Wi-Fi 6 inaugura nova era de conectividade sem fio

Agora que o Wi-Fi 6 foi homologado, todos os dispositivos que utilizarem a tecnologia virão com o selo de certificação

Semana passada, a Wi-Fi Alliance, aliança de empresas referentes a adoções de tecnologias Wi-Fi, certificou o padrão Wi-Fi 6, trazida este ano pela Qualcomm. Com isso, equipamentos habilitados a trabalhar com esta nova tecnologia de conectividade passarão a receber selo de certificação, e isso impacta diretamente a qualidade da conectividade final que o consumidor irá receber.

A tecnologia, que não é novidade, já está equipada em alguns modelos como os novos equipamentos da TP-link, e em dispositivos móveis, como o Galaxy S10, através do Snapdragon 855. Porém, Wi-Fi 6 é apenas uma simplificação do nome, anteriormente conhecida como 802.11ax.

Este novo padrão continua servindo para o mesmo propósito, ou seja, conectar dispositivos inteligentes à Internet, porém, a tecnologia faz isso de forma mais rápida e eficiente do que a rede sem fio atual, conhecida por 802.11ac (chamada agora de Wi-Fi 5).

Wi-Fi 6 é a próxima geração de redes wireless

O Wi-Fi 6 é capaz de fornecer até  quatro vezes mais a conectividade de um Wi-Fi que é utilizado atualmente
O Wi-Fi 6 é capaz de fornecer até quatro vezes mais a conectividade de um Wi-Fi que é utilizado atualmente

Em lugares com um grande aglomerado de pessoas, é comum que a conectividade do 4G ou redes falhem, devido a muitas tentativas de conexão. Isso acontece, também, por conta da baixa capacidade de rede disponível pelas antenas, que é limitada para lidar com grandes quantidades de acesso na mesma área com múltiplos dispositivos móveis. Pensando em situações como essa, é justamente aí que a tecnologia do Wi-Fi 6 entra. A tecnologia é capaz de fornecer até quatro vezes mais a conectividade de um Wi-Fi que é utilizado atualmente.

Além dessa melhoria, a nova tecnologia permitirá que um número maior de dispositivos conecte-se ao mesmo canal de Wi-Fi simultaneamente. Seja em residências ou ambientes corporativos e industriais, o Wi-Fi 6 permitirá a conectividade entre múltiplos equipamentos com uma tecnologia que está em alta atualmente, a Internet das Coisas, em uma velocidade muito maior do que a atual.

Tendo como base décadas de invenções de tecnologias para wireless, a Qualcomm é uma das empresas que ajudou a desenvolver o novo padrão e tem apresentado ao mercado uma série de plataformas de rede projetadas para garantir a conectividade perfeita em ambientes de alta densidade.

O novo padrão de nomenclatura ajuda a indústria e os usuários a entenderem mais facilmente a geração de Wi-Fi
O novo padrão de nomenclatura ajuda a indústria e os usuários a entenderem mais facilmente a geração de Wi-Fi

Segundo a Wi-Fi Alliance, o novo padrão de nomenclatura “ajuda a indústria e os usuários a entenderem mais facilmente a geração de Wi-Fi suportada por seu dispositivo ou conexão”. A entidade trabalha com fabricantes de dispositivos e sistemas operacionais para que elas possam incorporar a nova terminologia e a tecnologia em suas interfaces de usuário, facilitando mais ainda o acesso e compreensão da tecnologia.

No entanto, aqueles que quiserem testar primeiro, as opções são comprar os roteadores que chegam ao mercado este ano, como os novos modelos da TP-link, por exemplo. Já entre os dispositivos móveis, a série Galaxy S10, o Xiaomi Mi 9, o LG v50 ThinQ e entre outros oferecem suporte ao Wi-Fi 6. O suporte não se trata apenas de uma empresa ou outra, basta que o modelo possua um dos novos chipsets Snapdragon 855, da Qualcomm.

O que achou das novidades do Wi-Fi 6? Deixe nos comentários sua opinião sobre a velocidade de conectividade nos dias atuais, e não deixe de seguir o Showmetech para mais notícias de tecnologia!

Fonte: Qualcomm

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar um comentário

Deixe uma resposta