Review: moto tab g70 entrega ótima experiência e boa bateria. O moto tab g70 chega para marcar a volta da motorola ao mercado de tablets e o uso no dia a dia impressiona. Veja o que achamos

REVIEW: moto tab g70 entrega ótima experiência e boa bateria

Avatar of victor pacheco
O moto tab g70 chega para marcar a volta da Motorola ao mercado de tablets e o uso no dia a dia impressiona. Veja o que achamos

A Motorola não lançava um novo produto para o mercado de tablets há 10 anos, e o moto tab g70 foi o responsável por quebrar esta pausa da empresa que atualmente é comandada pela Lenovo.

Voltado para a categoria de produtos de entrada, o tablet Android da empresa se destaca por conseguir unificar alta performance com uma bateria interessante, apesar dos recursos de câmera básicos que são padrão da faixa de preço do modelo. Veja agora nossa análise completa do moto tab g70.

Design e construção

A Motorola escolheu para o moto tab g70 a cor Aqua Platinum (um tom de azul escuro) para todas as bordas do modelo e sua traseira de alumínio (material que está presente em todo o aparelho) conta com uma faixa em acabamento fosco que dá o toque de elegância e diminui as marcas de dedo.

Traseira do moto tab g70
Traseira em alumínio garante poucas marcas de dedos. (Foto: Victor Pacheco/Showmetech)

Este problema também pode ser evitado desde o primeiro dia ao usuário acoplar a capa de proteção que é enviada gratuitamente na caixa.

Moto tab g70 com capa de proteção
Capa de proteção é enviada gratuitamente pela Motorola (Foto: Victor Pacheco/Showmetech)

A câmera frontal está localizada exatamente no centro da tela, para que suas videochamadas sempre fiquem com o enquadramento correto. Já a câmera traseira está próxima aos botões do aparelho, posicionada em um dos cantos.

Câmera traseira do tablet da motorola
Câmera traseira de 13 MP é revestida com material de proteção (Foto: Victor Pacheco/Showmetech)

As quatro saídas de som estão localizadas nas bordas (duas de cada lado) e mesmo que a mão “tampe” as que estão localizadas onde seguramos o aparelho, ainda é possível ouvir o áudio com clareza. Os botões de volume estão posicionados nas laterais, enquanto o liga e desliga encontra-se na face superior do tablet. Não há neste modelo sensor de impressão digital, que poderia melhorar a segurança.

Botões do tablet da motorola
Como padrão de tablets com Android, modelo da Motorola possui apenas três botões (Foto: Victor Pacheco/Showmetech)

O lado oposto do moto tab g70 foi utilizado para alocar a entrada de SIM e cartão SD. Na parte de baixo, há um conector magnético que será ótimo para conectar um teclado e conseguir deixar a experiência próxima ao que vemos em Chromebooks. Apesar de haver um teclado oficial para o modelo, a fabricante não tem previsão de trazer o acessório para o Brasil. O tablet não possui entrada P2 (3,5mm) para fones de ouvido.

Tela do moto tab g70
Modelo possui tela de 11 polegadas (Foto: Victor Pacheco/Showmetech)

No geral, o design do modelo é elegante e funcional ao mesmo tempo, mas a inserção de algumas funcionalidades deixariam o uso ainda mais completo.

Tela

Quando anunciou o modelo para o mercado brasileiro em janeiro deste ano, a Motorola afirmou que “o moto tab g70 é focado em oferecer a melhor experiência em vídeo e streaming”. Para tanto, a empresa desenvolveu o modelo com um display de 11 polegadas com tecnologia IPS com resolução 2K (2048×1080).

O tablet ainda possui taxa de atualização de 60Hz que consegue executar tarefas básicas do dia a dia sem os temidos travamentos.

Tela do tablet com android da motorola
Laminação antirreflexo poderia ter sido incluída no modelo (Foto: Victor Pacheco/Showmetech)

Ao assistir vídeos no YouTube e até mesmo em jogos mais pesados, você não terá problemas em questão de imagem. O tablet da Motorola possui suporte para jogos e aplicativos multitoques para que, no modo horizontal, você ainda consiga fazer o uso inteligente. Em testes de resolução, a tela conseguiu entregar uma experiência completa de imagem.

Tela do tablet com android da motorola
Modelo não irá decepcionar no consumo de conteúdo (Foto: Victor Pacheco/Showmetech)

O pico de brilho é de 400 nits e a tela consegue mostrar detalhes de vídeos, séries e filmes sem muito esforço, apesar de haver um certo incômodo se você estiver no limite de brilho que o modelo consegue entregar. Sites, aplicativos e documentos serão melhores aproveitados no modo escuro.

O ponto negativo é que, seguindo o posicionamento de mercado, não há laminação e revestimento antirreflexo. Isso praticamente obriga o dono a fazer o uso em locais com sombra. Não será impossível ver imagens, vídeos e demais conteúdos quando estiver em um parque ou qualquer outro local aberto, mas o sensor de luz ambiente não consegue fazer milagres.

Tela do moto tab g70
Tela de 11 polegadas possui resolução 2K (Foto: Victor Pacheco/Showmetech)

O tablet da Motorola possui uma tela de vidro e, como em qualquer modelo, há a possibilidade de arranhões, riscos e danos que podem quebrar o display em um possível acidente. É possível diminuir os problemas com a película de proteção que vem gratuitamente na caixa (que inclusive, poderia vir instalada de fábrica, haja vista que nem todas as pessoas sabem como colocar o acessório).

Câmeras

Por ser um tablet de entrada, o moto tab g70 traz um conjunto simples de lentes, trazendo uma câmera frontal para selfies e videochamadas, e uma câmera traseira com flash LED. Vamos ver mais detalhes de cada uma.

Câmera traseira

Com o apoio da lente de 13 MP com abertura f/2.2 que está na traseira, consegui captar imagens estáticas sem problemas, mas o foco automático ainda precisa “pensar bastante” para fazer um trabalho mais aprimorado. Imagens com movimentos ainda apresentam ruídos que são mais aparentes quando damos zoom.

Foto capturada pelo moto tab g70
Cores ao ar livre foram captadas sem problemas (Foto: Victor Pacheco/Showmetech)

O uso da câmera traseira fica mais eficiente com o apoio do HDR, mas é melhor não esperar muito para não se decepcionar. Durante a noite, o nível de ruído fica mais aparente, mas o flash LED pode ser o apoio para ter imagens com uma qualidade satisfatória.

Foto capturada pelo moto tab g70
Modelo leva um tempo para conseguir focar (Foto: Victor Pacheco/Showmetech)

O zoom de 6x do moto tab g70 parece ser interessante, mas ficamos apenas na possibilidade: os ruídos e imagens pixeladas ainda são um problema de muitos modelos com Android que oferecem zoom em seus aplicativos de câmera.

Foto capturada pelo moto tab g70
Fotos são melhores se vistas de longe e sem dar zoom (Foto: Victor Pacheco/Showmetech)

A gravação de vídeos em resolução em Full HD (1080p) a 30 fps está disponível e entrega resultados com imagem dentro do esperado, mas que serão ótimos para boa parte dos brasileiros. Os dois microfones localizados em cada um dos lados do tablet garantem que seus momentos serão registrados com uma qualidade interessante, e ao falar próximo ao tablet da Motorola, foi possível ouvir a voz mesmo com barulhos externos.

Câmera frontal

A lente frontal possui 8 MP e abertura f/2.0. O uso do efeito bokeh (com fundo desfocado) ainda precisa de aprimoramento, já que não há um serviço de inteligência artificial que identifica pessoas, animais e até mesmo objetos com uma maior velocidade.

Ao ar livre, a funcionalidade fez seu trabalho e entregou imagens com qualidade que vemos em modelos de smartphones que são vendidos na faixa de preço de R$ 1.500. Em videochamadas, você não terá problemas.

Foto para testar o modo retrato do tablet da motorola
Modo com fundo destacado se saiu melhor ao ar livre (Foto: Victor Pacheco/Showmetech)

Assim como no caso do Nokia T20, as câmeras do tablet da Motorola são ótimas para fotografias e captação de vídeos que não exigem resultados mais profissionais. O aplicativo para registrar todos os momentos foi desenvolvido pela fabricante e conta com efeitos especiais semelhante ao que vemos no Instagram, aplicados antes da captura, assim como um temporizador e “embelezador” que é temido por muitos usuários.

Foto para testar o modo retrato do tablet da motorola
Em ambientes fechados, ruídos apareceram quando modo retrato estava ativado (Foto: Victor Pacheco/Showmetech)

Seria interessante ver um software que oferecesse um melhor reconhecimento de pessoas e objetos, mas no geral, a experiência foi razoável.

Conectividade

O moto tab g70 foi lançado no Brasil com duas versões: uma com suporte apenas para redes Wi-Fi com banda dupla (2.4 GHz e 5 GHz, versão que utilizamos para testes) e outra variante que permite a inserção de chip 4G. No uso do dia a a dia, todos os aplicativos e conteúdos foram baixados sem problemas.

Foto do sistema operacional do moto tab g70
Tablet possui suporte para redes Wi-Fi e 4G (Captura de tela: Victor Pacheco/Showmetech)

Um ponto a se destacar é o gerenciamento da conexão que, pelo menos uma vez, deixou a desejar. Quando um aplicativo de maior tamanho estava sendo baixado, toda a banda estava focada apenas em finalizar esta tarefa — o que resultou em um maior tempo de carregamento da internet em aplicativos que funcionavam em segundo plano.

Para quem possui fones de ouvido ou demais aparelhos sem fio, o Bluetooth 5.0 está disponível para que você faça a conexão sem problemas e o uso foi bastante fácil. Há ainda conectores pogo magnéticos que permitem acoplar acessórios como teclado — que não é oferecido pela marca no Brasil.

Processador e sistema operacional

O moto tab g70 vem equipado com um processador Helio G90T octa-core de 12 nanômetros e consegue atingir a velocidade de 2.04 GHz. O uso dos aplicativos fica por conta dos 4 GB de memória RAM que também não deixaram a desejar no uso de rede sociais ou jogos mais leves.

Dados do processador do moto tab g70
Processador possui poder de desempenho suficiente para rodar aplicações mais leves (Captura de tela: Victor Pacheco/Showmetech)

O processador precisou fazer mais esforço na hora de rodar jogos mais pesados como Ghensin Impact e Asphalt 8, que exigem maior taxa de quadros por segundo. Foi necessário diminuir os gráficos para que a experiência fosse aproveitada, mas isso não irá lhe impedir de jogar. Vale notar que o tablet esquentou ao ser mais exigido em tarefas.

O tablet da Motorola vem com Android 11 instalado de fábrica e o uso também é bastante fácil e intuitivo, com aplicativos mais famosos já oferecendo suporte para modo tablet que permite melhor distribuição de informações.

Moto tab g70 no youtube
Modo tablet permite uso inteligente com informações exibidas no canto de tela (Captura de tela: Victor Pacheco/Showmetech)

O modelo chega ao mercado com uma memória interna de 64 GB e a expansão pode ser feita por meio de um cartão de memória de até 1TB. A fabricante garante que seu tablet será atualizado com o Android 12 e pacotes de segurança também serão lançados para os clientes. Quando fechamos todos os apps de uma vez, a quantidade de memória RAM liberada é exibida para o usuário.

Foto do sistema operacional do moto tab g70
Motorola garante atualização para Android 12 (Captura de tela/Showmetech)

Há suporte para reconhecimento facial, mas a funcionalidade ainda poder ser aprimorada. Após algumas tentativas, foi feita a solicitação do PIN para o desbloqueio da tela.

Bateria

Um dos pontos altos do modelo é sua bateria de 7700 mAh, que ficará ativa durante boa parte do dia para que consiga fazer a maioria de suas tarefas. É importante lembrar que a duração variará de acordo com a quantidade de sensores ativados. A captura de tela abaixo fala sobre o uso durante cinco dias, com o brilho máximo ativado durante uma hora.

Dados de bateria de tablet da motorola
Bateria durou bastante e levou quase 5 dias para ser descarregada (Captura de tela: Victor Pacheco/Showmetech)

Você precisará se esforçar para que o tablet da Motorola peça para voltar para a tomada e a boa notícia é que a empresa envia uma fonte de energia de 20 W, além do carregamento rápido.

Levaram cerca de 3 horas para que a capacidade total fosse atingida, então você pode fazer o uso tranquilo durante boa parte do dia e deixar o moto tab g70 recarregando durante a noite. A fabricante não compartilhou qual a duração esperada para atividades específicas, mas com certeza o modelo estará ativo por pelo menos 12 horas quando estiver conectado com em redes Wi-Fi.

Recursos especiais

O grande destaque fica por conta do suporte para Dolby Atmos, e já que não há entrada para fones de ouvido com fio, a Motorola “compensou” esta perda entregando uma ótima qualidade de áudio. Já em 60% do volume, foi possível ter um alto som e imersivo. Ao desativar e ativar o recurso especial, a percepção é clara até mesmo para quem não entende muito de tecnologia.

Aplicativo dolby sound
Dolby Atmos deixou experiência mais interessante (Captura de tela: Victor Pacheco/Showmetech)

O Google Entertainment Space faz parte do Android 11 e funciona como uma grande central de entretenimento para quem assiste a vídeos no YouTube, séries e filmes nos serviços de streaming, lê livros digitais e gosta de descobrir novos podcasts. Com apoio do aprendizado de máquina, você recebe sugestões de acordo com o que consumiu anteriormente.

Google entertainment space
Google Entertainment Space é a central perfeita para quem deseja passar horas consumundo conteúdo (Captura de tela: Victor Pacheco/Showmetech)

O recurso final do moto tab g70 é o Google Kids Space, que como o nome diz, é focado para entregar segurança aos mais pequenos. Toda a configuração pode ser feita pelos pais e/ou responsáveis em menos de 20 minutos para que as crianças tenham acesso apenas ao conteúdo que é adequado.

Google kids space
Google Kids Space garantirá uso seguro (Captura de tela: Victor Pacheco/Showmetech)

Todos os recursos especiais realmente incrementam a experiência de uso, mas o Dolby Atmos é de longe o mais importante. É interessante ver este recurso em modelos de entrada, já que alguns smartphones intermediários ainda não possuem a funcionalidade.

Conclusão

O grande retorno da Motorola para o mercado de tablets é grandioso. O modelo pode ser adquirido a partir de R$ 1999 no site oficial da fabricante e sua experiência em geral é bastante completa, mesmo considerado um aparelho da categoria de entrada. Pequenos pontos ainda poderiam ser melhorados para que o usuário pudesse fazer um uso ainda mais completo, mas no geral, o moto tab g70 consegue se sair bem em tudo o que é proposto a fazer.

Por mais que não tenha uma conexão para fones de ouvido de 3,5 mm, o suporte para Dolby Atmos nos alto-falantes é extremamente interessante, acompanhado de uma boa tela e bateria que dura cerca de 12 horas no uso do dia a dia.

Moto tab g70
Tablet consegue entregar experiência completa, mesmo com melhorias pendentes

É verdade que o modelo poderia ter recursos de câmera mais inteligentes, mas com toda certeza não haverão decepções em fotos mais simples e videochamadas do dia a dia. O tablet da Motorola se destaca em relação ao Nokia T20 não apenas por ter um processador mais potente, mas também por conseguir entregar recursos especiais que compensam os pontos de melhorias pendentes.

O que achou de nosso review sobre o novo tablet da fabricante dos smartphones da linha G? Diga pra gente nos comentários!

Especificações técnicas

Moto tab g70
Modelo está sendo vendido a partir de R$ 1.999 (Foto: Motorola)
TelaIPS de 10 polegadas
Resolução 2K (2040×1080)
400 nits
Taxa de atualização de 60Hz
ProcessadorMediatek Helio G90T (até 2.05 GHz)
Sistema OperacionalAndroid 11
Memória RAM4 GB
Armazenamento interno:64 GB
Câmera traseira13 MP
Lente 80°
Abertura f/2.2
Zoom Digital: 6x
Flash LED
Câmera frontal8 MP
Lente 78°
Abertura f/2.0
Alto-Falantes4 Alto-falantes estéreo com suporte para Dolby Atmos
Microfones: 2
SensoresAcelerômetro
Giroscópio
Luz Ambiente
TOF
SAR
Efeito Hall
Redes4G
Wi-Fi de banda dupla (2.4 GHz e 5 GHz)
BluetoothBluetooth 5.0
Conexões1x  USB-C
Bateria7700 mAh
CarregadorFonte de20 W enviada na caixa
Recursos especiaisGoogle Kids Space
Google Entertainment Space
DimensõesAltura (mm): 163
Largura (mm): 258,4
Espessura (mm): 7,5
CoresAqua Platinum
Peso500 gramas
PreçoVersão com apenas Wi-Fi: R$ 1.999 à vista
Versão com suporte para redes móveis: R$ 2.339 à vista
DisponibilidadeA partir de 12 de janeiro de 2022

Veredito: moto tab g70

Veredito: moto tab g70
9 10 0 1
Tablet possui alta duração de bateria e suporte ao Dolby Atmos, entregando imagens dentro do esperado para categoria de entrada. Permite que usuário experiência completa no consumo de conteúdo e câmeras poderiam ser melhores.
Tablet possui alta duração de bateria e suporte ao Dolby Atmos, entregando imagens dentro do esperado para categoria de entrada. Permite que usuário experiência completa no consumo de conteúdo e câmeras poderiam ser melhores.
9/10
Total Score
  • Design
    9/10 Incrível
  • Tela
    8/10 Ótimo
  • Câmeras
    9/10 Incrível
  • Conectividade
    8/10 Ótimo
  • Processamento e sistema operacional
    10/10 Excelente
  • Bateria
    10/10 Excelente
  • Recursos especiais
    10/10 Excelente

Prós

  • Ótima bateria
  • Capa protetora e película para tela inclusas
  • Suporte para Dolby Atmos
  • Sistema operacional otimizado e inteligente

Contras

  • Falta de conexão para fone de ouvidos com fio
  • Tela sem laminação e revestimento antirreflexo
  • Recursos de câmeras poderiam ser aprimorados

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
23
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados