Conecte-se conosco
hackers cyber crime anonymousv1 - Dica: como manter sua privacidade e navegar de forma anônima

Geral

Dica: como manter sua privacidade e navegar de forma anônima

Listamos algumas dicas para que você navegue com privacidade na web, de forma anônima e bastante segura. Deixando de lado seus dados pessoais.

Nós já comentamos sobre formas de proteger tudo que está no computador, ou mesmo no smartphone. Proteger de olhos que não são os seus e que muito provavelmente nem estão próximos de você. Hoje listamos mais algumas dicas, focando na navegação anônima e como manter sua privacidade a salvo de bisbilhoteiros. Desde empresas que querem vender anúncios, passando por olhos do governo e até daquela teoria da conspiração que você leu no Facebook.

Tor, você precisa dele

Não, não estamos falando do deus Thor e seu martelo que brilhou lá nos Vingadores. Este Tor é a sigla para The Onion Router, que nada mais é do que um navegador com cara de Chrome, mas que sabe bem esconder seus rastros. Ele utiliza uma vasta rede de computadores para enviar os dados que você quer acessar, em camadas e camadas de criptografia. O objetivo dele é de esconder a origem de onde vem os dados. E ele faz bem isso.

Se você quer ele, é só clicar aqui e baixar o browser.

Utilize uma VPN

Além do Tor, você pode estar na China e quer utilizar serviços do Google ou mesmo o Facebook. Lá não dá, mas é só utilizar uma VPN e tudo está resolvido. A VPN é uma rede virtual privada e que pode, além de abrir espaço para sites bloqueados, te esconder. Em grande parte das VPNs, seu IP ficará oculto e isso significa que será mais difícil, ou quase impossível, saber o que você fez na web.

Nós até temos uma lista de aplicativos que fazem isso no Android. É só clicar aqui e ficar invisível até mesmo em um smartphone.

O DNS pode te dedurar

Mesmo dentro de uma VPN, de forma segura e escondido, seu DNS pode ainda dar detalhes sobre o que você fez. Para saber se o servidor de DNS está enviando seus dados, é só entrar no DNSLeakTest.com e realizar alguns testes. Se você fizer o teste e seu provedor de internet aparecer, mesmo dentro de uma VPN, é que seus dados não estão tão escondidos assim.

Máquinas virtuais são bem seguras

Se você está preocupado com o PDF que acabou de receber e não quer que alguém olhe ele, sem ser você, é só instalar uma máquina virtual. É só baixar o arquivo por ela, cortar a internet que é enviada até o sistema operacional que roda lá e abrir o arquivo.

Sistemas operacionais portáteis

Se você ainda não está feliz e seguro com máquinas virtuais, é só rodar um sistema operacional a partir de um CD, DVD ou mesmo um pendrive. O Ubuntu é uma das distribuições de Linux que permitem este tipo de recurso. Tem um que leva a privacidade para outro nível, e atende pelo nome de Tails. Ele faz com que toda a informação seja enviada por base do Tor e a criptografia está presente em mensageiros e até no cliente de e-mail.

Não aceite cookies de terceiros

Cookies, além de bolachas (ok cariocas, eu sou paulista), são formas que empresas utilizam para saber o que você faz na internet. Elas utilizam estas informações para vender anúncios mais relevantes, como um novo carro para quando você acaba de buscar sobre carros.

Capturar 1 - Dica: como manter sua privacidade e navegar de forma anônima

A maioria dos navegadores contam com bloqueios para cookies. É só entrar em configurações e depois buscar por privacidade. Geralmente está dentro de conteúdo. É só selecionar que você quer bloquear cookies terceiros e pronto.

Não compartilhe sua localização

Os navegadores mais modernos já conseguem enviar sua localização para alguns sites. Isso ajuda na hora de entender onde você está no Google Maps, por exemplo. Além disso, dá pra utilizar esta informação na hora de enviar anúncio mais relevante para seu local. Toda vez que um site quiser sua localização, o navegador pergunta se você quer compartilha. É só clicar no “não” e pronto.

Desligue plugins

Plugins são ferramentas bacanas para ajudar na navegação, mas podem acabar bisbilhotando tudo que você faz. Dá pra ir nas configurações do navegador e desligar um por um. O problema é que isso pode te trazer problemas com alguns sites, principalmente com bancos.

Bloqueie os Javascripts

JavaScripts estão presentes na web faz tempo, ajudam muito na hora de conseguir algumas informações sobre seu computador. O problema é que qualquer servidor da internet pode pegar dados como a lista de plugins instalados, qual é o tamanho da tela que você usa, qual sistema operacional tem e até a versão do navegador. No passado alguns vazamentos justamente no JavaScript levaram dados de muitas pessoas para a internet, em livre acesso.

Uma forma bacana de evitar este problema é com a extensão NoScript. Simples, com uma interface para bloqueio apenas de um endereço da internet ou de toda a navegação.

 

Continue lendo
Advertisement

Jornalista formado, amante de tecnologia desde pequeno. Faz muito tempo que já escreve sobre tecnologia. Nintendista por paixão e entusiasta dos drones (só falta dinheiro para ter um Mavic Pro).

Comentários
Subir