ASUS também desenvolveu o TwinView Dock II, que é praticamente uma segunda tela para ver informações extras em jogos, visualizar chats, etc. A tela tem 6,6 polegadas de tamanho e traz os mesmos 120Hz de tempo de resposta, Além disso, há uma bateria de 5.000mAh na tela secundária e um conector 3.5mm para fones de ouvido.

Acessório adiciona uma segunda tela ao smartphone, fazendo possível a visualização de chats e outras informações
Acessório adiciona uma segunda tela ao smartphone, fazendo possível a visualização de chats e outras informações (Reprodução: GeekCulture)

Quer transformar o ROG Phone 2 em uma estação de jogos? O Mobile Desktop Dock faz isso para você. Ele permite que você conecte seu smartphone a um monitor 4K 60Hz, teclado e mouse para jogar os títulos do celular (como Free Fire, Cyber Hunter, Call of Duty: Mobile)

Você pode conectar seu Dock a um monitor 4K e teclado e mouse
Você pode conectar seu Dock a um monitor 4K e teclado e mouse (Reprodução: GeekCulture)

Vale lembrar que estes acessórios ainda não estão disponíveis no Brasil mas sua página internacional tem envio para o país.

Câmeras

As câmeras do ROG Phone 2 são as mesmas que você encontra no Zenfone 6, com exceção do módulo giratório. Ou seja, a câmera principal tem sensor Sony IMX586 de 48MP e abertura de f/1.8 e a segunda é uma ultra grande-angular (125º) de 13MP e abertura de f/2.4. Elas são capazes de gravar vídeos em 2160p a 30/60fps ou 1080p a 240fps. Já a frontal tem 24MP, abertura de f/2.2 e grava vídeos em 1080p a 30fps.

Se seu hardware é superior em relação aos concorrentes, não podemos dizer o mesmo sobre o conjunto fotográfico do ROG Phone 2. Não é que os resultados sejam ruins, ele faz boas fotos em boas condições de luz, as cores tendem a ser mais frias e pouco saturadas, mas o resultado final agrada bastante.

Resultados são parecidos com os apresentados no Zenfone 6
REVIEW: ROG Phone 2 é mais do que um ótimo smartphone gamer

O desempenho da segunda câmera é bem similar ao presente no mercado atualmente. É uma câmera com qualidade ok em boas condições de luz para fazer fotos com amigos. Entretanto, sofre com cores lavadas e ruídos em ambientes mais escuros.

Em condições mais desafiadoras, o ROG Phone 2 repete os mesmos defeitos do Zenfone 6, apresentando bastante ruído.

Já em selfies, o modo retrato foi feito com uma qualidade mesmo sem um sensor time of flight (TOF 3D) presente.

Sefies com modo retrato são de boa qualidade

Se seu foco for fazer fotos profissionais, há dezenas de outros modelos que fazem imagens melhores que o ROG Phone 2, mas ele tem uma câmera decente para o dia a dia e postagens nas redes sociais.

Software

O ROG Phone 2 traz dois temas, um padrão e um para jogos
O ROG Phone 2 traz dois temas, um padrão e um para jogos

O ROG Phone 2 traz o sistema operacional Android 9.0 Pie de fábrica. Um ponto positivo da interface é a sua aparência quase “pura”, com transições, ícones e navegação tradicionais do sistema do Google, assim como o Zenfone 6.

Entretanto, a novidade no smartphone gamer é que também há um tema gamer, que você pode escolher entre os dois nas configurações iniciais.

Devido ao seu destaque em ROG Phone 2 vem com uma boa navegação no modo horizontal.

O ROG Phone 2 é livre de bloatwares (apps desnecessários), mas traz alguns apps próprios desenvolvidos para os gamers. O primeiro é o Armory Crate, que é basicamente uma central de controle onde você consegue visualizar todos os jogos instalados e as estatísticas do celular, como temperatura, armazenamento interno, uso do processador, uso da memória RAM, etc. Além disso, é aqui onde você configura os AirTriggers, o LED RGB e os perfis de jogos.

O ROG Phone 2 tem interface bem próxima ao Android puro
O ROG Phone 2 tem interface bem próxima ao Android puro

Como não poderia faltar em um modelo gamer, há também uma espécie de overclock, para dar boost em toda performance e em cada jogo específico. Se você quiser ir além, é possível alterar a velocidade de cada clock individualmente – mas recomendamos apenas se você já tiver conhecimento.

Recursos extras otimizam a experiência com o smartphone
Recursos extras otimizam a experiência com o smartphone

Já o Game Genie exibe um pop-up na tela que facilita o acesso e visualização dos recursos ativos no smartphone. É por ele, por exemplo, que você faz a gravação da tela, limpa o cachê da memória RAM.

Entretanto, durante o período da produção deste review, ainda era possível encontrar alguns engasgos no software, principalmente quando em modo gaming. Até a data de publicação desta análise, a ASUS já deve ter soltado uma atualização para a interface do sistema.

Bateria

A ASUS equipou o ROG Phone 2 com uma bateria generosa de 6.000mAh. O smartphone é capaz de oferecer mais de 24 horas de com muita tranquilidade.

Em nossa bateria de testes rotineiros, saímos com o smartphone de casa às 7h com 100%. Jogando bastante jogo online, acessando redes sociais pelo 4G e Wi-Fi e gravando vídeos 4K, foi possível chegar em casa por volta das 20h com cerca de 50% restantes, uma marca excelente. Em situações mais moderadas, ele facilmente a casa dos dois dias de uso.

Quando a carga acabar, você poderá recarregá-lo com um carregador de 30W de potência, que vai de 10% a 100% em pouco mais de 1h30. Um lembrete: a ASUS avisa que é preciso recarregar o ROG Phone 2 até 100%. Durante nossos testes, se ele permanecer, em média, entre 50% e 60%, poderá ficar muito bem até um dia e meio sem pedir recarga.

Considerações finais

A ASUS/ROG fez um excelente trabalho com o ROG Phone 2. Sua construção robusta e linear é bem característico, o display com 120Hz de taxa de atualização faz dos jogos parecerem tão bonitos como são, e seu hardware é excelente tanto para games como para o uso diário. Ele é um smartphone completo e, apesar de ser focado no perfil gamer, pode muito ber usado tarefas diárias, trabalho e multimídia.

Com exceção da câmera de qualidade mediana e a resolução da tela que poderia ser 2K, por R$ 4.229,00 o ROG Phone 2 é um excelente investimento caso você deseje um smartphone potente para os próximos três ou quatro anos.

Especificações técnicas (ASUS ROG Phone 2)

EspecificaçõesASUS ROG Phone 2
Dimensões e
peso
171 x 77.6 x 9.5 mm
240g
ConstruçãoVidro e metal
TelaAMOLED 6.59” (80.3% de aproveitamento)
1080 x 2340 pixels, 19.5:9 ratio
391 ppi densidade
Corning Gorilla Glass 6
DCI-P3 108%
HDR10
120Hz
240Hz touch-sensing
Sistema
operacional
Android 9.0 Pie
Interface quase pura do Android
Interface gamer
ProcessadorSnapdragon 855+
Octa-core (1×2.96 GHz + 3×2.42 GHz + 4×1.78 GHz)
GPU Adreno 640 (700 MHz)
Memória RAM e
armazenamento
12GB de RAM + 512GB de armazenamento
Câmera traseira48 MP, f/1.8, 26mm (wide), 1/2.0″, 0.8µm, PDAF, Laser AF
13 MP, f/2.4, 11mm (ultrawide)
LED flash, HDR, panorama
[email protected]/60fps,
[email protected]/60/240fps,
[email protected]; gyro-EIS (except @240/480fps)
Câmera frontal24MP, f/2.2, 0.9µm
Panorama, HDR
[email protected]
SomDTS:X alto-falantes estéreo
(2 amplificadores dedicados)
Entrada de 3.5mm para fones de ouvido 
24-bit/192kHz audio
Cancelamento de ruído ativo
TS Headphone X
ConectividadeWi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac/ad, dual-band, Wi-Fi Direct, hotspot
Bluetooth 5.0, A2DP, LE, aptX HD
GPS dual-band A-GPS, GLONASS, BDS, GALILEO, QZSS
NFC
Radio
FM radio
USB 3.1, Type-C 1.0 reversible connector; accessory connector
SensoresLeitor de digitais
Acelerômetro
Giroscópio
Proximidade
Compasso
Bateria6000 mAh battery
Fast battery charging 30W (Quick Charge 4.0)
Power bank/Reverse charging 10W
CoresÚnica (preto com listras traseiras)
PreçoR$ 4.299,00
ROG Phone 2 é mais do que um ótimo smartphone gamer
  • Construção e design - 10/10
    10/10
  • Tela/Display - 9.5/10
    9.5/10
  • Som - 9.5/10
    9.5/10
  • Hardware e desempenho - 10/10
    10/10
  • Software/Interface - 9/10
    9/10
  • Câmeras - 7.5/10
    7.5/10
  • Bateria - 10/10
    10/10
  • Acessórios ROG - 10/10
    10/10
9.4/10

Considerações finais e pós e contras

O ROG Phone 2 é um smartphone gamer com tela de 120Hz AMOLED, um bateria gigantesca de 6000mAh com carregamento rápido, as últimas especificações técnicas e câmeras do Zenfone 6. Mas além disso, ele também é ideal para usos diários.

Pros

  • Construção robusta;
  • Design gamer e característico;
  • Tela de 120Hz deslumbrante;
  • Últimas especificações técnicas;
  • Bateria gigante;
  • Ecossistema ROG completo;
  • Interface quase pura;
  • Recursos extras muito bem-vindos;
  • Preço no Brasil condiz com suas configurações.

Cons

  • Câmeras poderiam ser melhores;
  • Tela poderia ser 2K; 
  • Bugs na interface nos dias de testes.
Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter