Casal de pessoas negras utilizando drone de selfie do snapchat

Conheça o Pixy, drone de selfie do Snapchat

Avatar of victor pacheco
Com peso de apenas 101 gramas, o simpático drone de selfie tem uma lente de 12 MP e sistema que envia fotos e vídeos para a rede social. Veja detalhes

A Snap, dona da rede social que ainda é bastante utilizada nos EUA e Europa, está retornando ao mercado de gadgets inteligentes com o Pixy. Este drone de selfie pode ser levado para qualquer lugar e quando ativado, irá seguir o usuário em até 8 voos para a captura de vídeos de 10 a 20 segundos, assim como consegue tirar fotos.

O modelo foi lançado como um teste para o mercado e está sendo vendido por agora, apenas nos EUA e França. Conheça especificações e estratégia de venda agora mesmo.

Drone de selfie que te segue aonde for

Anunciado como uma “amigável câmera voadora”, o Pixy é o drone do Snapchat que foi lançado ontem (28) e possui uma proposta interessante. O modelo possui uma estrutura em plástico amarelo (seguindo a identidade visual do Snapchat) e quatro hélices quase silenciosas. Com o peso de apenas 101 gramas, o grande foco é permitir que as pessoas tenham um aparelho simples e que pode ser levado para qualquer lugar.

Casal de pessoas negras utilizando drone de selfie do snapchat
Aparelho identifica olhos de donos e sempre retorna para onde decolou (Foto: Divulgação)

O controle é feito por meio do aplicativo da própria rede social, e mesmo que o dono solicite que o drone de selfie voe um pouco mais alto, o aparelho voltará para a palma da mão ao fazer um pouso suave. Esta funcionalidade é possível por meio do rastreio dos olhos do usuário, que acontece antes do drone de selfie levantar o primeiro voo.

Grupo de amigas utilizando pixy, drone do snapchat
Modelo permite melhor captura de fotos e vídeos em grupo (Foto: Divulgação)

A câmera não possui sensor com muitos megapixels, mas os 12 MP devem ser suficientes para que você consiga registrar momentos importantes. A empresa informou que o drone de selfie consegue gravar até 100 vídeos ou 1000 fotos e tudo ficará salvo no armazenamento interno de 16 GB.

O envio das fotos e vídeos para a rede social acontece por meio da sincronização com a seção Memórias do próprio Snapchat, e antes de postar é possível editar, colocar músicas e efeitos disponíveis. Infelizmente, não há um microfone para captura de áudio, mas a empresa espera que esta lacuna seja preenchida com as músicas licenciadas com gravadoras de diversos artistas que estão disponíveis na rede social.

Propósito do Pixy

Em entrevista ao The Verge, Evan Spiegel, CEO da Snap, compartilhou que o drone de selfie pode ser considerado um brinquedo inteligente e que complementa o uso do Snapchat. Apesar de ser dona da rede social que implementou o conceito de vídeos curtos, a Snap se define como uma empresa de câmeras e isso está sendo provado com o lançamento do Pixy.

Nossa missão é capacitar as pessoas a se expressarem, viverem o momento, aprenderem sobre o mundo e se divertirem juntas. E este produto faz exatamente isso.

Evan Spiegel, CEO da Snap

O grande foco do modelo é permitir que momentos que não podem ser capturados com um smartphone agora sejam registrados com o Pixy. Não é de hoje que a Snap investe no mercado de gadgets: apesar de ter sido lançado em 2016, o Spectacles passou por uma atualização em 2021 para se tornar um óculos de realidade virtual que permite que os usuários vejam o mundo real com elementos digitais.

Grupo de amigas utilizando pixy, drone do snapchat
Câmera de 12 MP está inclusa no Pixy (Foto: Divulgação)

A Snap não espera ganhar muito dinheiro com o Pixy e isso pode ser percebido com um estoque “limitado” do produto: o preço foi anunciado apenas para as unidades disponíveis e não há informações de que mais unidades serão fabricadas após tudo ser vendido. Evan sabe que as vendas podem ser baixas, mas o primeiro lançamento será considerado como um teste para o mercado e uma segunda versão do drone de selfie do Snapchat pode ser lançada no futuro.

O objetivo é realmente apenas colocá-lo nas mãos das pessoas e fazer com que elas brinquem com ele. E talvez traremos mais funcionalidades na versão dois se as pessoas gostarem do produto original.

Evan Spiegel, CEO da Snap

Preço e disponibilidade

O drone do Snapchat está sendo vendido apenas nos EUA e França pelo preço de US$ 229,99 (aproximadamente R$ 1.466 em conversão direta). Para permitir que mais registros sejam feitos em um só dia, a Snap disponibiliza baterias adicionais por US$ 20 (R$ 98), assim como um carregador portátil por US$ 50 (R$ 245).

Drone de selfie da rede social snapchat
Aparelho da rede social será vendido apenas nos EUA e França (Foto: Reprodução/Internet)

Não há previsão de venda em demais países, e como o lançamento pode ser considerado um teste, você precisará fazer a importação caso deseje adquirir um Pixy. A novidade soa ser interessante, então esperamos que mais unidades sejam fabricadas para que a venda para mais países aconteça.

O que você achou do drone do Snapchat? Diga pra gente nos comentários!

Veja também

Já que estamos falando de produtos curiosos, aproveite para ver mais detalhes sobre o óculos de realidade virtual com câmera 3D da Kangao.

Fontes: The Verge l Snap l Pixy l Mashable

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados