Conecte-se conosco
Inteligência Artificial quer chegar ao seu cérebro com um chip; você teria coragem?

Ciência e Tecnologia

Inteligência Artificial quer chegar ao seu cérebro com um chip; você teria coragem?

Elon Musk, da SpaceX, está desenvolvendo o Neuralink um chip para misturar inteligência biológica com inteligência artificial no seu cérebro

Inteligência Artificial quer chegar ao seu cérebro com um chip; você teria coragem?

Elon Musk, CEO da SpaceX e Tesla, introduz o Neuralink

“Eu, Robô” e outros filmes similares parece que vão começar a ficar mais reais entre o fim desta década e o começo da próximo. De acordo com o Wall Street Journal, CEO da Tesla e da SpaceX Elon Musk está criando um uma interface de computador para o cérebro chamado de “Neuralink“.

A empresa ainda está nos primeiros estágios de desenvolvimento dessa tecnologia e não há nenhuma pessoa com um chip instalado na cabeça – por enquanto.

O CEO da Tesla já dá dicas da existência do Neuralink há pelo menos seis meses. Da última vez, Elon Musk disse a uma plateia em Dubai suas intenções:

“Com o passar do tempo, eu acho que nós provavelmente vamos misturar inteligência biológica com inteligência artificial.”

Qual o caminho do Neuralink?

Ao responder aos fãs no Twitter sobre o progresso feito no “neural lace”, que é uma abreviação sci-fi para interface de computador para cérebro que humanos podem usar para melhorar-se.

Esse tipo de tecnologia existe apenas nas histórias que lemos e vemos no cinema. Na medicina avançado, eletrodos e outros implantes costumam ajudar a segurar os efeitos de Parkinson, epilepsia e outros problemas neurológicos. No entanto, são poucas as pessoas no planeta que têm dentro da cabeça essas peças; algo em torno de alguns milhares.

Essa tecnologia que estimula o cérebro é bem básica e o motivo de ser assim é porque é muito perigoso e invasivo operar cérebros humanos e apenas quem já fez todos os tratamentos possíveis e não conseguiu resultado que acaba passando por essa última opção.

Com um chip no cérebro, podemos especular que tudo seria possível. Talvez avanços na medicina de maneira geral, prorrogar a vida das pessoas ou quem sabe, olhar para a outra pessoa e ver todo o perfil da rede social dela ou simplesmente abrir a porta de casa “com a mente”.

Enquanto não temos a capacidade de “dominar a força”, resta esperar os anúncios megalomaníacos do Musk, como voos comerciais espaciais, ida à Marte e agora o Neuralink.

Jornalista formado pela Cásper Líbero. Trabalhou na TV Gazeta, BandNews TV e Rede Globo. Atualmente, é Editor-chefe do Showmetech, escrevendo sobre o que há de mais importante no mundo da tecnologia.

Comentários

Mais de Ciência e Tecnologia

Dica

Advertisement

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

Recomendado para você



Subir