Devo continuar usando máscara contra covid-19?

Devo continuar usando máscara contra COVID-19?

Avatar of lucas gomes
Alguns estados e municípios adotaram a flexibilização no uso da máscara, mas devemos abandonar essa medida de proteção? Confira alguns dados sobre o assunto

A pandemia de COVID-19 que teve início no final de 2019, e assolou o mundo todo em meados de março de 2020, está completando 2 anos neste mês. Desde então, diversas medidas foram tomadas para evitar a transmissão do novo coronavírus, tais como confinamento dentro de casa, utilizar máscara em locais abertos e fechados, distanciamento social, dentre alguns outros. A máscara é um item essencial para o controle da pandemia — que ainda não acabou — mas diante de alguns fatores como redução de mortes e hospitalizações, além das atuais flexibilizações em alguns estados, será que já estamos em tempo de parar de usá-la?

Máscara facial e a pandemia

Assim que as infecções pelo novo coronavírus foram declaradas a nível de pandemia (ou seja, um nível de infecção tamanha que não atinge apenas uma cidade ou estado, mas sim todos os continentes do mundo) em meados de março de 2020, o mundo todo precisou se movimentar para enfrentar essa doença que até então não sabíamos como lidar. Dentre as diversas maneiras, uma ferramenta crucial nesse momento foi a máscara facial.

Devo continuar usando máscara contra covid-19?
O mundo atualmente conta com mais de 450 milhões de casos e 6 milhões de mortes. Reprodução: University of Alberta

Esta medida protetiva, que víamos geralmente em ambientes clínicos e hospitalares, tornou-se parte da vida de todos as pessoas do mundo. O principal modo de contágio do coronavírus se dá pelo ar, ou seja, simplesmente ao respirar você já tem a chance de contrair o vírus, e o uso da máscara vem justamente para reduzir essa possibilidade.

Enquanto estávamos em busca de um remédio ou vacina eficaz para combater o coronavírus, a máscara — assim como as outras medidas de prevenção — era uma forte aliada durante a pandemia. Mesmo agora que já possuímos vacinas eficazes, com muitas pessoas vacinadas pelo país e com os níveis de morte e internações abaixo da média, muitos governos locais decidiram flexibilizar o uso da máscara em locais abertos — e alguns, inclusive, em locais fechados. Apesar disso tudo, devemos continuar usando máscara?

Quando é seguro não usar máscara?

Levando em consideração que a pandemia não acabou, todas as pessoas do mundo deveriam permanecer com a utilização das máscaras. A vacinação não impede 100% que alguém seja infectado pelo coronavírus, entretanto ela reduz de forma bastante eficaz os sintomas que a doença pode trazer aos infectados e consequentemente evita internações ou até mesmo mortes.

Devo continuar usando máscara contra covid-19?. Alguns estados e municípios adotaram a flexibilização no uso da máscara, mas devemos abandonar essa medida de proteção? Confira alguns dados sobre o assunto
Especialistas no assunto apontam para que haja melhores ações governamentais reforçando sobre a utilização da máscara, preferencialmente a PFF2. Reprodução: NBC News

Então ao não utilizar máscaras em qualquer tipo de ambiente, você está assumindo o risco de se contaminar com o coronavírus, bem como de ser um veículo transmissor do vírus para outras pessoas.

Um local seguro para dispensar o uso de máscara é dentro de casa, contanto que você more sozinho ou com pessoas que estejam tomando as devidas precauções para evitar o coronavírus. Já nos locais em que você tenha contato com pessoas desconhecidas, em que não é possível saber se há algum indivíduo contaminado e transmitindo o vírus, o uso de máscara é altamente recomendado.

Posso deixar de usar a máscara em locais fechados?

Antes de mais nada é necessário informar que a flexibilização da utilização da máscara varia de acordo com o local onde você mora. Na cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, a obrigatoriedade da utilização da máscara em locais fechados não é mais vigente, porém no estado de São Paulo e no Distrito Federal foi revogada apenas a obrigatoriedade de máscara em locais abertos. Dito isso, você deve seguir as determinações legais para utilizar –ou não — a máscara facial.

Em fevereiro o brasil registrou o maior número de mortes por covid-19 desde agosto do ano passado. Reprodução: thetesteng
Em fevereiro o Brasil registrou o maior número de mortes por COVID-19 desde agosto do ano passado. Reprodução: thetesteng

Agora, mesmo diante das flexibilizações determinadas pelas autoridades, o ideal é realmente continuar usando máscara — principalmente em locais fechados. Alguns estabelecimentos comerciais podem não oferecer ventilação de ar, um fator que ajuda a frear a propagação do vírus, uma vez que há menos chances dele permanecer no ar. Nessas circunstâncias, mesmo que o uso da máscara em locais fechados tenha sido desobrigado, use máscara, pois a pandemia ainda não acabou.

Eu acho que vai demorar bastante ainda. Precisamos esperar esse comportamento pós-Carnaval, observar se até o início de abril os índices vão cair e se nesse meio tempo não irá surgir nenhuma variante de preocupação no mundo.

Melissa Markoski, professora de Biossegurança da UFCSPA e membro da Rede Análise Covid-19

Relação da vacina com a máscara

Uma vez que qualquer pessoa deve continuar usando máscara, logo a medida vale tanto para pessoas vacinadas quanto para os que não se vacinaram. A aplicação das vacinas é um aliado tão poderoso quanto a máscara, e as vacinas — e futuramente os remédios — serão ferramentas cada vez mais eficazes contra a COVID-19.

Atualmente quase 75% da população brasileira já tomou pelo menos duas doses da vacina. Reprodução: who. Int
Atualmente quase 75% da população brasileira já tomou pelo menos duas doses da vacina. Reprodução: who.int

A variante Ômicron, por exemplo, tem mais facilidade de se instalar no organismo daqueles indivíduos que já tiveram pelo menos duas doses da vacina, mesmo que essas pessoas possuam mais resistência a fatores mais críticos do que pessoas não vacinadas, ainda assim há a infecção. Então para aumentar ainda mais a segurança, continuar usando máscara combinado com o esquema de vacinação completa é o ideal a se seguir atualmente.

Quais pessoas não devem parar de usar máscara?

É importante cuidar de pessoas que estão no grupo de risco, como idosos e imunossuprimidos. Reprodução: freepik
É importante cuidar de pessoas que estão no grupo de risco, como idosos e imunossuprimidos. Reprodução: Freepik

A flexibilização no uso da máscara ainda assim possui restrições para determinados grupos de indivíduos, que deverão continuar usando a proteção facial. Pacientes com comorbidades, imunossuprimidos graves, idosos, pessoas transplantadas e outros grupos devem permanecer utilizando a máscara. Essas pessoas possuem o sistema imunológico mais fragilizado, aumentando os riscos de terem seu quadro de saúde agravados, caso sejam infectados pelo novo coronavírus.

Veja também:

Se você ainda não viu, confira tudo sobre a flexibilização no uso de máscaras no Rio de Janeiro e São Paulo!

Fonte: UOL

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
11
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados