Conecte-se conosco

Apple

iPhone X: confira tudo o que a Apple lançou nesta terça-feira

O evento realizado hoje foi palco para o lançamento do iPhone X, do iPhone 8 e de muitas outras novidades; confira

12 de setembro chegou e, assim como o combinado, a Apple apresentou uma grande atualização à sua linha de produtos. Além de anunciar todo o seu futuro num novo Apple Watch, na nova Apple TV e nos três novos iPhones, incluindo o iPhone X, a Maçã aproveitou esta terça-feira para olhar para o passado também.

Isto porque Steve Jobs nunca esteve tão presente num lançamento da empresa após o seu falecimento, em 2011.

Para iniciar a apresentação, o CEO da empresa, Tim Cook, subiu ao palco do teatro nomeado em homenagem a Jobs e decidiu falar do novo Apple Park, a sede que vem sendo construída desde 2013 e que, a partir do início de 2018, deve abrigar toda a infraestrutura da companhia – Segundo informações do próprio Cook, o prédio conta com energias 100% renováveis e tem os maiores painéis de vidro curvado do mundo.

iPhone X: confira tudo o que a Apple lançou nesta terça-feira

Ao todo, o campus inteiro tem mais de 175 acres de área útil.

Tudo isso para, nas palavras do executivo, criar um ambiente mais inspirador a cada manhã: o novo Apple Park consiste num enorme anel de metal, concreto, vidro e árvores – sim, muitas árvores. As novas diretrizes de arquitetura da empresa, inclusive aquelas que valem para as próprias Apple Stores, passaram a dar uma grande importância para a luz natural e a arborização de ambientes internos.

Apple Watch

Sendo o primeiro produto a ser apresentado nesta terça-feira, o Apple Watch Series 3 também é o primeiro smartwatch da empresa a contar com seu próprio modem 4G. Em termos leigos, isto permite que o relógio realize e receba ligações, conecte-se à internet e, consequentemente, autentique pagamentos via Apple Pay – tudo sem exigir que o seu iPhone esteja por perto.

Apesar de estar com mais chips em seu interior, o Watch 3 continua do mesmo tamanho do modelo antigo e, segundo a Apple, não há a necessidade de se por um SIM Card no aparelho: ele funciona com o mesmo número (linha telefônica) do seu iPhone.

iPhone X: confira tudo o que a Apple lançou nesta terça-feira

A possibilidade de se conectar à internet também permite que o Watch 3 transmita músicas diretamente do Apple Music e de outros serviços similares, como o Spotify. O relógio continua compatível com os AirPods, os fones sem fio do iPhone 7, e utiliza um padrão bluetooth mais econômico.

No quesito hardware, o Watch 3 tem um novo processador dual-core, 70% mais rápido que o da geração anterior, e também traz melhorias no leitor de batimentos cardíacos. O design em si, não mudou praticamente, mas a versão que conta com o modem 4G traz um detalhe vermelho na coroa – já as novas cores, inclusive o acabamento em cerâmica cinza, estará disponível para ambos os modelos.

 

Não há previsão para que ele chegue ao Brasil, mas os preços indicados para os EUA são de respectivamente: US$ 399 (modelo com 4G) e US$ 329 (modelo sem 4G). As vendas começam nesta sexta-feira (15), mas o Apple Watch 3 só chega às prateleiras no próximo 22 de setembro.

Apple TV

iPhone X: confira tudo o que a Apple lançou nesta terça-feira

A Apple TV já estava pedindo uma atualização há algum tempo: parada na quarta geração desde 2015, a central multimídia da Maçã não tinha diversos dos recursos das smart TVs atuais. A versão apresentada hoje traz bons avanços debaixo do capô, mas também não mudou nada em seu design.

Compatível com a resolução 4K e com o padrão de exibição HDR10, que permite uma variação mais precisa entre os tons exibidos nas cores, a quinta Apple TV surpreende por estar mais potente e não cobrar a mais por títulos em resolução ultra HD: além dos filmes em 4K custarem o mesmo que aqueles em HD, quem já comprou os filmes em HD terá a versão 4K gratuitamente, basta comprar o novo gadget.

iPhone X: confira tudo o que a Apple lançou nesta terça-feira

No que diz respeito à interface, o sistema operacional TvOS ganhou duas novas sessões de transmissões ao vivo: uma dedicada a esportes e outra dedicada a telejornais – ao acessar esta função em sua Apple TV, o usuário poderá acompanhar o que está sendo exibido por canais locais, regionais e internacionais em tempo real.

A nova Apple TV 4K também não tem data para chegar ao Brasil, porém, nos Estados Unidos, custará cerca de US$ 179 na versão com 32GB de memória interna. A opção com o dobro de armazenamento, 64GB, partirá dos US$ 199.

iPhone 8

O iPhone 8 foi apresentado como o sucessor ‘natural’ da sétima geração. Estranhamente, a Apple decidiu pular as nomenclatura ‘7S’, a mais cogitada pela mídia – é possível que esta decisão tenha sido tomada porque, como você verá logo a frente, os modelos 8 e 8 Plus ganharam melhorias que estão, inclusive, no iPhone X.

O design continua praticamente o mesmo do iPhone 7, exceto pela nova traseira de vidro que, assim como se esperava, permite que eles, o 8 e o 8 Plus, sejam compatíveis com o carregamento sem fio. Segundo a Apple, a nova traseira de vidro não quer trazer problemas aos usuários, por isso será feita com ‘o vidro mais resistente já visto num smartphone’.

No resto, iPhone 8 continua tendo um botão home e traz o mesmo touch ID de sempre, as suas verdadeiras novidades ficam por conta da tela Retina HD, das novas câmeras traseiras e do novo processador A11 Bionic, que conta com uma GPU da própria Apple.

iPhone X: confira tudo o que a Apple lançou nesta terça-feira

Os novos iPhones são acabados em alumínio nas laterais

Mantendo o antigo tamanho para os dois modelos, a tela traz a tecnologia True Tone, que identifica a iluminação ambiente em que está o usuário e ajusta as cores do display de forma a compensar a exibição das imagens. As câmeras, embora mantenham os mesmos sensores e lentes da sétima geração, foram agraciadas pela nova CPU: o A11 Bionic terá um grande papel nas suas fotos.

Dizemos isto porque além de ser um hexa-core de 64 bits, o A11 Bionic investe pesado no processamento de imagem. Segundo a Apple, o novo ISP (Image Signal Processing) permite que o iPhone 8 analise cada ponto de um vídeo ou foto, sabendo exatamente como deve captar a luz em determinada região.

Além de fazer isto nos vídeos, o iPhone 8 Plus, que tem um conjunto traseiro de duas câmeras, pode analisar, em tempo real, diversas varias variações de luz numa determinada foto. Isto significa que, além do modo portrait, que permite borrar o que está atrás do objeto capturado, o usuário poderá, também, simular diversos tipos de iluminação para a imagem.

iPhone X: confira tudo o que a Apple lançou nesta terça-feira

Este é o AirPower, o carregador sem fio que a Apple pretende lançar em breve

É possível simular uma iluminação típica de estúdio, aquela com refletores por todos os lados, ou aquela de um ambiente ao ar livre. Diferentemente do famoso ‘Equilíbrio de branco’, que envolve apenas a tonalidade da luz, o recurso Portrait Lightning envolve a posição do objeto em relação a luz. É algo que só dá pra entender vendo, mesmo.

Contando com 4 núcleos focados em maior eficiência e 2 núcleos dedicados à performance, o A11 Bionic também foi preparado para o AR Kit, a plataforma de Realidade Aumentada (AR) da Apple: o chip é até 70% mais rápido que o antigo A10 Fusion, e a sua nova GPU, agora com três núcleos, é 30% mais rápida que a antiga geração.

 

O iPhone 8 estará disponível nos modelos 8 e 8 Plus, contando, cada um, com versões de 64 ou 256GB. Partindo do modelo mais simples, o 8 com 64GB, o preço gira em torno dos US$ 699; já no modelo maior, mas também com 64GB, o preço definido é de US$ 799.

O aparelho estará disponível a partir do dia 22 de setembro nas lojas norte-americanas e será vendido nas cores Silver, Gold e Space Gray.

iPhone X

O iPhone X foi revelado por último, mas foi também a mais longa das 5 apresentações. O aparelho conta com, basicamente, as mesmas tecnologias do iPhone 8, porém, assim como apostavam os rumores, traz um novo design, uma tela praticamente sem bordas e aposenta o botão home com Touch ID.

A tela de 5.8 polegadas (2436 x 1125; 418 PPI) é feita em OLED, um material muito diferente do LCD-IPS visto no iPhone 8. Segundo a Apple, a tecnologia traz benefícios como uma tela mais vívida, mais fina, mais econômica energeticamente e mais durável, isto porque além do OLED ser um filme plástico flexível, os vidros utilizados no iPhone X são tão resistentes quanto aqueles do iPhone 8.

Além de ser compatível com as tecnologias TrueTone e HDR10, ambas citadas acima, a tela ocupa quase toda a frente do dispositivo, sendo obstruída apenas pela câmera frontal, pelo alto-falante para chamadas e pelos sensores do Face ID, o novo método biométrico de se desbloquear o iPhone.

Funcionando por meio de diversos sensores, dentre eles um projetor de pontos e uma câmera infravermelha, o Face ID consegue detectar se o rosto que se apresenta para o iPhone X é, de fato, do seu proprietário. Segundo a Apple, o método é até 20 vezes mais seguro que o desbloqueio por impressão digital e funciona inclusive à noite.

Os benefícios de se ter todo esse aparato na câmera frontal não se resumem apenas a um novo método de desbloqueio: por contar com um poderoso reconhecimento facial 3D, o iPhone X pode autenticar pagamentos, criar animojis (explicaremos abaixo) e até ter os mesmos recursos das suas duas câmeras traseiras: ele pode tirar selfies borrando o fundo das imagens ou reconhecer diferentes pontos de luz que modifiquem a cena.

E por falar em câmera, as duas câmeras principais do iPhone X são bem similares às do iPhone 8, no entanto, contam com estabilização ótica em ambos os sensores. No que diz respeito à luz, a abertura de diafragma na lente wide é de f/1.8, e de f/2.4 na lente telephoto, que tem zoom ótico de até 2x. A resolução, em ambos os modelos, continua sendo de 12 megapixels nas câmeras traseiras e de 7 megapixels nas câmeras frontais.

Apresentados com exclusividade para o iPhone X, os animojis são a versão animada dos tradicionais emojis. Ao utilizar do reconhecimento facial extremamente preciso do novo aparelho, o usuário poderá captar suas próprias expressões, inseri-las num determinado emoji e assim mandá-las para amigos via iMessage.

Acabado em alumínio polido nas laterais, o iPhone 8 será vendido apenas nas cores branca e preta, mas com versões de 64 ou 256GB de armazenamento. O aparelho não tem nenhuma previsão de chegar ao Brasil, mas, caso chegue, deve custar valores próximos ao do Galaxy Note 8, já que o preço definido para ele é de US$ 999 na versão mais simples.

O iPhone X poderá ser comprado a partir de 27 de outubro, mas só chega às prateleiras, de fato, em 3 de novembro.

AirPower

iPhone X: confira tudo o que a Apple lançou nesta terça-feira

Apesar de não ser bem um produto por si só, o AirPower é a alternativa oficial da Apple para os carregadores sem fio – o objetivo dele é ser um único carregador para o iPhone 8 ou X, para os fones de ouvido AirPods e para o Apple Watch.

O aparelho ainda é um projeto e não tem preço definido, mas a Apple afirmou que, se tudo der certo, veremos o acessório em breve nas lojas.

E você, pretende comprar algum destes produtos?

 

 

19 anos, brasiliense, acadêmico de Direito e apaixonado por tecnologia, informação e entretenimento.

Comentários

Mais de Apple

Dica

Advertisement

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

Recomendado para você



Subir