Cobertura Oscar 2020: Quais são as melhores atuações do ano?

OSCARS6
Neste post você saber um pouco mais sobre as 4 categorias de atuação: Melhor Ator, Ator Coadjuvante, Atriz e Atriz Coajdjuvante, além de algumas curiosidades!
Anúncio
Cobertura Oscar 2020: Quais são as melhores atuações do ano?

MELHOR ATOR COADJUVANTE

A categoria que é entregue desde 1937 tem algumas curiosidades interessantes:

A ator com o maior número de vitórias é Walter Brennan. De suas 4 indicações, ele ganhou 3 vezes: “Meu Filho é Meu Rival” (1937) “Romance do Sul” (1939), “O Galante Aventureiro” (1941).

Vamos combinar que a tradução dos títulos para o português também merece um Oscar. Veja os títulos em inglês abaixo.

Sete atores estão empatados com mais indicações nesta categoria, cada um com quatro: Walter Brennan, Jeff Bridges, Robert Duvall, Arthur Kennedy, Jack Nicholson, Al Pacino e Claude Rains.

O ator mais velho a ganhar foi Christopher Plummer, que ganhou por “Toda Forma de Amor” (2011), aos tinha 82 anos.
O ator mais jovem a ganhar foi Timothy Hutton, que ganhou aos 20 anos por “Gente Como a Gente” (1981).

Os indicados ao oscar 2020 de Melhor Ator Coadjuvante são:

Al Pacino por “O Irlandês

Pacino fez um incrível trabalho como Jimmy Hoffa, uma verdadeira força no filme. Ele na verdade poderia até ser indicado como Melhor Ator, afinal ele tem tanto tempo em tela quanto Robert De Niro.

Al Pacino - O Irlandês

Esta é a 9ª indicação de Pacino ao Oscar. Sua única vitória foi pelo filme “Perfume de Mulher” (1993), porém na categoria de Melhor Ator.

Veja abaixo no Oscar de 1993.

Anthony Hopkins por “Dois Papas

A performance de Hopkins é absolutamente fenomenal. Eu o considero um dos grandes atores da história do cinema e fico feliz que ele recebeu ao menos esta indicação. Ele consegue transmitir toda a angústia e a dúvida do Papa Bento.

Anthony Hopkins em Dois Papas

Esta é a 5ª indicação de Hopkins ao Oscar e, a 1ª em que é indicado na categoria de coadjuvante. Hopkins venceu apenas uma vez ,na categoria de Melhor Ator, pelo seu congrado papel como Hannibal Lecter em “O Silêncio dos Inocentes” (1992)

Anthony-Hopkins

Brad Pitt por “Era Uma Vez em… Hollywood

Pitt é Cliff Booth, que no épico de Tarantino, é o dublê de Rick Dalton (interpretado por Leonardo Dicaprio). Ele funciona como os olhos da plateia, percorrendo por Los Angeles e resolvendo pendências para Dalton, mas também encontrando com o clã Manson.

Brad Pitt

Esta é a 4ª indicação de Pitt na categoria de atuação: ele foi indicado anteriormente como coadjuvante em “Doze Macacos” (1996) e ator principal tanto por “O Curioso Caso de Benjamin Button” (2009), como por “Moneyball” (2012).
Ele recebeu mais 3 indicações como produtor e venceu em uma das ocasiões pelo filme “12 Anos de Escravidão” (2014).

12 anos de escravidão

Joe Pesci por “O Irlandês

Pesci interpreta Russell Bufalino, um dos grandes nomes da máfia americana. Sua performance é incrível e ele realmente eleva as cenas que participa. Scorsese tirou Pesci da aposentadoria para o filme e com certeza fez valer a pena.

Joe Pesci Oscar 2020

Esta marca a 3ª indicação de Pesci ao Oscar, sempre na categoria de Melhor Ator Coadjuvante.
Pesci ganhou em uma das ocasiões, também por um filme de Scorsese: “Os Bons Companheiros” (1991).

Joe Pesci

Tom Hanks por “Um Lindo Dia na Vizinhança

Um dos nomes mais importantes da televisão e educação americana, Fred Rogers toma vida com uma atuação bela e sensível de Tom Hanks.

Tom Hanks

Esta é 6ª indicação de Tom Hanks ao Oscar, e, assim como Hopkins, essa é a 1ª vez que concorre na categoria de Melhor Ator Coadjuvante. O ator ganhou duas vezes na categoria de Melhor Ator, em anos consecutivos: “Philadelphia” (1993) e “Forrest Gump – Contador de Histórias” (1994).

QUEM MERECE GANHAR
Anthony Hopkins por “Dois Papas
É uma performance poderosa e cheia de nuances.

QUEM VAI GANHAR
Brad Pitt por “Era uma Vez em… Hollywood
Pitt ganhou praticamente todos os prêmios precursores, então é praticamente impossível que não leve.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Esta categoria também é entregue desde 1937. Vamos a algumas curiosidades?

Duas atrizes estão empatadas com 2 prêmios cada na categoria de melhor atriz coadjuvante. Shelley Winters levou por “O Diário de Anne Frank” (1960) e “Quando Só o Coração Vê” (1966) e Dianne Wiest levou por “Hannah e Suas Irmãs” (1987) e “Tiros na Broadway” (1995).

A atriz Thelma Ritter é recordista na categoria, com 6 indicações, mas nunca saiu vitoriosa.

A atriz mais velha a ganhar o prêmio é a britânica Peggy Ashcroft, que levou a estatueta por “Passagem Para a Índia” (1985). Já a atriz mais nova a ser indicada e vencer o prêmio foi Tatum O’Neal por “Lua de Papel” (1974). Veja abaixo seu discurso no Oscar de 1974.

As indicadas ao oscar 2020 de Melhor Atriz Coadjuvante são:

Florence Pugh por “Adoráveis Mulheres

A construção da sua personagem Amy March é muito sensível e real. Ela tem excelentes cenas e sua indicação foi absolutamente merecida.

Florence Pugh

Esta é a 1ª indicação de Florence Pugh.

Kathy Bates por “O Caso de Richard Jewell

Até o momento dessa publicação não tive acesso a este filme.

Kathy Bates

Esta é a 4ª indicação de Bates ao Oscar. Ela venceu anteriormente, na categoria de Melhor Atriz pelo seu excelente e assustador trabalho em “Louca Obsessão” (1991)

Louca Obsessão

Laura Dern por “História de um Casamento

A atriz interpreta neste filme uma feroz e empoderada advogada. Honestamente, sua performance é muito similar ao seu personagem Renata Klein na série “Big Little Lies“, no entanto, Dern interpreta o papel como ninguém.

Laura Dern

Esta é 3ª indicação de Laura Dern ao Oscar. Ela foi indicada antes como Atriz Coadjuvante por “Livre” (2014) e “As Noites de Rose” (1992).

Margot Robbie por “O Escândalo

Um dos poucos personagens criados especificamente para o filme foi o de Margot Robbie, que serve como uma “testemunha” para nós espectadores das bizarrices nos bastidores da Fox News. Ela passa por toda uma gama de emoções e tem algumas cenas bastante marcantes.

Margot Robbie

Essa é 2ª indicação de Margot Robbie. Ela fora indicada anteriormente por “Eu, Tonya” (2018) como Melhor Atriz. Mas agora os fãs de quadrinhos estão mesmo é ansiosos pela sua aparição como Arlequina no novíssimo “Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa“.

Margot Robbie

Scarlett Johansson por “Jojo Rabbit

A personagem Rosie é muito bem construída: enquanto seu filho demonstra uma obsessão por Hitler, Rosie permanece imparcial, tentando buscar a beleza no seu pequeno universo. Uma performance tocante.

Cobertura Oscar 2020: Quais são as melhores atuações do ano?

A Viúva Negra recebe no Oscar 2020 sua 1ª e 2ª indicação simultaneamente! Scarlett entra para um grupo seleto de atores que receberam indicações em categorias diferentes no mesmo ano. Ela se tornou a 12ª pessoa a conseguir isto. Ela também está indicada como Melhor Atriz por “História de um Casamento

QUEM MERECE GANHAR
Florence Pugh por “Adoráveis Mulheres
É uma performance tocante e que mistura bons elementos de leveza e drama.

QUEM VAI GANHAR
Laura Dern por “História de um Casamento
Além de ter levado todos os prêmios precursores, a atriz ganha também por um conjunto da sua obra.

MELHOR ATOR

A categoria de melhor ator surgiu logo na 1ª edição do Oscar em 1929.

Dois atores detêm o maior número de indicações, com 9 indicações cada: Spencer Tracy e Laurence Olivier. Spencer saiu vitorioso duas vezes pelos filmes “Marujo Intrépido” (1938) e “Com os Braços Abertos” (1939). Laurence Olivier ganhou apenas uma vez, pelo filme “Hamlet” (1949)

O ator mais consagrado na categoria é Daniel Day Lewis. De suas seis indicações – sempre na categoria Melhor Ator – ele levou a estatueta três vezes. O ator inglês é conhecido em Hollywood por ter métodos bastante ortodoxos nos set de filmagem e costuma desaparecer nos seus papéis. Os três Oscar foram pelos filmes “Meu Pé Esquerdo” (1990), “Sangue Negro” (2008) e mais recentmente por “Lincoln” (2013), onde interpreta o 16º Presidente dos Estados unidos.

Cobertura Oscar 2020: Quais são as melhores atuações do ano?
Daniel Day-Lewis em “Lincoln”

Os indicados ao oscar 2020 de Melhor Ator são:

Adam Driver por “História de um Casamento

O personagem Charlie passa por todo tipo de emoção durante o filme (e culmina em uma cena bastante intensa, como o still do filme abaixo). Uma performance digna de uma indicação.

Adam Driver Oscar 2020

Esta é a 2ª indicação para Adam Driver, que recebeu uma indicação como Melhor Ator Coadjuvante em 2019 por “Infiltrado na Klan“.

Antonio Banderas por “Dor e Glória

Banderas interpreta Salvador Mallo, um diretor de cinema fictício (e parcialmente baseado no próprio Pedro Almodóvar, diretor do filme). É uma peformance contida, mas com diversas camadas.

Antonio Banderas Oscar 2020

Por incrível que pareça, esta é a 1ª indicação de Banderas ao Oscar.

Joaquin Phoenix por “Coringa

Uma das construções de personagem mais complexas a aparecer nos cinemas nos últimos anos. O personagem Coringa já foi interpretado por diversos atores, com ótimos resultados (Heath Ledger em “O Cavaleiro das Trevas”) e terríveis resultados (Jared Leto no ínfame “Esquadrão Suicida”). Sorte nossa que Phoenix conseguiu fazer essa tremenda performance, trazendo uma profundidade e complexidade para o universo dos quadrinhos.

Joaquin Phoenix Oscar 2020

Esta é a 4ª indicação de Joaquin Phoenix. Ele foi indicado anteriormente como Melhor Ator Coadjuvante em “Gladiador” (2001) e Melhor Ator por “Johnny & June” (2006) e “O Mestre” (2013).

Jonathan Pryce por “Dois Papas

Papa Francisco toma vida com a atuação surpreendente de Jonathan Pryce.

Jonathan Pryce Oscar 2020

Essa é a 1ª indicação para Jonathan Pryce em uma carreira de quase 50 anos.

Leonardo DiCaprio por “Era Uma Vez em… Hollywood

O personagem Rick Dalton de DiCaprio é simplesmente sensacional. Ele mostra toda a fragilidade da cultura da celebridade em Hollywood (e também da fragilidade masculina) e tem cenas fantásticas (o diálogo de Rick Dalton com uma atriz mirim é uma das melhores cenas do filme)

Leonardo DiCaprio Oscar 2020

Esta é a 7ª indicação de DiCaprio ao Oscar: seis delas por atuação e uma como produtor do filme “O Lobo de Wall Street” (2014). Ele recebeu sua 1ª indicação como Melhor Ator Coadjuvante por “Gilbert Grape: Aprendiz de Sonhador” em 1994, mas ganhou como Melhor Ator pela sua fenomenal performance como Hugo Glass (não confundir com Hugo Gloss) no filme “O Regresso” em 2016.

QUEM MERECE GANHAR / QUEM VAI GANHAR
Joaquin Pheonix por “Coringa”
O ator entregou uma das performances mais fascinantes dos últimos anos. A sua entrega foi tamanha, que ele quase nos fez esquecer do Coringa interpretado por Heath Ledger (também vencedor do Oscar, porém como Ator Coadjuvante)

MELHOR ATRIZ

A categoria de Melhor Atriz também surgiu em 1929 na primeira edição do Oscar.

Ninguém menos que Meryl Streep é a detentora do maior número de indicações: ela recebeu 17 indicações como Melhor Atriz e outras 5 indicações como Atriz Coadjuvante, ou seja 21 indicações no total. Ela é considerada uma das melhores atrizes vivas e venceu em 3 ocasiões.

Seu primeiro Oscar foi como Melhor Atriz Coadjuvante pelo filme “Kramer VS Kramer” (1980), depois ela venceu como Melhor Atriz por “A Escolha de Sofia” (1983) e “A Dama de Ferro” (2012).

Meryl Streep, no entanto, tem que superar outra atriz para se tornar a mais consagrada. Katherine Hepburn é a maior detentora de prêmios, com 4 estatuetas, todas como Melhor Atriz. Mesmo sendo tão consagrada, a atriz nunca recebeu nenhuma das suas estatuetas, pois nunca foi a nenhuma cerimônia do Oscar.

Curiosamente, em 1969, Hepburn, junto com Barbra Streisand, tiveram o único caso de empate, em categoria de atuação, da história do Oscar. Ambas levaram o prêmio de Melhor Atriz. Hepburn ganhou por “O Leão no Inverno” e Streisand por “Funny Girl: A Garota Genial

A atriz mais velha a levar a estatueta foi Jessica Tandy pelo filme “Conduzindo Miss Daisy” (1990), aos 80 anos.
Já a atriz mais nova a ganhar o prêmio, Marlee Matlin, tinha 21 anos quando ganhou por “Filhos do Silêncio” (1987).

As indicadas ao oscar 2020 de Melhor Atriz são:

Charlize Theron por “O Escândalo”

A performance de Theron como a jornalista da FOX News Megyn Kelly é assustadoramente real. Uma excelente peformance.

Charlize Theron Oscar 2020

Esta é a 3ª indicação ao Oscar para Charlize. Ela ganhou em uma ocasião pela sua fantástica performance como a serial killer Aileen Wuornos em “Monster: Desejo Assassino” (2004).

Charlize Theron

Cynthia Erivo por “Harriet

A performance de Erivo é absoutamente impactante. O filme passou despercebido pelo público, mas o filme vale pela sua brilhante performance.

Cynthia Erivo Oscar 2020

Esta é a 1ª e 2ª indicação de Cynthia Erivo ao Oscar, já que ela foi indicada a Melhor Atriz e Melhor Canção.

Renée Zellweger por “Judy – Muito Além do Arco Íris

Se Joaquin Phoenix é uma das apostas mais certas desse Oscar, devo dizer o mesmo de Renée.
Sua performance como Judy Garland é absolutamente genial. Ela incorporou seus maneirismos e, inclusive, cantou (quase) tão bem quanto Garland. Uma das suas melhores performances definitivamente.

Renee Zellweger Oscar 2020

Esta é 4ª indicação de Renée Zellweger ao Oscar. Ela ganhou em 2004, como Atriz Coadjuvante, pelo filme “Cold Mountain“. Veja Renée aceitando o prêmio abaixo.

Saoirse Ronan por “Adoráveis Mulheres

Considero Saoirse uma das mais talentosas atrizes da nova geração e seu papel como Jo March é incrível. Ela faz parecer que o papel foi feito para ela e suas cenas são incríveis. Se não estivesse concorrendo contra Renée este ano, meu voto seria para ela.

Soairse Ronan Oscar 2020

Esta é 4ª indicação de Saoirse Ronan ao Oscar. Ela foi indicada anteriormente como Atriz Coadjuvante por “Desejo & Reparação” (2008) e como Atriz por “Brooklyn” (2016) e “Lady Bird: Hora de Voar” (2018).

Scarlett Johansson por “História de um Casamento

As performances de Adam Driver e Scarlett Johansson são complementares e de partir o coração. São cruas e reais. Indicação merecidíssima.

Scarlett Johansson Oscar 2020

Como falei anteriormente, Scarlett Johansson está com duas indicações ao Oscar 2020. Um feito admirável. Porém em ambas categorias ela tem “adversárias” que estão com mais chances de ganhar. Se ela ganhar em qualquer uma das categorias será uma surpresa.

QUEM MERECE GANHAR / QUEM VAI GANHAR
Renée Zellweger por “Judy – Muito Além do Arco Íris
Interpretar uma das maiores – e mais conturbadas – estrelas da Hollywood clássica, com certeza foi um grande desafio, mas Renée é a força do filme (e até nos faz relevar que a trama não é tão boa). Uma performance marcante e merecedora.

Confira abaixo todas as partes da nossa super cobertura Oscar 2020.

Parte 1: Curtas

Parte 2: Categorias Sonoras

Parte 3: Categorias Técnicas

Parte 4: Categorias Artísticas

Parte 5: Animação e Filme Internacional

Parte 6: Documentários

E logo mais faremos a última postagem da nossa cobertura Oscar 2020, com as últimas 4 categorias remanescentes: Roteiro Adaptado, Roteiro Original, Direção e Filme!

Receba notícias como essa no seu email. Inscreva-se aqui:

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Assine nossa Newsletter