Apple Card: é o novo cartão de crédito da Apple

Lançamento do Apple Card
Apple anuncia novos Apple Card e Apple News+, prometendo mudar como lidamos com cartão de crédito e o consumo de notícias

A Apple surpreendeu a todos e anunciou o lançamento de um cartão de crédito digital, o Apple Card, durante evento no Steve Jobs Theater, na sede da empresa em Cupertino, Califórnia, nessa segunda-feira (25).

Na ocasião, a empresa também anunciou o novo Apple News+, aplicativo de assinatura de jornais e revistas, a Apple TV+, o aguardado novo serviço de streaming, o Apple Arcade, novo serviço de jogos, e o Apple TV Channels, serviço de assinatura de canais da empresa.

Tim Cook abriu o evento listando todas as inovações que a Apple já trouxe para o mercado, como iCloud, Siri, Apple Mapas, Apple Pay, Facetime, Busque meu iPhone, Apple music, Podcasts e iBooks. De acordo com ele, a empresa é incomparável em hardware, software e serviços, e lista características como “fácil de usar”, “atenção pelos detalhes” e “seguro” como fatores diretamente relacionados aos produtos Apple.

Apple Pay e Apple Card

Segundo Tim Cook, já foram realizadas mais de 10 bilhões de transações com o Apple Pay, serviço de pagamento móveis da Apple. E até o final do ano o serviço estará disponível em mais de 40 países.

“O Apple Pay é seguro, conveniente e privado. Mas queremos ir além e mudar como lidamos com cartões de crédito”.

Tim Cook, CEO da Apple

Já era esperado o anúncio do novo serviço de streaming, o Apple TV+, e o aprimoramento do app de notícias, Apple News+, mas a empresa surpreendeu a todos com o lançamento de um cartão de crédito digital: o Apple Card

Versão física do Apple Card terá bandeira MasterCard
Versão física do Apple Card terá bandeira MasterCard

O Apple Card é um cartão de crédito que pode ser controlado pelo Apple Wallet do iPhone e disponibiliza uma experiência diferente dos cartões de créditos tradicionais, ao oferecer uma baixa taxa de juros, programa de vantagens sem complicações, e claro, com as tecnologias de segurança e privacidade práticas pela Apple em seus produtos e serviços.

Além do controle pelo Wallet, o usuário também receberá uma versão física do cartão, feita de titanium e com a bandeira MasterCard. No estilo característico da Apple, o design do cartão foi repensado para ser minimalista e livre de informações desnecessárias. O acesso ao Apple Card ficará protegido por FaceID, TouchID e códigos de transação exclusivos.

Integrado a ele, terá um serviço de análises de gastos para ajudar na saúde financeira usando Machine Learning e o Daily Cash. Ele dividirá os gastos em categoria, como alimentação e entretenimento, e cada categoria será dividida por uma cor, para facilitar a visualização.

Monitore sua saúde financeira no Apple Card
Monitore sua saúde financeira no Apple Card

Daily Cash

O Daily Cash é o programa de vantagens da Apple. Para cada compra realizado com o Apple Card, o usuário terá um retorno diário de 2 ou 3% do valor, na sua conta ou em descontos na Apple Store. Esse serviço também ficará disponível para o cartão físico, com retorno de 1% no valor das compras.

Para viabilizar o Apple Pay, a empresa fez uma parceria com o banco Goldman Sachs e a MasterCard. O serviço chegará no segundo trimestre de 2019.

Apple News+

A Apple anunciou um nova versão do seu aplicativo de notícias, o Apple News+, um serviço de assinatura de revistas e jornais digitais.

Revistas disponíveis no Apple News+
Revistas disponíveis no Apple News+

“Quando criamos o Apple News três ano atrás, percebemos que poderíamos fazer a diferença como as notícias são consumidas, priorizando a reputação da fonte e a qualidade do conteúdo. Hoje o Apple News é o 1º app de notícias mais utilizado do mundo, valorizando a seleção de fontes confiáveis e reconhecidas”.

Tim Cook, SEO da Apple

Ele dará acesso a mais de 300 revistas como Times, The New Yorker, ELLE, Vogue, National Geographic, Vanity Fair,Scientific American, The Cut, Vulture, Bon Appétit, People, e Glamour, além de jornais, como o The Wall Street Journal e o Los Angeles Time.

Tim Cook fazendo o anúncio do novo Apple News+
Tim Cook fazendo o anúncio do novo Apple News+

Segundo informado no evento, a Apple cobrará US$9,99 (aproximadamente R$ 38,00) por mês pelo serviço nos Estados Unidos com opção de Family Sharing (“Compartilhamento em família”, em tradução livre), que aceitará até seis membros de uma mesma família podendo usar o serviço sem taxas extras. Já no Canadá, será cobrado US$ 12,99 (cerca de R$ 50,00). O usuário poderá testar o primeiro mês do Apple News+ gratuitamente.

A empresa também promete a segurança dos dados dos seus usuários, sem correr riscos de receber anúncios indesejados pelo material que consumir, e também garante que as empresas não pegarão dados do usuário.

Apple News
Apple News. Crédito: MacRumors

“Eu amo a sensação de estar em uma banca de revistas, mas geralmente compramos uma ou duas. Mas e se pudéssemos ter todas? Revistas fazem parte da nossa cultura, elas educam, entretêm, vão atrás dos bastidores com entrevistas exclusivas com os nossos artistas preferidos, trazem as últimas novidades de inovação e mercado”.

Tim Cook, SEO da Apple

O Apple News é a versão gratuita do aplicativo. Ele dá acesso a fontes de notícias, principais histórias escolhidas pelos editores, recomendações personalizadas, notícias de última hora e leitura privada e segura.

O Apple News e o Apple News+ já estão disponíveis nos Estados Unidos e Canadá, e em breve estará na Europa, começando pelo Reino Unido.

Fonte: Apple

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta