Review: fifa 22 - os verdadeiros reis do campo. Fifa 22 conta com uma grande quantidade de licenças e modos de jogo que prenderão os fãs de futebol por centenas de horas.

REVIEW: FIFA 22 – Os verdadeiros reis do campo

Avatar of ailton bueno
Fifa 22 conta com uma grande quantidade de licenças e modos de jogo que prenderão os fãs de futebol por centenas de horas.

FIFA pra mim sempre foi um jogo de futebol secundário, já que minha preferência sempre havia pendido para o lado de Pro Evolution Soccer, da Konami. Ainda assim, ano após ano, eu sempre procurei testar o lançamento da Electronic Arts e ver quais seriam as novidades. E já adianto que fiquei bastante surpreendido com FIFA 22 e, apesar de uma ou outra coisinha a apontar abaixo, o jogo desse ano é com certeza umas das melhores entradas da franquia.

Dentro do campo

FIFA 22 brilha ao máximo quando a bola rola. Olhando pela câmera padrão e sem os elementos extras da tela, como a barra de nomes embaixo, é possível confundir o jogo com uma partida da vida real. Várias foram as vezes que eu me senti realmente dentro do estádio e estava embrenhado naquela atmosfera.

Imagem mostra o jogador mbappe dominando uma bola em fifa 22
A Electronic Arts melhorou diversos aspectos da jogabilidade de FIFA 22, e acertou em cheio.

Particularmente, nunca gostei da forma como os jogadores são feitos em FIFA 22, eles parecem bonecos de plásticos, e isso continua nessa nova entrada. Contudo, ao fazer um gol, sofrer uma falta, ou errar um chute ao gol, quando a câmera é aproximada é possível ver a expressão facial dos jogadores em campo e isso ficou muito legal. Uma das cenas mais marcantes para mim foi quando meu goleiro fez uma ponte e fez o movimento de cabeça acompanhando a bola atingir sua mão e ir para a linha de fundo.

A animação continua aquela coisa de sempre, milhares do mesmo personagem clonado e espalhado pelas arquibancadas. Uma coisa a ressaltar: caso o time não estivesse em boa fase, é possível ver vários buracos, e ao tomar um gol ou uma virada, há um leve silêncio constrangedor. E isso dá ainda mais o clima que o jogo pede.

Mas agora vamos pra dentro do campo mesmo. Eu senti que esse ano houve uma bela mudança no sistema de chutes, e está muito mais fácil de se marcar a longa distância. Além disso, os passes ficaram melhores e a marcação mais precisa. Resumindo: tudo ficou ainda mais fluido e divertido. Eu consegui jogar por várias e várias horas sem me cansar e sempre fazia jogadas novas para tentar marcar um gol. A única parte da jogabilidade que eu não gostei foi o sistema de cobranças de faltas, mas isso é mais prática que tudo, então a falha é mais minha que do jogo em si.

Fora do campo

Uma das coisas que não se pode reclamar em FIFA 22 é a quantidade de licenças presentes no game. Há, de forma oficial, os seguintes torneios:

  • UEFA Champions League;
  • UEFA Europa League;
  • UEFA Europa Conference League;
  • CONMEBOL Libertadores;
  • CONMEBOL Sudamericana;
  • Premier League;
  • Bundesliga;
  • e a La Liga;

Mesmo as que não tem o nome oficial, como a liga portuguesa, possuem quase todos os times presentes, exceto os que ainda possuem contrato de exclusividade com a Konami.

Se o seu barato é usar os melhores jogadores do mundo presentes nos principais times europeus, então você está bem servido. Agora se você gosta do futebol brasileiro, terá problemas, mas eu falarei mais sobre isso um pouco mais para baixo.

Os modos de jogo offline é onde FIFA 22 brilha realmente para mim. Há dois tipos de campanhas disponíveis: uma onde controlamos o treinador do time, e uma onde controlamos um jogador.

Comemoração de fifa 22.
A EA teve que retirar algumas comemorações de gols de Fifa 22 por serem consideradas ofensivas com outros jogadores, mas elas podem ser utilizadas nos modos offline do game.

Não há mistérios no modo treinador, no começo da temporada recebemos objetivos e temos que cumpri-los para manter o cargo. Temos ainda que controlar o time e o bem-estar de todos, e podemos ainda contratar novas peças. Esse modo é sempre bastante desafiador.

Agora, um modo que eu gostei bastante no início e fiquei um pouco decepcionado ao terminar uma temporada foi onde controlamos apenas um jogador. Eu criei meu personagem do zero e ele tinha uma média de 71 pontos no começo do ano. Realizando todos os treinamentos semanais e cumprindo a maioria das missões dada pelo treinador, no fim do ano eu já estava com incríveis 82 pontos. Para se ter uma ideia, a minha força de chute já estava em 99 pontos. Achei isso meio sem graça…

FIFA 22 Online

Depois de se envolver em milhares de polêmicas com os mais diversos governos do mundo, a Electronic Arts se viu obrigada a alterar levemente o FIFA Ultimate Team. Agora, podemos ver uma prévia do pacote que será aberto, e assim escolher entre comprá-lo ou não. Além disso, mostra-se também quais as porcentagens de conseguir certos tipos de cartas, deixando o processo um pouco mais transparente.

Uma novidade bacana é que agora foi criada a Divisão de Elite, superior à Divisão 1, e lá deve ser a casa dos principais jogadores do mundo. Os melhores dessa divisão poderão se classificar para a FIFA Global Series. Além disso, agora é possível customizar ainda mais o estádio, seja através de bandeiras, faixas e outros elementos, tudo para intimidar ainda mais os adversários.

O modo Volta também foi totalmente retrabalhado, e prioriza ainda mais o futebol arte. Acertar firulas e movimentos acrobáticos rendem pontos. Há algumas melhorias se comparado com a versão do ano passado, e até modos de jogo novos, como Fute-Tênis, Queimada e outros disponíveis no game.

O caso Brasil

Em FIFA 22, o Campeonato Brasileiro não está disponível de forma oficial, essa licença pertence à Konami. E há no total 13 times brasileiros disponíveis na Liga do Brasil, contudo, há alguns, como o São Paulo Futebol Clube, que estão presentes somente no modo Libertadores, e não é possível selecioná-lo no modo treinador ou de criar o jogador. E isso é totalmente bizarro. Isso deve acontecer devido à exclusividade que a Konami tem, mas os times são obrigados a aparecer por estarem na Libertadores. Resumindo: puro suco de Brasil.

Além disso, os jogadores são genéricos e a Electronic Arts, com certa razão, não tem a menor intenção de tentar obter as licenças. Isso se deve ao fato de que aqui no Brasil cada uma delas deve ser negociada de forma individual com cada jogador. Isso beira o absurdo, já que muitos atletas profissionais da Série A do Campeonato Brasileiro recebem seus salários via “Direitos de Imagem”. Outra coisa que faz com que a EA nem ligue para o Brasil é o fato de muitos jogadores estarem com processos abertos contra a empresa.

Estádio de fifa 22.
Os estádios estão belíssimos e constroem bem a atmosfera das partidas, principalmente as decisivas que valem o campeonato.

No campo das seleções nacionais, a brasileira feminina e masculina estão presentes, contudo, somente os escudos são reais, e os jogadores são todos genéricos. Isso também é bem chato e quebra um pouco a experiência ao usar essas seleções.

Eu podia ficar aqui falando sobre como isso é um absurdo, mas não teria absolutamente nenhuma relação com a análise de FIFA 22. Porém, se você é como eu, que adora o futebol nacional, será prejudicado pela mesquinharia de jogadores que já recebem muito para fazer o seu trabalho.

“Joga a luva, goleirão”

Gustavo Villani retorna na narração fazendo dupla com o comentarista Caio Ribeiro. É bacana ver o entrosamento dos dois e o quanto o Villani parece mais natural nessa edição. Na minha campanha, eu joguei com o Santos, e parece que, por ser um time brasileiro, poucas frases específicas foram gravadas, então ele ficava repetindo toda hora a do parabrisa que ia de um lado para o outro. Fora isso, nenhuma reclamação.

Há também a presença de um repórter de campo, que avisa sobre os gols que acontecem em jogos simultâneos. Mesmo precisando ligar essa opção, ainda assim, não nos é informado sobre todos gols que ocorrem, pelo menos na liga brasileira, que foi a que eu mais joguei.

A trilha sonora de FIFA 22 é bastante variada, como o brasileiro Caio Prado, e bandas como Chvrches, Public Order e muitas outras, totalizando mais de 45 canções presentes no game. Ela pode ser encontrada no Spotify e em outras plataformas de streaming.

Desempenho

Durante a minha jogatina tive pouquíssimos problemas de desempenho ou bugs. Em uma partida o jogo simplesmente travou, enquanto o resto funcionava. Aí tudo voltou e travava novamente a cada 3 ou 4 segundos. Extremamente bizarro. Precisei reiniciar o game para tudo voltar ao normal.

Um bug que aconteceu comigo foi durante uma cobrança de pênalti onde o gráfico ficou absolutamente borrado, quase como se tentasse ver através de uma espessa neblina. Então eu marquei o gol e tudo voltou ao normal, não acontecendo mais.

Faixas nos estádios de fifa 22.
As bandeiras e faixas criam um ambiente opressor para o adversário.

Por fim, o último problema que tive foi quando meu personagem entrou na partida com ela já iniciada e a tabela com os objetivos ficou lá, tampando quase todo meu lado do campo. Mesmo marcando faltas, gols ou o que quer que fosse, ela ficava lá, só indo embora após o término da partida.

E lá vem o arremate e o GOOOOOOL

FIFA 22 é um dos maiores acertos da Electronic Arts nos últimos anos. O jogo está extremamente equilibrado e divertido de jogar. Os gráficos no PlayStation 5 são soberbos e muito bem feitos, e os modos de jogo presentes vão prender os jogadores e entusiastas do futebol por centenas de horas. Seria melhor ainda se resolvessem a situação dos times brasileiros, mas isso vai muito além da EA. Se você procura um jogo de futebol para se divertir, dê uma chance para FIFA 22 e com certeza não irá se arrepender.

Uma cópia Fifa 22 foi cedida pelos produtores do jogo.

Para ficar por dentro do mundo dos games, e acompanhar listas, como essa com os 10 melhores jogos disponíveis para o iOS, fique de olho aqui no Showmetech.

Veja mais

Inscreva-se para receber nossas notícias:

Total
4
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados