Sony explica porquê o HDR importa em Smart TVs

X8500D 2 e1464183175856 990x582 - Sony explica porquê o HDR importa em Smart TVs
Saiba o que é preciso para ter HDR nas TVs atuais e como ela melhora a qualidade de imagem final

A Sony realizou um evento hoje (13) em São Paulo com o intuito de explicar como a tecnologia HDR pode se tornar um fator muito importante na hora de ver TV, e estivemos lá conferindo tudo de perto. Quem fez a apresentação para a empresa foi Pablo Espinosa, engenheiro da Sony Visual Products America de San Diego, nos Estados Unidos.

O HDR já está presente atualmente em todos os televisores da Sony, não apenas nos que têm a tecnologia 4k. E segundo Espinosa, o HDR “é um padrão de qualidade recente”. Ele também diz que a qualidade oferecida na imagem com a tecnologia é muito mais próxima da realidade do que um diretor de cinema gostaria. De fato, ela é tão importante quanto a própria resolução 4k, como já mostramos aqui.

O que é o HDR e como funciona?

A sigla HDR significa “High Dynamic Range”, ou seja, é uma tecnologia capaz de aumentar ainda mais o alcance de diferença entre o preto e o branco. E quanto maior esse alcance, é possível controlar melhor as diferenças de brilho, sombras e cores em uma cena para deixá-la mais realista. Para dados mais detalhados, confira o post como funciona o HDR tecnologia nas TV’s.

HDRvsSDR 720x405 - Sony explica porquê o HDR importa em Smart TVs
Tecnologia HDR oferece mais detalhes no claro e no escuro

Quando uma tela não tem HDR, quando se assiste uma cena de uma janela com o dia claro lá fora, ou com uma cena que mostre uma paisagem com sol, por exemplo, não é possível ver detalhes por causa da claridade extrema e da diferença de iluminação da cena. Ao se aumentar o brilho das telas, é possível notar mais detalhes nos cantos escuros, mas os lugares mais claros ficam ainda mais estourados pela luz branca.

Já quando o display trm tecnologia de HDR, tanto os detalhes em locais mais claros quanto nos mais escuros são mais fielmente reproduzidos. Então, é possível ver o que há fora da janela ou até mesmo no canto escuro embaixo da escada na mesma cena.

Standard vs HDR e1475410517118 720x240 - Sony explica porquê o HDR importa em Smart TVs
Exemplo de como o HDR é mais nítido em comparação com o LDR

Quais sãos os pontos de qualidade de imagem?

As TV’s que são consideradas topo de linha atualmente conseguem atingir uma marca de 2.000 nits. Porém, o olho humano é capaz de compreender de forma confortável até 10.000 nits, e por isso a tabela de referência do padrão HDR vai classificar as TV’s até esse valor. Ou seja, no máximo até 10.000 nits. Espinola mostrou os 5 principais pontos da qualidade de imagem: a resolução, alcance de brilho, gama de cores, densidade do bit e a taxa de quadros por segundos.

spectrum - Sony explica porquê o HDR importa em Smart TVs
Comparação das diferentes gamas de cores

Para trabalhar com HDR atualmente, os melhores níveis são o de resolução 4K, taxa de quadros por segundo de 60p, densidade de bit de 10 bit e gama de cores BT.2020. E para chegar nesses níveis, a imagem exige 32x mais dados do que se comparada a padrões anteriores, o que prova o quanto a sua qualidade também aumenta.

Vantagens da tecnologia HDR

Para melhorar essa qualidade, a tecnologia ou padrão HDR reúne características que são capazes de proporcionar uma série de vantagens. Entre elas, estão cores mais bonitas e mais vivas, como por exemplo, em uma imagem de fogos de artifício onde a mistura das cores e do brilho resultam em uma imagem clara, colorida e nítida (tanto as áreas mais escuras, quanto as mais claras, são representadas se que algum detalhe “estoure”). Nesse sentido, até mesmo objetos em 3D que são mostrados na tela não perdem detalhes, uma vez que o HDR pode mostrar cores, sombreamento, e manter o efeito 3D.

aHR0cDovL21lZGlhLmJlc3RvZm1pY3JvLmNvbS9TL0gvNTQ2NjQxL29yaWdpbmFsL2hkcl9leGFtcGxlXzEuanBn 720x432 - Sony explica porquê o HDR importa em Smart TVs
As cores se tornam mais vivas em comparação a tecnologia padrão

Antigamente, todo o conteúdo da qualidade de imagem em filmes era dependente apenas do que era entregue nos próprios filmes, hoje em dia a TV é capaz de adicionar a esse conteúdo uma melhoria própria com características diferentes que dão ao resultado final ainda mais qualidade. A evolução tanto na produção desses filmes quanto no poder de qualidade das TV’s é o que está criando a nova geração de entretenimento familiar.

Quais são os tipos existentes?

Para obter o máximo em qualidade no HDR é preciso ter ao menos 10 bits ou melhor para o sistema de captura, para o sistema de transmissão, uma função de transferência melhor do que a atual do sistema SDR e telas capazes de um bom mapeamento nesses sistemas 10 bits. Espinola também mostrou que os padrões abertos atuais para o HDR são o HDR 10 e o HLG, que foi desenvolvido principalmente pensando na televisão aberta para que as emissoras pudessem realizar transmissões ao vivo em HDR e em alta qualidade, utilizando só um fluxo de bits.

Porém também existem os padrões proprietários dessa tecnologia, ou seja, desenvolvidos por algumas empresas e que exigem por isso o pagamento de taxa de licenciamento para uso, como o Dolby Vision, SL-HDR, o HDR+ e o SLF.

Desses, o Dolby Vision é o único padrão que cuida da qualidade da imagem do momento em que ela é gravada pelo estúdio até a visualização na TV do usuário.

Ainda assim, cada fabricante decide se adota um padrão universal ou se cria ou paga o licenciamento de um padrão proprietário, levando em conta as características ou vantagens que a empresa mais valoriza. No caso da Sony, são utilizados 3 padrões, os dois abertos HDR10 e o HLG, além do Dolby Vision HDR.

Padrões HDR: a tabela completa

Abaixo você vê a lista completa dos padrões HDR atuais:

Nome do SistemaDolby VisionHDR 10 Media ProfileHLG – Hybrid LOG GamaSL- HDR1
Sugerido porDolbyCTAITU-RTechicolor/Phillips
Alcance/EscopoEcossistemaMedia ProfileTransfer-funcion (Oetf)Transmissão
Royaltynão é gratuitagratuitagratuitanão é gratuita
Função de transferênciaST2084 EOTF absolutoST2084 EOTF absolutoBT.2100 (HLG) OETF relativoQualquer uma
Desempenho máximo de HDR10,000cd/m²10,000cd/m²100%Depende da função de transferência
Especificação máxima4k/12bit ou 4k/10bit4k/10bit4k/10bitDepende do codec
Compatibilidade com o SDR-TV backwardalta para de 12bit e baixa para de 10bitbaixaboa suficientecompleta
H/W adicional (em adição ao SDR-TV)necessárionão é necesárionão é necessárionecessário
Estrutura de transmissãodual layer + dynamic metadata para de 12bit e single layer + dynamic metadata para de 10bitsingle layersingle layersingle layer + metadata
X8500D 2 e1464183175856 - Sony explica porquê o HDR importa em Smart TVs

Receba Notícias por E-mail:

Share via