SMART TV: HDR é uma das tecnologias mais importantes para avaliar em 2018

SMART TV: HDR é uma das tecnologias mais importantes em avaliar em 2018
Entenda um pouco mais o que são os Nits e o Padrão HDR, para escolher sem dúvidas qual será sua próxima smart TV 4K.
screenshot 20180123 083755 720x450 - SMART TV: HDR é uma das tecnologias mais importantes para avaliar em 2018
O HDR varia de 1.500 a 2.000 NITS em alguns modelos de QLEDs

A tecnologia HDR (High Dynamic Range) torna as imagens ainda mais realistas e evita que usuário perca detalhes nas cenas escuras ou escondidos no brilho das cenas claras. Isto é fundamental para quem gosta de assistir a filmes, séries ou, até mesmo, jogar os melhores games em casa sem perder nenhum detalhe.

Junto os padrões de resolução 4K e telas de Pontos Quânticos (como é o caso das QLEDs da Samsung) ou OLED (vendidas pela LG e Sony), o padrão HDR presente na Smart TV deve estar entre os principais fatores de análise na hora da compra.

Entendendo o que são NITs

Pegando as QLEDs da Samsung como exemplo, o potencial HDR pode variar entre 1.500 Nits (HDR1500) e 2.000 Nits (HDR2000), este último, se você estiver usando uma QLED Q9F.

Os “Nits” representam luminância — ou seja, intensidade luminosa. A determinação de quantidade de luminosidade de um objeto ou superfície é medida em candela por metro quadrado (cd/m²). Existem várias formas de “medir” isso, mas o nit é a unidade do Sistema Internacional (SI) por ser a mais completa: ele leva em conta também o ângulo de projeção para determinar a intensidade, já que o objetivo de uma tela não é iluminar um ambiente, mas ser permitir que o conteúdo seja visualizado.

lex hdr 20000 samsung - SMART TV: HDR é uma das tecnologias mais importantes para avaliar em 2018
Nits: com mais luminância, imagens ganham mais detalhes

Em termos menos técnicos, ter mais Nits significa dizer que a Smart TV reproduzirá imagens com cores mais vivas e melhores níveis de contraste (do branco total ao preto mais puro). Isto é fundamental para quem gosta de assistir filmes em casa.

Mas também tem o Volume de Cor

qled - SMART TV: HDR é uma das tecnologias mais importantes para avaliar em 2018
Volume de Cor

A imagem acima mostra uma das principais evoluções, das primeiras TVs de Pontos Quânticos para os modelos de QLEDs atuais: o alcance de 100% do volume de cor.

Com isso, a representação de cores não perde em nada ao que foi gravado em uma cena de filme, esporte ou outro conteúdo, chegando ao telespectador da mesma forma que foi idealizada pelos estúdios.

Explicando de outra forma, lembre que a cor é determinada pela luz. Então, considere a chuva, por exemplo. Geralmente, ela nada mais é do que gotas d’água caindo do céu. Mas, com a quantidade certa e o ângulo exato de luz solar, pode se transformar em um arco-íris. As televisões também utilizam a luz de forma semelhante para criar cor, e garantir 100% do volume significa que a cor está representada por completo, sem perdas.

Nesse sentido, a intensidade e a vibração da cor também ficam melhor representadas. Por exemplo, a fachada de um prédio parece de forma diferente em vários momentos do dia e épocas do ano. E garantir que essa representação seja fiel é, essencialmente, a ideia por trás do volume de cor, uma medida que avalia a forma como as cores no mundo real aparecem quando recebem diferentes níveis de brilho.

 

 

Então, fico claro?

Com o perdão do trocadilho, ficou evidente que você deve procurar entender qual é o padrão HDR presente na sua próxima Smart TV, e se a tela tem uma tecnologia que consiga entregar 100% das cores representadas na imagem. Para ter uma “imagem de cinema” essa pode ser a grande diferença.

E, se você quiser ir mais a fundo na pesquisa, confira estes posts:

Como funciona a tecnologia HDR nas TVs

Pontos Quânticos: entenda como funciona essa tecnologia

LED, OLED, Pontos Quânticos ou QLED: qual é a melhor tela?

Comentários do Facebook

Receba Notícias por E-mail:

Share via