WhatsApp anuncia novo aplicativo voltado para empresas

WhatsApp empresas
Novo aplicativo "WhatsApp Business for Small Business and Enterprise Solution" busca facilitar o contato entre empresas e clientes
Anúncio
WhatsApp anuncia novo aplicativo voltado para empresas

O WhatsApp anuncia novo aplicativo voltado para empresas

O WhatsApp anunciou de forma oficial que está testando uma versão do aplicativo voltada para empresas. O aplicativo que deve ser lançado nos próximos meses e está sendo chamado internacionalmente de WhatsApp Business for Small Business and Enterprise Solution, mas pode receber outro nome quando estiver disponível comercialmente.

A promessa é facilitar a comunicação entre empresas e clientes. Entre as ferramentas que o novo aplicativo oferece, estão as contas verificadas, o que traria uma maior segurança para quem entra em contato, além da possibilidade para que as empresas possam fornecer aos clientes notificações úteis como horários de voos, confirmações de entrega e outras atualizações.

Segundo o blog oficial do aplicativo, as empresas querem estar no aplicativo de forma oficial. “Um perfil verificado facilita para que as pessoas identifiquem uma empresa”, diz o comunicado. O WhatsApp já começou um programa piloto de verificação de contas de empresas para seus usuários. O aplicativo, assim como o Instagram e Facebook, passou a marcar com um sinal verde as contas de companhias que já foram verificadas.

O WhatsApp anuncia novo aplicativo voltado para empresas
Comunicado oficial na blog oficial do aplicativo

Outra novidade, é que as empresas poderão se comunicar ou enviar propagandas para os usuários. Porém, para isto, seria necessário algum tipo de autorização dada pelo usuário, o que ainda não foi detalhado pela companhia. Assim como no aplicativo principal, também será possível bloquear contatos indesejados.

WhatsApp busca novas fontes de renda

O WhatsApp anuncia novo aplicativo voltado para empresas

O aplicativo voltado para empresas pode ser uma forma do WhatsApp tentar obter uma nova fonte de renda, embora inicialmente o serviço serja gratuito tanto para os pequenos usuários quanto para as para empresas. No futuro, a companhia pretende cobrar das grandes empresas.

“Nós pretendemos cobrar das empresas no futuro”, disse Matt Idema, executivo do WhatsApp. Porém ainda não foram definidos os detalhes de como seria esta cobrança. Outra forma do aplicativo obter recursos poderia ser utilizar o WhatsApp Status, clone do Snapchat, que tem cerca de 250 milhões de usuários diários, para veicular anúncios entre o conteúdo dos amigos, de forma idêntica ao que já é feito pelo Instagram.

O WhatsApp foi comprado pelo Facebook por US$ 19 bilhões, em 2014, e, desde então, triplicou de tamanho. Atualmente, o aplicativo tem mais de 1,3 bilhão de usuários mensais e 1 bilhão de usuários diários.

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter